Ubuntu MATE

MATE Ubuntu MATE

Estamos utilizando uma VM do Ubuntu no meu curso. Aproveitei para dar uma personalizada no visual da minha. :D

[ 751 hits ]

Publicado em: 22/02/2014

Enviado por Leandro Nkz




  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 22/02/2014 - 18:54h

puts 91 MHz o processador?

[2] Comentário enviado por leandro em 22/02/2014 - 19:16h


[1] Comentário enviado por kaizerw em 22/02/2014 - 18:54h:

puts 91 MHz o processador?


Estranho! 0.o
Deve ser algo da virtualização. Chequei agora e mudou para 328 MHz.
O normal (na máquina host) é 2195 MHz.

Apesar disso, a VM não apresenta tantos problemas de execução. Consegui até instalar e rodar alguns efeitos do Compiz, rsrs.
Abraço.

[3] Comentário enviado por clodoaldops em 22/02/2014 - 19:28h

MATE é muito bom. Adotei no magei-4-kde instalado no meu netbook

[4] Comentário enviado por leandro em 22/02/2014 - 19:48h

É a primeira vez que uso o MATE e gostei muito. Não conflita com o Unity (que fiz questão de remover para diminuir o tamanho da VM, rs) e flui muito bem.
Não tive nenhuma dificuldade de personalizá-lo, pois já usei muito o GNOME 2. Até os efeitos do Compiz executaram sem problema nenhum (tirando os engasgos do meu sofrido processador, rsrs).

[5] Comentário enviado por bilufe em 25/02/2014 - 08:12h


[4] Comentário enviado por leandro em 22/02/2014 - 19:48h:

É a primeira vez que uso o MATE e gostei muito. Não conflita com o Unity (que fiz questão de remover para diminuir o tamanho da VM, rs) e flui muito bem.
Não tive nenhuma dificuldade de personalizá-lo, pois já usei muito o GNOME 2. Até os efeitos do Compiz executaram sem problema nenhum (tirando os engasgos do meu sofrido processador, rsrs).


Você conseguiu fazer o que muita gente não sabe e por isso baixa uma refisefuqui inteira para ter o mesmo resultado!

[6] Comentário enviado por leandro em 25/02/2014 - 16:24h


[5] Comentário enviado por bilufe em 25/02/2014 - 08:12h:

Você conseguiu fazer o que muita gente não sabe e por isso baixa uma refisefuqui inteira para ter o mesmo resultado!


Pois é. Este é um dos motivos de eu não ter usado o Linux Mint (ou outras derivadas do Ubuntu) até hoje. Mesmo porquê, a parte que mais gosto ao instalar uma nova distro é a personalização. Como em distros out-of-box não se tem muito o que fazer acabo enjoando rápido.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts