Ghost BSD

MATE Ghost BSD

Resolvi tirar um tempo pra testar o tão aclamado Ghost BSD, e de fato, um BSD bastante agradável, com tudo out-of-the-box, rápido, bonito e usável. Nada tão diferente de um Linux Mint com MATE.

[ 740 hits ]

Publicado em: 19/02/2018

Enviado por Matt W. Neis




  

Comentários
[1] Comentário enviado por Matty em 18/02/2018 - 12:21h

Continuando: Por uns segundos nem sequer percebi que estava utilizando um BSD. Ele usa o OctoPkg para gerenciar pacotes graficamente, também pode se usar o terminal para fazer o mesmo usando o pkg. Tudo muito fluido, ele é baseado no FreeBSD.

[2] Comentário enviado por slblxs em 19/02/2018 - 11:35h


[1] Comentário enviado por matiaspranto em 18/02/2018 - 12:21h

Continuando: Por uns segundos nem sequer percebi que estava utilizando um BSD. Ele usa o OctoPkg para gerenciar pacotes graficamente, também pode se usar o terminal para fazer o mesmo usando o pkg. Tudo muito fluido, ele é baseado no FreeBSD.


Qual a versão do Mate?

[3] Comentário enviado por Matty em 20/02/2018 - 05:38h


[2] Comentário enviado por slblxs em 19/02/2018 - 11:35h


[1] Comentário enviado por matiaspranto em 18/02/2018 - 12:21h

Continuando: Por uns segundos nem sequer percebi que estava utilizando um BSD. Ele usa o OctoPkg para gerenciar pacotes graficamente, também pode se usar o terminal para fazer o mesmo usando o pkg. Tudo muito fluido, ele é baseado no FreeBSD.


Qual a versão do Mate?


1.18.0


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts