Hoje eu tirei o dia para pensar.

1. Hoje eu tirei o dia para pensar.

Guilherme RazGriz
razgriz

(usa Ubuntu)

Enviado em 06/03/2006 - 04:31h

Depois de ler um texto da faculdade, e pensar um pouco a respeito da "concorrencia", resolvi dar uma pesquisada mais a fundo pra ver a média da aceitação do livro do Milani (Gimp Guia do Usuário).

Eu não tive oportunidade de ler então não posso dizer que é bom e muito menos que é ruim.

Depois de avaliar a opinião de quem leu o livro, das duas maiores "comunidades" (ogimp.com.br e gimp.com.br) cheguei a seguinte conclusão : Os leitores aparentemente não consideraram o livro um bom documento pelas seguintes razôes :

Metodologia de ensino aparentemente sem estimulos a criatividade do aluno.

Livro sobre ferramenta elaborada para serviços gráficos em preto e branco.

Preço "alto".

Supostos "erros" em determinadas explicações : http://www.gimp.com.br/bb2/viewtopic.php?t=1024&postdays=0&postorder=asc&start=15

Pondo isto na mesa fico eu pensando..."se o livro do sujeito é "ruim"... por que eles*(editoras) não procuraram ao menos ajudar outros projetos? Pois é , receio que infelizmente a política do "tá bom" ainda vigora em nosso território.

Muito bem, como não houve INTERESSE por parte das "editoras acolhedoras de publicações voltadas ao software livre", decidi disponibilizar o documento (Vulgo livro para não dizer outra coisa.) de maneira permanente dentro do web site Bozo Linux : http://br.bozolinux.org/guia/index.php/P%C3%A1gina_principal

Sob a licensa Creative Commons assim sendo o material poderá ser distribuido contanto que não se faça uso COMERCIAL do mesmo e que o NOME do autor esteja presente aonde ele for publicado, e obviamente o mesmo (no caso eu) seja avisado com relativa antecedencia do desejo de publicação.

Sim, essa medida a princípio poderia parecer um "suicídio" comercial, mas não é, visto que "ninguém conhece o autor" a não ser pelos meus artigos que foram aqui publicados ou em outros web sites. Agora todos podem avaliar se o material mereceria ou não ser impresso, dependendo do que acontecer a chances de algum dia isso ser mesmo visto em livrarias, mas sendo bem realista, é mais simples alguma empresa me contratar para treinar pessoal e me fazer mesmo que involuntáriamente esquecer o projeto apesar de "concluido".

Espero que em um futuro não muito distante, a mentalidade das pessoas mude para melhor.

Por enquanto é só.


  






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts