O Linux [RESOLVIDO]

1. O Linux [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 03/05/2011 - 12:03h

Sou um usuário bem iniciante, porém estou me dedicando a estudar a maior quantidade de documentação Linux, nas horas vagas.
Mas a pergunta é o Linux ainda é para ser compreendido totalmente por programadores e hackers?


  


2. Não

Ricardo Lino Olonca
ricardoolonca

(usa Debian)

Enviado em 03/05/2011 - 13:03h

Não, hoje o Linux é tão fácil de mexer quando o Windows.

Qualquer pessoa que esteja acostumada com o WindowsXP sentirá dificuldades em aprender o Windows 7. A mesma dificuldade será sentida ao usar o Linux. Mas nada muito complicado.

Até hoje eu não entendo porque as empresa ainda não usam Linux no Desktop.


3. Re: O Linux [RESOLVIDO]

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 03/05/2011 - 13:10h

não, claro que não. Tão fácil quanto o windows.
experimente baixar um Live CD, queimar aISo como imagem num CD e dar boot com ele, já está dentro do Linux, para mexer, sem alterar nada de seu HDD.
sugiro experimentar um destes dois, que considero os mais fáceis:
ou o MINT ou o METAMORPHOSE.
use a versões mais novas, para 32 ou 64 bits, conforme seu micro.


4. Re: O Linux [RESOLVIDO]

Alexon Ferreira de Oliveira
alexonoliveira

(usa Red Hat)

Enviado em 03/05/2011 - 13:14h

Caro Paulo,

Esse é um assunto daqueles que poderiam se estender por horas à fio, ainda mais se você colocasse de um lado um usuário GNU/Linux e do outro um do Windows, rs.

Mas de uma forma bem concisa e suscinta, o GNU/Linux foi, é e continuará sendo um S.O. voltado para SERVIDORES. Repito: SERVIDORES! Sua função é ter robustez, segurança, controle e outros adjetivos para serem utilizados em ambientes de alta exigência funcional.

No entanto, isso não significa que um usuário comum não possa utilizá-lo. Como o colega acima mencionou, infelizmente é uma pena que até hoje o GNU/Linux não tenha conseguido atingir as grandes massas como S.O. para Desktop. Mas as próprias fundações por trás do desenvolvimento da maioria das distribuições estão investindo pesado hoje em dia para isso acontecer em breve, como foi o caso do Debian 6.0 Squeeze, que veio com uma centena de pacotes novinhos para funcionarem exclusivamente com o GUI, facilitando a interação com o usuário final.

Entretanto, apesar de todas essas mudanças no cenário do mundo GNU/Linux, não há como esconder de ninguém que o foco continua sendo as grandes corporações e servidores.

Espero ter ajudado.

Att.


5. Re: O Linux [RESOLVIDO]

Ciro Souza
cirofsouza

(usa Slackware)

Enviado em 03/05/2011 - 13:25h

Não, o Linux é para todos.
O que acontece é que o ser humano tem dificuldades com o "novo", com o "diferente" - sair da zona de conforto é complicado para o ser humano.
O Linux é diferente, com uma proposta diferente e é para todos.
Quem quer apenas usar um computador para ler e-mails, internet, fazer os seus trabalhos de aula, suas apresentações, etc, existem trocentas Distros com esta finalidade - Ubuntu, Dreamlinux, etc... Quem quer ser um usúario super mega power ultra via láctea, pode optar por distros mais "desafiadoras" como o Slackware... Em fim, a limitação é o próprio usuário.
Eu me considero um usuario mediano/avançado, minha filha é uma usuaria comum, minha esposa é uma usuaria comum e todos usamos Linux.


6. Re: O Linux [RESOLVIDO]

Bruno Morais Pinheiro
BrunoMorais

(usa Ubuntu)

Enviado em 03/05/2011 - 13:48h

Como está escrito na obra O Capital de Karl Marx, "Todo começo é dificil", e isto se aplica a tudo que fazemos no dia-a-dia. Portanto leve isto em consideração e com bastante humildade aventure-se no mundo de liberdade que o linux traz.
Em relação ao uso do linux por parte de instituições públicas e privadas, vejo um crescimento, um exemplo é a recém inaugurada escola técnica do meu municipio e a empresa em que trabalho que sempre usou software livre, fora o BB, Caixa, e demais instituições federais.


7. RE: O Linux

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 04/05/2011 - 13:55h

Gente obrigado a todos.
Já uso o linux, tenho cds do ubuntu 7.04 (reliquia), 10.10, 10.04, 11.04.
Fedora 14, Biglinux, Metamorphose, etc, mas atualmente uso o ubuntu 10.04, 11.04, e o biglinux em maquinas distintas.
Beleza gente já sou livre há mais de três meses.
Viva o linux!






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts