Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

1. Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Bruh
Bruuh

(usa Arch Linux)

Enviado em 15/10/2021 - 16:05h

Ok, acredito que esse é um problema sério que precisa ser discutido: por que a comunidade do stack é tão tóxica? De um lado, você tem tiozẽs sedentários com um salário de 6k no bolso que se acham importantes demais pra responder qualquer pergunta que não seja no nível de um TCC, de outro, você tem retardados que se acham deuses e saem por aí respondendo coisas como "bruh, apenas vá pesquisar isso no google você mesmo", "kkkkkkkkkkk você está usando python/java/php? Nah, devs de verdade só usam c++ ou c hurr durr durr vá usar scratch de uma vez kid"· De outro lado, você tem estudantes que acabaram de chegar no site e só querem um norte sobre como fazer algo relativamente simples.
E o pior é que a maioria são esses retardados que se acham deuses. Olhe na primeira página de pergunta, e quase todas tem 1-9 downvotes. Ah, eu odeio esses downvotes. Não importa se o problema é simples ou compliacdo, se você dá ou não informações, se usa linguagem coloquial ou formal; mas SEMPRE, sempre tem alguém pra dar downvote e te sacanear.
[email protected], e você já viu aquilo de questões duplicadas ou proibição de debates? ISSO NÃO FAZ O MÍNIMO SENTIDO! Cada pergunta nova, por mais que duplicada é uma nova oportunidade de trocar conhecimento, de aprender mais, já vi denunciarem perguntas por duplicadas sendo que a "original" era de anos atrás! Já vi denunciarem perguntas porque a original era a mesma, só que a original era em outra linguagem!
Poxa, mas daí tu pode me dizer "bem, a maioria dos devs lá são ocupados, e não tem tempo/vontade/energia para dispor seu conhecimento, afinal de contas, ninguém vai pagar por isso." mas bem, você já viu uma comunidade de perguntas e respostas que fosse assim? Você tem o quora, o brainly, o yahoo respostas, o ubunutu fóruns, o GUJ, até o próprio VOL! NENHUMA dessas comunidades é cheia de [email protected] assim.
Enfim, isso é mais um desabafo. Alguém mais notou esses problemas no SO?


  


2. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Samuel Leonardo
SamL

(usa XUbuntu)

Enviado em 15/10/2021 - 17:52h

São humanos, simples assim. Quer coisa mais complicada que humanos? rsrsrs
O que eu te diria para fazer, assim como uma ajuda rápida,é: aprenda lidar com eles. Por mais idiot4 ou minion que alguém seja, esse ser tem as pessoas que gostam dele e até o admiram de alguma forma. Sabe aquele negócio de ver o lado bom das coisas? Então, esqueça isso, porque pessoas também tem o lado ruim, ou seja, é inseparável um do outro. Daí o que sobra é: ou você aprende a lidar com eles, ou se esgota lutando contra eles.

As vezes eu me pego pensando como em alguns momentos eu fui tão bruto com alguém, seja aqui no VOL ou outro site, do meu lado eu não percebi como sendo bruto. Do outro lado, quem recebeu se ofendeu, mesmo eu não tendo feito nessa intenção. No fim das contas, é apenas a velha psicologia da gangue dos 3: Platão, Aristóteles e Sócrates. Ou seja, de enxergar o mundo como bem definido e sem contradição.

Contradição faz parte do universo, se o paradoxo existe, ele não deve ser ignorado e mostra que no fim das contas somos limitados e limitadores um do outro.
Sobre isso, eu tô lendo um livro chamado Choice Theory (de William Glasser), que fala que a maior parte das desgraças humanas não é provocada por algo externo, mas simplesmmente escolhido.

Por exemplo, você se irritou com essas pessoas, elas te irritaram ou você que escolheu se irritar com elas?
No livro mostra que a escolha é só sua e no fim das contas você escolhe como reagir ao mundo de forma consciente ou incosnciente. Então, basicamente o que eu digo é: fique consciente também do modo como você escolhe reagir as situações. Apenas questione a si mesmo: fiquei irritado, mas por quê? Por uma informação externa eu decidi que é o melhor ficar p*** da vida? Por que não ajo com mais sabedoria e simplesmente entendo que aquilo não pode me machucar sem que eu permita isso?

Enfim, isso são algumas das lições que venho aprendendo desde que passei me auto-observar (e também voltar a ler). No mais, o que resta a fazer nesse mundo é apenas acumular lições, sentir raiva e frustração todo mundo faz isso, melhor enxergar a terceira opção e escolher ser menos disposto a ir com a maré.


3. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

José Lucas
NidoBr

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 15/10/2021 - 20:36h


Das poucas vezes que recorri ao Stack Overflow, nenhuma tive uma boa experiência, não volto lá nunca mais.


4. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Bruh
Bruuh

(usa Arch Linux)

Enviado em 15/10/2021 - 21:20h


SamL escreveu:

As vezes eu me pego pensando como em alguns momentos eu fui tão bruto com alguém, seja aqui no VOL ou outro site, do meu lado eu não percebi como sendo bruto. Do outro lado, quem recebeu se ofendeu, mesmo eu não tendo feito nessa intenção. No fim das contas, é apenas a velha psicologia da gangue dos 3: Platão, Aristóteles e Sócrates. Ou seja, de enxergar o mundo como bem definido e sem contradição.

Contradição faz parte do universo, se o paradoxo existe, ele não deve ser ignorado e mostra que no fim das contas somos limitados e limitadores um do outro.
Sobre isso, eu tô lendo um livro chamado Choice Theory (de William Glasser), que fala que a maior parte das desgraças humanas não é provocada por algo externo, mas simplesmmente escolhido.

Por exemplo, você se irritou com essas pessoas, elas te irritaram ou você que escolheu se irritar com elas?
No livro mostra que a escolha é só sua e no fim das contas você escolhe como reagir ao mundo de forma consciente ou incosnciente. Então, basicamente o que eu digo é: fique consciente também do modo como você escolhe reagir as situações. Apenas questione a si mesmo: fiquei irritado, mas por quê? Por uma informação externa eu decidi que é o melhor ficar p*** da vida? Por que não ajo com mais sabedoria e simplesmente entendo que aquilo não pode me machucar sem que eu permita isso?

Enfim, isso são algumas das lições que venho aprendendo desde que passei me auto-observar (e também voltar a ler). No mais, o que resta a fazer nesse mundo é apenas acumular lições, sentir raiva e frustração todo mundo faz isso, melhor enxergar a terceira opção e escolher ser menos disposto a ir com a maré.


Devo dizer, eu nunca havia parado pra pensar assim. Na minha cabeça eu tinha ficado put0 pq eu precisava de ajuda e fui recebido à pedradas. Mas pensar que eu posso escolher se isso me diz respeito ou não, e, consequentemente, definir se a pedrada me acerta ou não é uma perspectiva legal, por falta de palavra melhor.
Acho que vou dar uma olhada nesse livro.

Isso de escolhas me lembra de Paraíso Perdido. Uma citação interessante: Pedi eu, oh Criador, que do barro me fizesses homem? Pedi que me arrancasse das trevas?
Escolher se algo te diz respeito ou não é uma boa dica no geral, mas o que fazer caso seja atingido por um incrível azar? Ser posto em uma situação inevitável contra sua vontade? Já me ocorreu no SO; eu estava apenas discutindo sobre um assunto qualquer nos comentários e de algum jeito me tomaram por "kid que só fala [email protected]", começaram a me atacar, e, quando não dei resposta (eu fugi, é claro) me acusaram de covarde, sem argumentos, etc.
O jeito é ignorar, sorrir e acenar.

Deus, é estranho estar ouvindo Metallica e debater sobre coisas assim na internet.

"A emoção mais antiga e mais forte da humanidade é o medo, e o mais antigo e mais forte de todos os medos é o medo do desconhecido."



5. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Samuel Leonardo
SamL

(usa XUbuntu)

Enviado em 15/10/2021 - 22:54h


Bruuh escreveu:

Devo dizer, eu nunca havia parado pra pensar assim. Na minha cabeça eu tinha ficado put0 pq eu precisava de ajuda e fui recebido à pedradas. Mas pensar que eu posso escolher se isso me diz respeito ou não, e, consequentemente, definir se a pedrada me acerta ou não é uma perspectiva legal, por falta de palavra melhor.
Acho que vou dar uma olhada nesse livro.

Escolher como se sentir é complicado no começo, com um tempo de prática tu vai vai ver que funciona mesmo.
Eu ainda estou aprendendo sobre escolher como reagir e não simplesmente reagir sem pensar. Não é tão difícil e nem tão fácil mas possível de fazer.
Nesse mesmo livro o autor conta que podemos escolher basicamente em dois níveis: no da ação e no do pensamento. Os outro é sentimento e fisiologia é por conta do inconsciente e pode ser difícil controlar os estímulos externos quando percebidos. Numa primeira reação, pode ser que o coração dispare, numa segunda reação vem o pensamento do que fazer logo em seguida, ai sim é onde vem a escolha. Posso escolher ficar irritado mas depois posso escolher o quão intenso ficar irritado com o que me dizem online.

Isso de escolhas me lembra de Paraíso Perdido. Uma citação interessante: Pedi eu, oh Criador, que do barro me fizesses homem? Pedi que me arrancasse das trevas?

Gostei dessa frase, me lembra outra frase famosa, aquela da "a ignorância é uma benção". Pesquisando o autor dela, agora não sei quem é o original, no google tem tanta referência que imagino que agora sim a frase se consolidou sem o seu autor e virou um ser totalmente desprovido de criador, uma criatura quase semi deusa. hahaha

Escolher se algo te diz respeito ou não é uma boa dica no geral, mas o que fazer caso seja atingido por um incrível azar? Ser posto em uma situação inevitável contra sua vontade? Já me ocorreu no SO; eu estava apenas discutindo sobre um assunto qualquer nos comentários e de algum jeito me tomaram por "kid que só fala [email protected]", começaram a me atacar, e, quando não dei resposta (eu fugi, é claro) me acusaram de covarde, sem argumentos, etc.
O jeito é ignorar, sorrir e acenar.

Já passei por situações parecidas com isso, até hoje ainda sinto raiva de quem fez isso comigo. A diferença de eu ontem pra eu agora é que não me pegam mais de supresa. Se tu tiver muito p*** com algo, eu sugiro o que falei ali na outra postagem, de se auto questionar o que tu sente. No início da raiva não é possível fazer isso mas depois de umas horas é uma boa fazer tal exercício para ver se chega em algum ponto, ou se não há ponto nenhum. No fim das contas cara, tu pode perceber que essas pessoas são mais problemáticas do que imagina e por isso fazem essas coisas na intenção de buscar um autoconforto, uma espécie de reza pros próprios males. É por isso que eu te digo pra enxergar a terceira opção e não ir com a maré, porque é o que muitos fazem sem notar. Fazem essas humilhações para se sentirem grande ou poderosas e no fim vão se encontrar mais vazias que o vácuo, ou mesmo mais infeliz do que o que fizeram tu sentir. No fim das contas, o que vale é: tu vai mesmo aceitar como verdade o que eles dizem de ti?


6. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Leomar de Oliveira
leoCCB

(usa Slackware)

Enviado em 15/10/2021 - 23:47h

SamL escreveu:

São humanos, simples assim. Quer coisa mais complicada que humanos? rsrsrs
O que eu te diria para fazer, assim como uma ajuda rápida,é: aprenda lidar com eles. Por mais idiot4 ou minion que alguém seja, esse ser tem as pessoas que gostam dele e até o admiram de alguma forma. Sabe aquele negócio de ver o lado bom das coisas? Então, esqueça isso, porque pessoas também tem o lado ruim, ou seja, é inseparável um do outro. Daí o que sobra é: ou você aprende a lidar com eles, ou se esgota lutando contra eles.

As vezes eu me pego pensando como em alguns momentos eu fui tão bruto com alguém, seja aqui no VOL ou outro site, do meu lado eu não percebi como sendo bruto. Do outro lado, quem recebeu se ofendeu, mesmo eu não tendo feito nessa intenção. No fim das contas, é apenas a velha psicologia da gangue dos 3: Platão, Aristóteles e Sócrates. Ou seja, de enxergar o mundo como bem definido e sem contradição.

Contradição faz parte do universo, se o paradoxo existe, ele não deve ser ignorado e mostra que no fim das contas somos limitados e limitadores um do outro.
Sobre isso, eu tô lendo um livro chamado Choice Theory (de William Glasser), que fala que a maior parte das desgraças humanas não é provocada por algo externo, mas simplesmmente escolhido.

Por exemplo, você se irritou com essas pessoas, elas te irritaram ou você que escolheu se irritar com elas?
No livro mostra que a escolha é só sua e no fim das contas você escolhe como reagir ao mundo de forma consciente ou incosnciente. Então, basicamente o que eu digo é: fique consciente também do modo como você escolhe reagir as situações. Apenas questione a si mesmo: fiquei irritado, mas por quê? Por uma informação externa eu decidi que é o melhor ficar p*** da vida? Por que não ajo com mais sabedoria e simplesmente entendo que aquilo não pode me machucar sem que eu permita isso?

Enfim, isso são algumas das lições que venho aprendendo desde que passei me auto-observar (e também voltar a ler). No mais, o que resta a fazer nesse mundo é apenas acumular lições, sentir raiva e frustração todo mundo faz isso, melhor enxergar a terceira opção e escolher ser menos disposto a ir com a maré.



Eu tenho observado que o mundo está mudando. Quem tem que ser ba*ac*, é *ab*ca ao extremo; Mas também quem é gente boa, é gente boa pra caramba. Cara, sou evangélico e participo de algumas páginas afim. Tá cheio de machista, macho escr0t0, cara se acha melhor que todo mundo, xingam, parecem que sentem prazer em humilhar e desmoralizar. É como se sentissem superiores, fortes, de personalidade. Eu, particularmente, abomino essas atitudes de humilhar, seja lá quem for, pelo motivo que for. E isso em um lugar onde o grande mentor é Jesus Cristo, que pregou a paz e o amor antes dos hippies, a inclusão antes de qualquer ONG e a igualdade antes do Luter King. E se acham certos, acham que quem pensa diferente é fraco, mole... Vejo uma influência de pastores como malafaia, feliciano, waldemiro santiago, etc, que muitas vezes, em seus sermões destilam ódio, e em suas lives, então, nem se fala. Imagina em demais sítios onde não se tem essa inclinação filosófica-cristã, que deveria ser baseado na humildade e no amor e é muita pedrada, xingo, "cristão cidadão de bem com Deus no coração" humilhando a gente kkkk. Na realidade, a grosseria, a tosquice, a troglodice e a total falta de educação renomeada de autenticidade foram normalizadas, e pelo que vejo, em alguns nichos (mesmo do meio evangélico) se tornaram até desejáveis. Mas, graças ao Bom Deus, o número de pessoas boas ainda supera em número e em qualidade, como observamos aqui no VoL, com tanta gente boa que me ajudou muito em questões básicas, e quando posso, tento ajudar também. Linux é complicado, muda muito, o que dava certo hoje não dá mais, e eu preciso refazer as perguntas que já fiz há um tempo atrás e em outra distro... muito dinâmico, por isso não me recuso em responder perguntas simples (sou semianalfabeto em Linux, mas ajudo como posso).



7. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Patrick
Freud_Tux

(usa Outra)

Enviado em 16/10/2021 - 14:35h


SamL escreveu:

São humanos, simples assim. Quer coisa mais complicada que humanos? rsrsrs
O que eu te diria para fazer, assim como uma ajuda rápida,é: aprenda lidar com eles. Por mais idiot4 ou minion que alguém seja, esse ser tem as pessoas que gostam dele e até o admiram de alguma forma. Sabe aquele negócio de ver o lado bom das coisas? Então, esqueça isso, porque pessoas também tem o lado ruim, ou seja, é inseparável um do outro. Daí o que sobra é: ou você aprende a lidar com eles, ou se esgota lutando contra eles.

As vezes eu me pego pensando como em alguns momentos eu fui tão bruto com alguém, seja aqui no VOL ou outro site, do meu lado eu não percebi como sendo bruto. Do outro lado, quem recebeu se ofendeu, mesmo eu não tendo feito nessa intenção. No fim das contas, é apenas a velha psicologia da gangue dos 3: Platão, Aristóteles e Sócrates. Ou seja, de enxergar o mundo como bem definido e sem contradição.

Contradição faz parte do universo, se o paradoxo existe, ele não deve ser ignorado e mostra que no fim das contas somos limitados e limitadores um do outro.
Sobre isso, eu tô lendo um livro chamado Choice Theory (de William Glasser), que fala que a maior parte das desgraças humanas não é provocada por algo externo, mas simplesmmente escolhido.

Por exemplo, você se irritou com essas pessoas, elas te irritaram ou você que escolheu se irritar com elas?
No livro mostra que a escolha é só sua e no fim das contas você escolhe como reagir ao mundo de forma consciente ou incosnciente. Então, basicamente o que eu digo é: fique consciente também do modo como você escolhe reagir as situações. Apenas questione a si mesmo: fiquei irritado, mas por quê? Por uma informação externa eu decidi que é o melhor ficar p*** da vida? Por que não ajo com mais sabedoria e simplesmente entendo que aquilo não pode me machucar sem que eu permita isso?

Enfim, isso são algumas das lições que venho aprendendo desde que passei me auto-observar (e também voltar a ler). No mais, o que resta a fazer nesse mundo é apenas acumular lições, sentir raiva e frustração todo mundo faz isso, melhor enxergar a terceira opção e escolher ser menos disposto a ir com a maré.


Penso a mesma coisa.

Eu escolho sempre deixar pra lá, da maneira mais educada possível e pronto, vida que segue.
Cada um tem uma opinião, cada um está passando por algo na sua vida que pode influenciar como o mesmo se comporta no ambiente virtual. Tem gente que tem a vida tão fud****** que só se sente bem, ao atacar outras pessoas, seja de qualquer forma. O que mais tem de gente assim é em redes sociais.

Como você disse, são humanos. Cabe a cada um reagir da melhor maneira possível com esse tipo de gente e vida que segue.

T+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Noob: "[...]Sou muito noob ainda usando o terminal, então preciso de ajuda "mastigada", pra operá-lo."
zhushazang: "Sou velho e meus dentes desgastados. Estude linux www.guiafoca.org";

" Ignorance is bliss, for learning is the highest joy. " - High Elf Archer


8. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Cézar Augusto
cizordj

(usa Debian)

Enviado em 16/10/2021 - 15:37h

Toda comunidade de "especialistas" é tóxica, veja a galera do FreeBSD por exemplo kk


9. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Patrick
Freud_Tux

(usa Outra)

Enviado em 16/10/2021 - 16:18h


cizordj escreveu:

Toda comunidade de "especialistas" é tóxica, veja a galera do FreeBSD por exemplo kk


Esses ai são xiitas!

T+


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Noob: "[...]Sou muito noob ainda usando o terminal, então preciso de ajuda "mastigada", pra operá-lo."
zhushazang: "Sou velho e meus dentes desgastados. Estude linux www.guiafoca.org";

" Ignorance is bliss, for learning is the highest joy. " - High Elf Archer


10. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 18/10/2021 - 00:18h

Bruuh escreveu:Devo dizer, eu nunca havia parado pra pensar assim. Na minha cabeça eu tinha ficado put0 pq eu precisava de ajuda e fui recebido à pedradas.

Pois pare e pense.
Por favor, revise seu texto e veja quantas pedradas voce desferiu, ainda que indiretamente e provavelmente sem perceber, a pessoas que nada tem a ver com isso.
Quando criticares, critique a ideia, a opinião, o ponto de vista, o ato, o fato, não a pessoa.
A crítica deve ser, o tanto quanto possível, impessoal.

Não conheço tal site mas a uma primeira vista aparenta ser um site que reúne programadores.
Voce precisa desse site? Ele paga suas contas, bota a comida na sua mesa, enche o tanque do seu carro?




11. Re: Por que a comunidade do Stack Overflow é tão toxica?

Bruh
Bruuh

(usa Arch Linux)

Enviado em 18/10/2021 - 13:24h

ricardogroetaers escreveu:

Bruuh escreveu:Devo dizer, eu nunca havia parado pra pensar assim. Na minha cabeça eu tinha ficado put0 pq eu precisava de ajuda e fui recebido à pedradas.

Pois pare e pense.
Por favor, revise seu texto e veja quantas pedradas voce desferiu, ainda que indiretamente e provavelmente sem perceber, a pessoas que nada tem a ver com isso.
Quando criticares, critique a ideia, a opinião, o ponto de vista, o ato, o fato, não a pessoa.
A crítica deve ser, o tanto quanto possível, impessoal.

Não conheço tal site mas a uma primeira vista aparenta ser um site que reúne programadores.
Voce precisa desse site? Ele paga suas contas, bota a comida na sua mesa, enche o tanque do seu carro?



Sim, eu sei que ofendi(intencionalmente) e não me arrependo disso. Sim, eu preciso desse site, ou ao menos da ajuda que posso receber da comunidade dele(google nem sempre resolve), não paga minhas contas porque sou menor de idade, então não tenho contas para me preocupar. Justifiquei as ofensas da minha pergunta com todas as características deploráveis da comunidade.
Ah, e a propósito, nesse caso não tem como criticar "a ideia, a opinião ou o ponto de vista, o ato, o fato, não a pessoa", porque a comunidade do SO não tem sequer ideia ou opinião para se basear. Grande parte da comunidade do SO não tem sequer dois neurônios pra formar uma ideia ou opinião, como eu disse: são retardados sedentários com um salário de 6k no bolso e um ego maior ainda. Quanto à criticar o ato ou fato, ambos estão intrinsecamente relacionados com quem o fez, não há como criticar um sem criticar o outro.

Ah sim, e pensando no conselho do amigo lá, proponho que essa conversa não exalte ninguém, estou me controlando para raciocinar e não me irritar por isso, e espero que o resto das pessoas aqui consigam fazer o mesmo.

"A emoção mais antiga e mais forte da humanidade é o medo, e o mais antigo e mais forte de todos os medos é o medo do desconhecido."







Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts