Corrigindo o GNOME

Gnome Corrigindo o GNOME

"Corrigi" o GNOME para o meu uso.

[ 1.024 hits ]

Publicado em: 15/07/2022

Enviado por Xerxes




  

Comentários
[1] Comentário enviado por xerxeslins em 15/07/2022 - 11:44h


Muita pretensão falar que eu corrigi algo, mas tenho que explicar.

Acho o GNOME bonito, mas algumas coisas eu não gosto.

O Overview, por exemplo, é enjoativo e um passo desnecessário no processo de selecionar aplicativos que estão rodando.

Uma forma de "corrigir" isso é com a extensão "Dash to PANEL":

https://github.com/home-sweet-gnome/dash-to-panel

E coloquei o painel na parte superior.

A maioria dos menus dos aplicativos ficam na parte superior.

Então, com o painel dos aplicativos na parte superior, eu acabo fazendo menos movimento de mouse.

Basicamente o mouse vai ser mais usado no primeiro quarto da tela. Que destaquei em vermelho.

Além disso, sem precisar do OVERVIEW, um passo desnecessário.

Só preciso olhar o aplicativo em execução e clicar. O mesmo para as áreas de trabalho.



--
Chega uma hora na vida que você só quer bater o prego e não perder tempo estudando a ciência da construção de um martelo.

[2] Comentário enviado por maurixnovatrento em 15/07/2022 - 20:27h


Ficou bom.

___________________________________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/mxnt10

[3] Comentário enviado por Delusion em 15/07/2022 - 21:18h

mas, se pensar bem, não seria o mesmo que usar o cinnamon?

[4] Comentário enviado por xerxeslins em 16/07/2022 - 19:41h


[3] Comentário enviado por Delusion em 15/07/2022 - 21:18h

mas, se pensar bem, não seria o mesmo que usar o cinnamon?


Seria. Mas Cinnamon não tem Wayland.

[5] Comentário enviado por removido em 18/07/2022 - 11:13h

O GNOME é bonito, porém sinto que o projeto se perdeu, não há alinhamento com nada novo, original. Uma prova disso é a "grande" mudança na versão 40, onde a princípio, parece ser apenas uma mudança para seguir tendências do mundo Apple, pois a Dock ficou idêntica ao do macOS, inclusive com a inclusão de "aplicativos recentes".

Outra extensão necessária, é o "appindicator". O GNOME removeu essa feature pois não se enquadrava no design do projeto, entretanto, aplicativos que rodam em background como dropbox, mega, discord, entre outros, ficam perdidos sem essa extensão.

Inclusive, o Docker Desktop exige que essa extensão seja instalada, caso contrário, o funcionamento do aplicativo no GNOME fica todo zoado.

[6] Comentário enviado por xerxeslins em 18/07/2022 - 13:51h


[5] Comentário enviado por ru4n em 18/07/2022 - 11:13h

O GNOME é bonito, porém sinto que o projeto se perdeu, não há alinhamento com nada novo, original. Uma prova disso é a "grande" mudança na versão 40, onde a princípio, parece ser apenas uma mudança para seguir tendências do mundo Apple, pois a Dock ficou idêntica ao do macOS, inclusive com a inclusão de "aplicativos recentes".

Outra extensão necessária, é o "appindicator". O GNOME removeu essa feature pois não se enquadrava no design do projeto, entretanto, aplicativos que rodam em background como dropbox, mega, discord, entre outros, ficam perdidos sem essa extensão.

Inclusive, o Docker Desktop exige que essa extensão seja instalada, caso contrário, o funcionamento do aplicativo no GNOME fica todo zoado.


Concordo.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts