Terminal pra mim é coisa de louco!

1. Terminal pra mim é coisa de louco!

Felipe K. M.
Lipinupux

(usa Outra)

Enviado em 07/08/2016 - 14:02h

Estou p* da vida com o terminal. Afinal, sempre que procuro ajuda em fórums as pessoas mandam eu colocar comandos no terminal, por eu ser novato já mandaram eu colocar um comando que ferrou com meu Linux Mint.
Eu não sei se é somente eu, mas eu não consigo entender nada desse terminal. As pessoas me mandam códigos que eu não entendo o que significam, mesmo que eu pesquise o significado eu acabo por esquecer, por ter muito código. Como eu vim do Windows, usar o terminal com essa frequencia que os usuários linux usam é meio assustador pra mim.
Escolhi uma distro que seja mais próxima possível do windows, pra ir me acostumando, mas mesmo o linux mint eu acho complicado de mexer, principalmente quando a pessoa manda eu ir no terminal porque é "rapidinho e facinho" #sqn
Gostaria de saber se pra usar linux (não importa a distro) tem que aprender a força a dominar todos os comandos do terminal? Não tem como fazer as coisas funcionarem através de programas (de preferencia com layout de fácil uso?).
Baixei um programa pra gparted pra deletar uma partição porque segundo um user era facinho de usar, fiquei mó perdido e quase apago a distribuição errada. '-'

Gente, me ajudem, eu sou muito burro pro linux.
No próprio windows nunca fui forçado a ter que usar o prompt de comando (cmd) ou powershell pra fazer coisas simples como criar uma partição, formatar um simples pendrive, tudo tá sendo um pesadelo no linux... Isso pq escolhi a distro mais semelhante e fácil (dizem...), então imagina as outras distros? #medo


  


2. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

ctw6av
ctw6av

(usa Nenhuma)

Enviado em 07/08/2016 - 14:23h

Calma jovem experiência vem com o tempo!

No GNU/Linux existem programas gráficos excelentes que podem te auxiliar em quase tudo, mas assim que você entender o poder que o terminal te dá sobre o sistema vai querer abrir e dar comandos para tudo kkkk. Hoje um terminal aberto em meu computador é quase que obrigatório pela praticidade.

Você não é burro para "Linux" e sim iniciante, não se menospreze, não se faça pequeno ou nunca aprenderá nada.

Persistência é a chave (juntamente com um live-usb) - diz um outro aprendiz.



----------------------------------------------------------
A Internet... foi projetada no espírito da confiança. Nem os protocolos de rede
de comunicações nem o software que comanda os sistemas computacionais
conectados a rede foram arquitetados para operação num ambiente no qual estão sob
ataque.
----------------------------------------------------------


3. Terminal pra mim é coisa de louco!

Edwal F. Paiva Filho
nicolo

(usa Ubuntu)

Enviado em 07/08/2016 - 14:41h

Prezado, Além de sazonado (véio mesmo) eu não gosto de CLI (Command Line interface) também conhecido como o "raio" do terminal.
Não é possível eliminar o uso do terminal, mas é possível reduzi-lo ao mínimo.

Uso Ubuntu, e o seguinte caminho.

Primeiro precisa instalar o synaptic
Para a maioria das distros DEB não tem jeito
sudo apt-get update
sudo apt-get install synaptic.

Depois disso o synaptic aparece no menu <sistema> com o nome de <gerenciador de pacote synaptic.>

O Synaptic é gráfico e pode-se instalar todo resto com ele, marcando e executando.
O que precisa é saber o que tem que instalar.

2-Alguns programas só funcionam instalados pelo terminal, dentre eles o programa do imposto de renda
e o oracle java.

O Oracle java eu copio os comandos para o terminal marcando com o mouse nas intruções (aqui do VOL) e
colando no terminal com (editar>colar) no menu do terminal. Assim não precisa digitar.

O grande segredo então é saber o que precisa instalar. Em instalo o Ubuntu Studio pelo synaptic, mas uso a
interface do XFCE que temum jeitão de windows, mas a configuração é bem mais rica.

Sugiro
xarchiver (para compactar e descompactar qualquer coisa)
instalar o gnome desktop
instalar o okular (substitui o acrobat reader)
ubuntu-build-essential
kfind (para achar arquivos)
kshudown
k3b para gravar cd e dvd
vlc (multimedia player)
soundconverter
lame
dolphin- melhor gereciador de arquivos
Você precisa de um programa de imagem gthumb krita etc
Programa tipo corel draw inkscape
ksnapshot (para copiar a tela)

etc.

Com o synaptic a gente instalar tudo, mais fácil que no windows.

Também pode instalar o gparted que é um particionador gráfico
mas por sua natureza ele só pode ser chamado pelo terminal.
sudo gparted
Esse programa precisa ser usado com cuidado pois ele
deleta e cria partições, formata, cria rótulos, etc.

No mais há bons artigos sugerindo programas adicionais.

Espero ter ajudado.







4. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 07/08/2016 - 14:51h

Não é adequado usar GParted com o sistema em uso ligado.
É melhor baixar a mídia do site do GParted, gravando-a em algum lugar.
Depois sim é o caso de usá-la para mexer nas partições.

EDIT:

Digo isto dando BOOT com esta mídia externa.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nem direita, nem esquerda. Quando se trata de corrupção o Brasil é ambidestro.
(anônimo)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden



5. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

LinuxWalker
Delusion

(usa Debian)

Enviado em 07/08/2016 - 15:02h

Sim, é possível usar o linux sem terminal, mas o poder do terminal sempre estará à frente de qualquer gambiarra gráfica, isso piora um pouco nas distros rolling release.


----------------------------------------------------------------------------------------------------
Não importa a distro que você usa, o que importa é o que você faz com ela.
Distros que já usei e conquistaram meu respeito: Mint, Fedora, Arch, Lubuntu.


6. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

Pythonux
bielinux

(usa Ubuntu)

Enviado em 07/08/2016 - 16:30h

echo "Depois que você se acostuma com o terminal," <enter>
echo "verá que ele é uma excelente ferramenta, muito mais prática que qualquer interface gráfica" <enter>
exit <enter>


7. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

Cristhoffer
Cristhoffer1994

(usa OpenBSD)

Enviado em 07/08/2016 - 16:41h

Caaara eu não me imagino sem um terminal aqui... aliás, sempre tem no mínimo um terminal aberto rodando algo.
Mas enfim, cara... como o amigo ctw6av; o lance é a questão de experiência e interesse mesmo, se você se interessar... você vai persistir e aprender, já conseguiu instalar o Mint não conseguiu? então... é por ai.

Nem tem porque ter medo, o suporte para GNU/Linux é HIGH e se tu não entender os programas que precisa usar, sempre existem alternativas gráficas (se preferir...), mas eu percebi que tu ta pensando de uma maneira errada, me parece que você está tentando "decorar" os comandos e procurar descobrir o "significado", não é bem assim.

Veja bem: esses "comandos/códigos", não devem ser decorados, eles (os comandos) devem ser ENTENDIDOS, os tais comandos são parâmetros e opções de outros programas, que por fim são passados como parâmetros e executados no shell padrão, em GNU/Linux o shell padrão é o bash (/bin/bash).
Resumindo; o shell (/bin/bash) executa o programa (que também é passado como parâmetro (o primeiro)) e interpreta os outros parâmetros passados como opções do programa.

Quando eu estava iniciando no mundo GNU/Linux, eu seguia receitas que geralmente ora ou outra fo.dia coma minha build, e pela falta de experiência eu acabava formatando e reinstalando tudo de novo.

Como você esta iniciando, eu vou por te passar um "pensamento" que deve-se tornar um hábito a partir de agora:
Sempre que for executar um programa via shell com várias opções que tu não sabe o que faz, procure ENTENDER a finalidade deste programa e as opções. "Mas como?"
Todos programas (quase todos mesmo) vem com um parâmetro de help, e é ai que você vai checar as opções dos programas, caso não haja informação o suficiente, você pode ler o manual do programa.
O lance é entender os programas e opções, não decorar!

sh-4.3# programa --help
sh-4.3# man programa

--
Just bring us some beers, and then we can talk about our systems. :)



8. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 07/08/2016 - 16:53h

-terminal é uma ferramenta poderosa bastante util
-para quem está iniciando no linux geralmente dá um pouco de dores de cabeça
-mas nada que com o tempo não vá se adaptando
-e nunca se esqueça que linux não é windows
-portanto há fase de adaptação
-e seja paciente com vc mesmo
-outro fato importante: fazer m... qdo se é novato é normal
-acho que maioria aqui já formatou partição errada ou deletou algo que não deveria qdo era iniciante
-faz parte do aprendizado



9. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

Fernando T. Da Silva
nandosilva

(usa Lubuntu)

Enviado em 07/08/2016 - 20:17h

Não culpe o terminal e o Linux pelos seus erros, se você não soube usar nem o gparted que é um programa gráfico fácil de usar principalmente se você já usou o Partition Magic no Windows ou se não usou nem no Windows não devia nem mexer no mesmo antes de aprender a usa-lo lendo tutoriais na net para isto. Para quem já mexeu muito nos códigos do registro do Windows editando e inserido linhas para alterar algumas funções e desempenho no regedit (mais complicado que a linha de comando) que foi aprendido seguindo alguma dica na internet o terminal é até mais simples de compreender, falta apenas boa vontade dos usuários M$ e quando os mesmos comente erros no sistema que eles usam eles (M$) não culpam o Windows por causa dos erros deles. Tanto no Windows e no Linux mesmo usando programas gráficos para configurar e modificar o sistema, se você não se interessar antes de como aprender a fazer este procedimento, conhecendo cada opção, você poderá ter um grande problemão que pode implicar na reinstalação do SO, portanto sempre procure conhecer o que faz cada opção seja em linha de comando ou usando um programa gráfico, onde você só tem que marcar ou desmarcar algumas opções, pois apenas uma única opção marcada/desmarcada erradamente pode detonar o seu sistema.




10. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 07/08/2016 - 20:29h

izaias escreveu:
Se usa o Linux Mint mesmo, o uso do terminal é quase zero.
Gostei da sinceridade. :)


-realmente o uso do terminal no LM é raramente necessário
-desde que usuário não ande fazendo caquinha o LM raramente dá problema
-creio que a maioria das respostas que recebemos são comandos pelo terminal pq maioria dos usuários avançados que sabem resolver as caquinhas que fazemos usam muito terminal e são menos familiarizados com uso de programas nativos do LM como fontes de aplicativos, gerenciador de aplicativos, gerenciador de atualizações
-até mesmo eu me vejo recentemente usando muito mais o terminal que os programas gráficos nativos do LM
-mas no começo raramente eu dava um apt-get






11. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

Giovanni  M
Giovanni_Menezes

(usa Void Linux)

Enviado em 07/08/2016 - 20:59h

Nem o Terminal, nem o "Ser Burro" como você mesmo se julgo, nada disso é o problema.

O PROBLEMA É A FALTA DE LEITURA.

Tanto o é que já pode-se notar aqui:
As pessoas me mandam códigos que eu não entendo o que significam


Novatos que estão em processo de migração, atente-se as seguintes observações:

1-Aprender comando básicos
2-Entender o sistema de permissões
3-Entender os Repositórios
4-Não fazer uma migração relâmpago, não saia instalando em uma maquina real diretamente sem nenhuma experiencia antes porque alguém, algum canal ou algum blog saiu falando das praticidades e magicas, a coisa não funciona assim.
5-Basico de particionamento de disco e partições.
6-FILOSOFIA!!!!!!! ou você vai ser mais um por ai achando que open-source é o mesmo software livre e que todo Gnu/linux é livre.

Erro, não se descabele, volte para trás e trilhe o caminho novamente, dessa vez com o mapa em mãos, tem excelente tópicos com perguntas sobre como começar no Gnu/linux e com ótimas dicas dos demais colegas.

Boa sorte, bem vindo e abraços.
--------------------------------------------------------------------------
Somente o Software Livre lhe garante as 4 liberdades.
Open Source =/= Free Software.
https://goo.gl/mRzpg3



12. Re: Terminal pra mim é coisa de louco!

William G.
WilliamG

(usa Linux Mint)

Enviado em 07/08/2016 - 21:26h

O terminal também me confunde as vezes, eu sei bem poucos comandos, o pior é que alguns comandos não servem pra todas as distribuições Linux, isso acaba desmotivando o aprendizado, já que vc fica preso a algumas distros (geralmente as mais famosas).
Outra coisa que eu acho errado, é se o usuário é novato, não deveria ser logo apresentado ao terminal, isso pode acabar assustando e fazendo a pessoa pensar: "é por isso que eu não usei Linux, é tudo tão complicado, são tantos códigos, ai meu deus!"
kkkkkkkkkk

Mas vc não é obrigado a usar o terminal pra tudo. Quando vc falou no pendrive, lembro que tive o mesmo problema e um usuário me mandou um monte de códigos pra formatar o meu pendrive, quando existia um programa simples já instalado no meu sistema que era só um click e pronto... Entendo sua revolta!



01 02 03