instalação de programas e criação de usuário [RESOLVIDO]

1. instalação de programas e criação de usuário [RESOLVIDO]

Vanessa Porto
vane

(usa Ubuntu)

Enviado em 02/02/2010 - 21:39h

Acabei de comprar um notebook que vem com o linux desenvolvido pela Itautec, o Librix, e não estou conseguindo acessar o usuário que não seja o root. Consequentemente, não estou conseguindo instalar nenhum programa, como por exemplo o tcl/tk e o amsn. Alguém poderia me dar uma luz? Já aviso que sou meio leiga em linux.


  


2. Re: instalação de programas e criação de usuário [RESOLVIDO]

Andre Antonio da Silva Neto
andre_asn

(usa Slackware)

Enviado em 02/02/2010 - 21:51h



O Portage é o gerenciador de pacotes do Gentoo, distribuição em que o Librix se baseia. Conhecer seus recursos e funcionalidades básicas pode ser importante tanto para o usuário que busca uma alternativa para tarefas básicas como instalar e remover pacotes, quanto para aquele que pretende aprender mais sobre o sistema que originou o Librix.
Conceitos

O Portage, em si, é composto por duas partes: o sistema de ebuilds e o Emerge.

Os ebuilds

Ebuilds são arquivos que contém instruções para a instalação de novos pacotes: são eles que dizem ao sistema onde encontrar os novos programas, como instalá-los e configurá-los para que possam funcionar corretamente. Normalmente não cabe ao usuário modificá-los; deve-se apenas atualizar regularmente o conteúdo do diretório de ebuilds (por padrão /usr/portage, também chamado de árvore do portage), como será mostrado a seguir.

O Emerge

Emerge é a ferramenta utilizada para gerenciar o conjunto de ebuilds -- e, por extensão, os pacotes do sistema. Cabe ao emerge resolver dependências de pacotes (por exemplo, no caso em que um pacote só pode ser instalado após outro, o Emerge propõe a instalação de ambos) e manter a árvore do Portage.

Assim, ao utilizar o comando do emerge que solicita a instalação de um novo programa, o emerge se encarregará de escolher todos os ebuilds necessários e estes serão usados para a adição do pacote ao sistema.

Customização de pacotes com USE flags

A maioria dos pacotes é capaz de fornecer suporte a várias funcionalidades diferentes. De fato, as opções são tantas que muitas vezes é desnecessário e até indesejável habilitar todas elas -- por exemplo, não é necessário instalar um programa com suporte a interface gráfica habilitado em um sistema que roda apenas em linha de comando.

Para selecionar quais funcionalidades virão nos programas instalados, utilizam-se USE flags: parâmetros de configuração que influenciam a instalação do pacote. As USE flags são normalmente definidas no arquivo de configuração /etc/make.conf, que deve ser editado com privilégios de administrador, na seção "USE". As USE flags padrão do Librix são apropriadas para uso comum. Para mais informações veja <USEflags>.

Escolhendo o pacote certo: Máscaras

Ao solicitar a instalação de um pacote pelo emerge, o sistem automaticamente escolhe a versão mais adequada à máquina, de um conjunto de uma ou mais alternativas. Assim, a versão instalada pelo emerge de um determinado pacote pode não ser a mais recente, como em casos nos quais o último lançamento do pacote causa instabilidade e problemas diversos no funcionamento dos sistemas em que é instalada.

O controle de qual versão do pacote será instalada é feito através de um sistema de máscaras: um pacote mascarado não pode ser instalado, por algum motivo; para que seja instalado ele deve então ser desmascarado.

Assim, caso a instalação de um pacote falhe porque ele está mascarado, o melhor a fazer é aguardar até que ele seja considerado seguro e seja desmascarado na árvore do portage; uma alternativa que pode ou não ser perigosa para o sistema é desmascará-lo manualmente, dizendo ao emerge que o pacote deve ser instalado apesar de não ser recomendado. Para mais informações veja <Máscaras>.
Utilizando o Emerge

Com os conceitos básicos já apresentados, é hora de executar algumas tarefas comuns com o emerge. A sintaxe genérica do emerge é:

# emerge [opções] [ação] [alvo(s)]

O comando acima deve ser usado com privilégios de administrador.

As opções modificam o comportamento da ação, que define o que será feito com o(s) alvo(s).

Uma referência rápida de opções úteis:
Opção Efeito
-j Especifica quantos trabalhos de instalação serão feitos paralelamente
-a Pede uma confirmação ao usuário
-p Não executa ação alguma, apenas mostra o que seria feito
-k Usa binários sempre que possível (recomendado para o Librix)
-D Afeta toda a árvore de dependências do alvo, diretas e indiretas
-N Inclui reinstalação de pacotes cujas USE flags foram alteradas
-v Mostra mais informações sobre o que será feito
-q Mostra menos informações sobre o que será feito
-n Pula alvos que já estão instalados (o padrão é reinstalar)



Algumas ações úteis:
Ação Efeito
(Nenhuma) Instala o alvo
--resume/-r Tenta completar última ação que falhou
--search/-s Busca "alvo" em títulos de pacotes
--searchdesc/-S Busca "alvo" em títulos e descrições de pacotes
--sync Atualiza a árvore do portage
--unmerge/-C Remove o pacote alvo
--update/-u Atualiza o alvo



Tarefas Comuns

* Instalar um pacote

# emerge <nome-do-pacote>

Em geral é útil utilizar ao menos as opções -v (que exibe, por exemplo, as USE flags utilizadas) e -a. Adicionalmente, pode-se usar -k e -j para agilizar o processo:

# emerge -vak -j 3 <nome-do-pacote1> <nome-do-pacote2> ...

Observe que no exemplo acima o número 3 refere-se à opção -j, ou seja, serão executados três trabalhos de instalação simultaneamente.

* Remover um pacote

# emerge -avC <nome-do-pacote>

* Atualizar o sistema

# emerge -uavDN world


3. Re: instalação de programas e criação de usuário [RESOLVIDO]

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 02/02/2010 - 22:21h

Pode ser que bem no começo,não ache o Librix e os outros gentoo like muito fáceis, mas tem uma coisa, se aprender linux com o gentoo ou um gentoo like, usará qualquer linux em pouco tempo.

O Librix é uma boa modificação do Gentoo, feita pela Unicamp e pela Itautec.

veja e entre para o forum deles, em

http://tutoo.las.ic.unicamp.br/drupal/


para instalar programas no Librix, procure no menu pelo instalador gráfico, a versão nova acho que tem.... aí, vc usa a palavra chave amsn, por exemplo e instala...

Para instalar, usando comandos:

abra um terminal e para o amsn,por exemplo use:

sudo emerge --sync
sudo emerge -p amsn
sudo emerge -v amsn

para outros programas, substitua amsn pelo nome do programa.

ou seja é sempre assim:

sudo emerge --sync
sudo emerge -p NOME DO PACOTE

sudo emerge -v NOME DO PACOTE
(instala o programa) e

sudo emerge -C NOME DO PACOTE
(remove o programa instalado)

Para procurar pelo pacote, por exemplo procurando pelo tcl/tk

emerge -s tcl/tk (ou o nome de outro pacote que estiver procurando, ex, amsn etc...)

Vc deve ter visto o post anterior, e assustou! rsrrs

olha de inicio não se preucupe com Ebuilds, Overlays, máscaras, blocked packages etc...

com o tempo aprenderá!

enquanto não tiver alguma prática, NÂO FAÇA ISSO:

sudo emerge -uavDN world

ISTO È NÂO ATUALIZE TODA A DISTRO, pq não é fácil nos gentoos, sem prática.


mais dicas: o librix funciona como o gentoo, se não achar o instalador gráfico, instale um com os comandos:

sudo emerge --sync
sudo emerge portato (ou kuroo, porthole etc...)

portato, kuroo. porthole, são instaladores automaticos de programas nos gentoos

veja:

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Gentoo-Interfaces-graficas-para-Portage-Emerge-substitutos-do-Ku...

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Instalando-gerenciando-e-mantendo-pacotes-no-Gentoo-Linux-e-deri...

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Kuroo-Facilitando-a-instalacao-de-pacotes-no-Gentoo/

Dica adicional, o que achar na rede para Gentoo e para Sabayon, funciona em Librix.
ou seja, vamos supor que queira o amsn... um tutorial amsn no gentoo, deve funcionar no librix.


RESUMINDO, 1)ATUALIZA a BASE DE DADOS DO PORTAGE (e NÂO TODA A DISTRO) ASSIM ASSIM:

sudo emerge --sync

2) INSTALA PACOTE ASSIM:

sudo emerge -p nome do pacote
sudo emerge -v nome do pacote

3) TIRA O PROGRAMA INSTALADO ASSIM:

sudo emerge -C nome do pacote

OUmais fácil, USE O INSTALADOR GRÁFICO DE PROGRAMAS DO LIBRIX...

vai usando e testando, navegue etc.... e qualquer coisa, poste algo aqui, disponha.

benvinda ao Linux!





4. sudo passwd root

Rafael
rafiwskis

(usa Debian)

Enviado em 02/02/2010 - 23:21h

A maioria destas distribuições não vem com a senha de root ativa; se você possuir o sudo instalado, basta digitar no terminal

sudo passwd root

e definir a senha de root






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts