Cinammon com MATE lado a lado

1. Cinammon com MATE lado a lado

Rômulo Peixoto Remédios
rommulo9

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/03/2021 - 11:15h

Olá amigos.

Em meu note LG A560, Intel Core i7-3630QM, 8 GB DDR3, NVIDIA GeForce GT 640M (2 GB dedicados) e SSD 250 GB, alguns anos atrás usei o Mint MATE como SO principal e driver proprietário nVidia.

Depois, na euforia de curtir o visual Plasma e o Wayland, e ter fácil integração com minha conta Google, migrei para o Maui, Netrunner, KDE Neon, e por último Kubuntu 20.04. Mas vendo o desempenho do meu sistema cada vez mais pesado e lento, quero voltar ao mundo GTK com alguma alternativa nem tão pesado no desempenho, e nem tão capado em recursos.
O XFCE não me pareceu tão intuitivo quanto o MATE.

Penso então em adotar o Cinnamon 20.04 como S.O. principal, sem perder o MATE de vista. Sei que em termos de aplicativos e recursos básicos, ambos se identificam. Então logo após instalar o Cinnamon, pretendo fazer isso:

sudo apt install mint-meta-mate

Então pergunto, se nessa instalação avulsa do MATE lado a lado, terei todas as ferramentas e recursos existentes na instalação full da ISO do Mint MATE? Pois pretendo dispensar a necessidade de criar uma partição extra só para o MATE.

Gratidão a todos os que opinarem a respeito.


  


2. Re: Cinammon com MATE lado a lado

leandro peçanha scardua
leandropscardua

(usa Ubuntu)

Enviado em 02/03/2021 - 15:42h


Bom, o linux é plug and play. Vc pode montar a combinação que quiser. E, se cansar, basta rodar alguns comandos e trocar.


3. Re: Cinammon com MATE lado a lado

Rômulo Peixoto Remédios
rommulo9

(usa Linux Mint)

Enviado em 28/03/2021 - 12:53h


leandropscardua escreveu:


Bom, o linux é plug and play. Vc pode montar a combinação que quiser. E, se cansar, basta rodar alguns comandos e trocar.


Ok, mas desconheço quais são as ferramentas específicas do MATE, que viriam numa instalação full a partir da iso dela. Independente disso, já instalei lado a lado com o Cinnamon e setei ele como sessão principal.


4. Re: Cinammon com MATE lado a lado

Xerxes
xerxeslins

(usa Gentoo)

Enviado em 28/03/2021 - 12:56h

rommulo9 escreveu:

Olá amigos.

Em meu note LG A560, Intel Core i7-3630QM, 8 GB DDR3, NVIDIA GeForce GT 640M (2 GB dedicados) e SSD 250 GB, alguns anos atrás usei o Mint MATE como SO principal e driver proprietário nVidia.

Depois, na euforia de curtir o visual Plasma e o Wayland, e ter fácil integração com minha conta Google, migrei para o Maui, Netrunner, KDE Neon, e por último Kubuntu 20.04. Mas vendo o desempenho do meu sistema cada vez mais pesado e lento, quero voltar ao mundo GTK com alguma alternativa nem tão pesado no desempenho, e nem tão capado em recursos.
O XFCE não me pareceu tão intuitivo quanto o MATE.

Penso então em adotar o Cinnamon 20.04 como S.O. principal, sem perder o MATE de vista. Sei que em termos de aplicativos e recursos básicos, ambos se identificam. Então logo após instalar o Cinnamon, pretendo fazer isso:

sudo apt install mint-meta-mate

Então pergunto, se nessa instalação avulsa do MATE lado a lado, terei todas as ferramentas e recursos existentes na instalação full da ISO do Mint MATE? Pois pretendo dispensar a necessidade de criar uma partição extra só para o MATE.

Gratidão a todos os que opinarem a respeito.


Acredito que sim. Não posso dar certeza, pois eu não lembro agora. Mas estou quase certo que sim. Se instalar o mint-meta-mate, vai ter o mate completo como se fosse full ISO. Eu até queria gostar do Cinnamon, mas acho o desempenho dele ruim. Entre ele e MATE, eu fico com o MATE. Mas agora estou curtindo o KDE Plasma.

--



5. Re: Cinammon com MATE lado a lado

Rômulo Peixoto Remédios
rommulo9

(usa Linux Mint)

Enviado em 28/03/2021 - 13:11h


xerxeslins escreveu:

rommulo9 escreveu:

Olá amigos.

Em meu note LG A560, Intel Core i7-3630QM, 8 GB DDR3, NVIDIA GeForce GT 640M (2 GB dedicados) e SSD 250 GB, alguns anos atrás usei o Mint MATE como SO principal e driver proprietário nVidia.

Depois, na euforia de curtir o visual Plasma e o Wayland, e ter fácil integração com minha conta Google, migrei para o Maui, Netrunner, KDE Neon, e por último Kubuntu 20.04. Mas vendo o desempenho do meu sistema cada vez mais pesado e lento, quero voltar ao mundo GTK com alguma alternativa nem tão pesado no desempenho, e nem tão capado em recursos.
O XFCE não me pareceu tão intuitivo quanto o MATE.

Penso então em adotar o Cinnamon 20.04 como S.O. principal, sem perder o MATE de vista. Sei que em termos de aplicativos e recursos básicos, ambos se identificam. Então logo após instalar o Cinnamon, pretendo fazer isso:

sudo apt install mint-meta-mate

Então pergunto, se nessa instalação avulsa do MATE lado a lado, terei todas as ferramentas e recursos existentes na instalação full da ISO do Mint MATE? Pois pretendo dispensar a necessidade de criar uma partição extra só para o MATE.

Gratidão a todos os que opinarem a respeito.


Acredito que sim. Não posso dar certeza, pois eu não lembro agora. Mas estou quase certo que sim. Se instalar o mint-meta-mate, vai ter o mate completo como se fosse full ISO. Eu até queria gostar do Cinnamon, mas acho o desempenho dele ruim. Entre ele e MATE, eu fico com o MATE. Mas agora estou curtindo o KDE Plasma.

--


Agradeço por seu valioso palpite.
Gratidão a todos.


6. Re: Cinammon com MATE lado a lado

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 28/03/2021 - 13:47h

-basta selecionar MATE na tela de login para desfrutar de toda a leveza e programas exclusivos do mate-desktop sem perder seu cinnamon e nem seus arquivos

-


7. Re: Cinammon com MATE lado a lado

Mauriciodez
Mauriciodez

(usa Debian)

Enviado em 28/03/2021 - 15:00h


rommulo9 escreveu:

Olá amigos.

Em meu note LG A560, Intel Core i7-3630QM, 8 GB DDR3, NVIDIA GeForce GT 640M (2 GB dedicados) e SSD 250 GB, alguns anos atrás usei o Mint MATE como SO principal e driver proprietário nVidia.
...Mas vendo o desempenho do meu sistema cada vez mais pesado e lento...


Se está lento com esse setup aí o problema muito certo de não ser com a DE.. eu rodava cinnamon em um pentium 4 com 4 GB ddr2 + 120 SSD e fluia perfeitamente ... obviamente que meu Debian não era socado de programas ativos e nem efeitos .

------------------------------------------------------| Linux User #621728 |------------------------------------------------------

" Nem sempre é amigo aquele que te tira do buraco !!! ( Saddam Hussein )"

------------------------------------------------------| Linux User #621728 |------------------------------------------------------




8. Re: Cinammon com MATE lado a lado

Rômulo Peixoto Remédios
rommulo9

(usa Linux Mint)

Enviado em 29/03/2021 - 08:18h


Mauriciodez escreveu:


rommulo9 escreveu:

Olá amigos.

Em meu note LG A560, Intel Core i7-3630QM, 8 GB DDR3, NVIDIA GeForce GT 640M (2 GB dedicados) e SSD 250 GB, alguns anos atrás usei o Mint MATE como SO principal e driver proprietário nVidia.
...Mas vendo o desempenho do meu sistema cada vez mais pesado e lento...


Se está lento com esse setup aí o problema muito certo de não ser com a DE.. eu rodava cinnamon em um pentium 4 com 4 GB ddr2 + 120 SSD e fluia perfeitamente ... obviamente que meu Debian não era socado de programas ativos e nem efeitos .

------------------------------------------------------| Linux User #621728 |------------------------------------------------------

" Nem sempre é amigo aquele que te tira do buraco !!! ( Saddam Hussein )"

------------------------------------------------------| Linux User #621728 |------------------------------------------------------



Instalei o Mint Cinnamon 20.04.2 por curiosidade, ao saber que é o flavor mais elaborado do Linux Mint.
Mas acabou consumindo mais RAM do que o Kubuntu 20.04, e algo que é vital pra mim, lançar num painel lateral os atalhos para meus arquivos mais acessados, isso não consegui no Cinnamon, enquanto no MATE e KDE faço isso de boa.

Só larguei o KDE Plasma, porque além de achar que estava pesado, gosto de brincar com a personalização. Mas na hora de baixar temas no kde.org... pasmem, a maioria que me interessava era pra GTK.

Além disso, no Kubuntu e KDE Neon os vídeos no VLC estavam pixelizando quando avançava e retrocedia aleatoriamente pra qualquer parte dos vídeos, mesmo com os drivers proprietários funcionando bem. Mas pra minha surpresa, até no MATE isso tá ocorrendo... sei que isso leva em conta os formatos de vídeo, os codecs instalados e o player usado... tem vídeos que só o VLC roda de boa, enquanto o Celluloid apresenta apenas uma tela branca. Vou testar o mpv, mplayer e smplayer pra ver como se comportam.

No quesito consumo de RAM e processador, estou testando o Lubuntu 20.04 em paralelo, e nele também vou instalar driver nVidia, codecs restritos e testar os palyers acima.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts