IP real em servidor interno

1. IP real em servidor interno

Marcos Meira
oxroll

(usa Debian)

Enviado em 06/08/2007 - 23:47h

Galera, uso 2 servidores em Debian, um, é o q eu recebo a net com um ip real, neste caso, tenho um outro servidor q recebe a net deste primeiro citado acima. Bem, como faço para por um ip real no meu segundo servidor? Eu tenho 6 Ips reais a minha disposição, uso um em meu servidor q recebe a net e quero colocar um neste segundo seridor que é cliente do meu servidor que recebe a net, ou seja, quero fazer rotear um IP real para minha rede interna. Como faço?
Agradeço!


  


2. Sugestão de Estrutura

Isac Ferreira
isacferreira

(usa Fedora)

Enviado em 08/08/2007 - 15:39h

Estrutura:

http://img528.imageshack.us/img528/7967/diagrama1tc3.jpg

Observe que o "A" é onde a internet chega,
obviamente ele tem pelo menos 2 interfaces:
ETH0 - onde chega a internet, e ETH1 - rede interna
Os IP's das interfaces devem ser diferentes,
por exemplo:
-Na interface ETH0 do A tem o IP real 216.0.0.10 com máscara 255.255.255.252 onde o Gateway é 216.0.0.9, que faz o seu acesso a internet.
Na suposição a rede disponível de 6 hosts seria de 216.0.0.1 até 216.0.0.6 com máscara 255.255.255.248
-Na interface ETH1 do A você coloca o primeiro IP desta faixa (216.0.0.1) com a máscara de final 248.

O servidor "B" é o que está na rede interna e que precisa agora de um IP real.
-Na interface ETH0 do B você pode colocar qualquer outro IP da faixa. (Ex: 216.0.0.5 com a mesma máscara)

***
Mas se você precisa da rede interna pode levantar uma interface virtual na ETH1 do A, veja o esquema:

http://img528.imageshack.us/img528/372/diagrama2or0.jpg

Além de fazer os passos descritos no esquema anterior você deve configurar um IP virtual na ETH1 do A.
Pode ser usado por exemplo o IP 192.168.0.1 com a máscara 255.255.255.0, e os hosts da rede interna poderão usar os IP's da faixa 192.168.0.2 até 192.168.0.254.

Qualquer dificuldade tente descrever aqui, se necessário coloque os IP's que estão disponíveis para você utilizar.


3. bridge

Marcos Meira
oxroll

(usa Debian)

Enviado em 09/08/2007 - 23:14h

Colega, e se entre estes servidores ter duas bridge, ou seja, eles, para se falarem, tem duas bridges (KODAMA), neste caso a rede é + ou- assim:

Servidor A => Bridge 1 => Bridige 2 => Servidor interno B.

ONde, hoje, eles etão funcionando com a rede 192.168.0.0.

Agradeço se puder me ajudar!


4. Bridge

Isac Ferreira
isacferreira

(usa Fedora)

Enviado em 10/08/2007 - 12:01h

Nesse novo esquema estou supondo que a BRIDGE serve apenas para fazer o link do servidor A para outro local (onde está a rede interna e o servidor B).

http://img409.imageshack.us/img409/3848/diagrama3wr5.jpg

Da maneira que está colocado no esquema os IP's de dentro da wan não são vistos e sim os IP's das ETH's.
Veja que neste caso sua rede interna teria que usar uma faixa diferente de 192.168.x.x; poderia por exemplo usar 172.16.x.x, 10.0.x.x ou outro qualquer.