Script basicao

1. Script basicao

Vinícius
necatron

(usa Ubuntu)

Enviado em 07/09/2009 - 19:31h

Amigos

Estou tentando aprender a montar scripts e então comecaram as primeiras duvidas, fiz um script usando o editor de textos vi da seguinte forma...

# para acessar musicas do windows
#!/bin/sh
mount /dev/sda1 /mnt/win
ls /mnt/win/Documents\ and\ Settings/MICROSOFT/Meus\ documentos/Minhas\ músicas/trilogia/

Minha intenção é quando eu digitar a musica do bash ele monte a partição do windows e já exiba o conteudo dela... Mas não sei se o script está certo e também como fazer o arquivo de textos virar um comando.
Perdoem a ignorancia mas este é o primeiro.

Valeu!


  


2. Re: Script basicao

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 07/09/2009 - 21:13h

Se vc usa o Gnome, o Nautilus (gerenciador de arquivos) permite que vc dê permissão de execução ao seu script; basta clicar com o direito do mouse nele, escolher propriedades e abrir a aba permissões.

No XFCE é pareceido, é no KDE deve ser também (não me lembro, pois faz algum tempo que não uso KDE).

E no final do seu script vc pode substituir "ls" por "nautilus", para abrir a pasta graficamente (mais fácil) em vez de no terminal.


3. Re: Script basicao

Douglas Giorgio Fim
douglas.giorgio

(usa Fedora)

Enviado em 07/09/2009 - 23:55h

acho que vai ja vai dar errado aki

mount /dev/sda1 /mnt/win

assim que vc montar uma vez, vai dar erro nas proximas vezes

tem que usar a logica

=============================

/dev/sda1 está montando

se nao, monte!!!

=============================


4. Re: Script basicao

Robinson Czelusniak
czelusniak

(usa Suse)

Enviado em 08/09/2009 - 01:00h

Olá necatron, bom para você tornar um arquivo de texto um comando ou um executável utilize o chmod no console desta maneira:

chmod +x nome_do_arquivo

Assim você estará tornando o arquivo executável.

Quanto ao script você pode tentar isto:

# para acessar musicas do windows
#!/bin/sh
MUSICAS="/mnt/win/Documents\ and\ Settings/MICROSOFT/Meus\ documentos/Minhas\ músicas/trilogia/"

ls $MUSICAS > /dev/null
if [ $? -eq 1]; then
ls $MUSICAS
else
mount /dev/sda1 /mnt/win
ls $MUSICAS
fi

Desta maneira o script irá tentar listar (ls $MUSICAS > /dev/null) e depois pegamos o retorno disto(if [ $? -eq 1] ) se o ls tiver sucesso ele irá printar na tela para você caso ele não consiga listar na primeira tentativa ele ira montar o /dev/sda1 e depois irá listar novamente.






5. Re: Script basicao

Vinícius
necatron

(usa Ubuntu)

Enviado em 09/09/2009 - 21:36h

Opaa
Valeu galera vou tentar aqui e posto os resultador...
Obrigado


6. Re: Script basicao

Vinícius
necatron

(usa Ubuntu)

Enviado em 09/09/2009 - 22:00h

Galera,

mudei a permissão do arquivo que criei em /etc/musica e ficou assim

-rwxr-xr-x 1 root root 164 2009-07-22 21:36 musica

só que esse comando só funciona quando digito ./musica queria que ele fosse um comando como os outros que já são padrão tipo, ls, cd, less, chmod etc....
tem como??

O script ficou do jeito que tinha colocado no primeiro post mesmo...


7. Re: Script basicao

Marcos Paulo Ferreira
Daemonio

(usa Slackware)

Enviado em 09/09/2009 - 22:08h

Tem como sim!

Você pode copiar seu script para um pasta que esteja no PATH (ex: /bin)
ou modificar essa variável de ambiente para conter a pasta atual (o ponto).

$ PATH=$PATH:.

Com isso você adiciona o diretório atual para o PATH. A partir de agora
você não precisa indicar o caminho completo do seu script para executá-lo.


8. Re: Script basicao

Elder Marco
eldermarco

(usa Fedora)

Enviado em 09/09/2009 - 22:15h

Bom, tem aquela lógica que foi dada ali em cima de você não tentar montar a partição duas vezes..

Mas pra você fazer isso, mova o seu script para o diretório ~/bin e ele provavelmente irá aparecer como um comando normal. Se não, abra se arquivo ~/.bashrc e coloque essa linha nele:

PATH=$PATH:$HOME/bin

Salve e depois, pelo terminal execute o comando:

$ source ~/.bashrc

E esse arquivo será lido novamente. Depois é só você tentar que vai. Se o diretório bin não existir no seu HOME, crie-o.


Abs






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts