fsck otimiza ou só corrige erros ?

1. fsck otimiza ou só corrige erros ?

Henrique
Henrique - RJ

(usa Outra)

Enviado em 09/02/2018 - 09:49h

Li em um fórum que a linha de comando " #fsck -t ext4 -f -D -v /dev/sdxy " além de corrigir erros no sistema também otimiza deixando-o mais rápido.

É verdade isso ?


  


2. Re: fsck otimiza ou só corrige erros ?

Ryuk Shinigami
Ryuk

(usa Nenhuma)

Enviado em 09/02/2018 - 10:41h

Não!!!

Se o sistema tá ruim porque o "sistema de arquivo" tem falhas, corrigir as falhas só deixa o sistema "normal" e não otimizado pra além disso. Bem, de certa forma pode-se até dizer que o "normal" é o "otimizado".


3. Re: fsck otimiza ou só corrige erros ?

Henrique
Henrique - RJ

(usa Outra)

Enviado em 09/02/2018 - 11:45h

Eu executei aqui o fsck e ele nem escaneou, deu logo a resposta de que o sistema está " clean ".

Parece mesmo que o fsck só corrige erros e parece que há risco de danos ao executar ele.

Meu objetivo era deixar a inicialização mais suave.

Consegui algum progresso reconfigurando o preload.conf que deixou a abertura de uns poucos aplicativos mais rápida pois acho que preserva suas dependências carregadas na memória.


4. Re: fsck otimiza ou só corrige erros ?

Ricardo Groetaers
ricardogroetaers

(usa Linux Mint)

Enviado em 09/02/2018 - 12:17h

Henrique - RJ escreveu:
fsck -t ext4 -f -D -v /dev/sdxy

Traduzindo:
fsck -> é o comando, na verdade um "front end" (atalho) para os módulos que compõem o pacote de verificação e correção
-t -> parâmetro que especifica o tipo de sistema de arquivos a ser checado, no caso ext4. Obsoleto, pois o fsck é capaz de detectar automaticamente o tipo de sistema de arquivos e invocar o módulo correto.
-f -> força a checagem
-D -> não sei o que significa
-v -> "verbose", mostra na tela o progresso do processamento
/dev/sdxy -> é o objeto (no caso a partição) a ser verificado, representado pelo seu arquivo especial contido na pasta /dev, onde:
sd -> significa sata disk ou ide disk ou scsi (pronuncia-se "iscanzi") disk ou um dispositivo que seja "enxergado" como tal, por ex., um pendrive.
x -> representa uma letra a, b, c, etc que representa a porta ou interface onde o dispositivo está conectado, ex:
a=1ª porta sata ou ide, b=2ª porta sata ou ide, etc
y -> um número, 1, 2, 3, etc que representa as partições ou sistemas de arquivos contidos na mídia do dispositivo. 1 primeira partição, 2 segunda partição, etc

obs: o objeto a ser verificado tambem pode ser representado pelo seu UUID (Identificador Único Universal ou n° de série do volume) ou pelo seu rótulo (label).

Fsck, até o momento, apenas detecta e corrige erros lógicos nos sistemas de arquivos e marca blocos defeituosos, não faz qualquer tipo de otimização, por ex., desfragmentação.









Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts