Utilizando abas no Vim

Publicado por Sandro Marcell em 11/01/2011

[ Hits: 15.080 ]

Blog: http://sanmarcell.wordpress.com

 


Utilizando abas no Vim



Dentre as inúmeras características que tornam o Vim tão excepcional, está a possibilidade de se editar vários arquivos simultâneos por meio de abas. Isso mesmo, abas! No melhor estilo Opera, Firefox etc. Duvida? Então veja a imagem abaixo:
Linux: Utilizando abas no Vim
Viu! Inicialmente você pode executar o Vim da seguinte forma:

vim -p arquivo1 arquivo2 arquivo3 ... arquivoN

Porém também é possível executar o Vim normalmente e, em modo de comando, abrir novas abas conforme necessário, com a seguinte sintaxe:

:tabnew <ARQUIVO>
ou
:tabedit <ARQUIVO>

Para navegar pelas abas abertas use:

# Avança para a próxima aba ou para uma especifica conforme VALOR
:tabnext <VALOR>

# Volta para a aba anterior ou para uma especifica conforme VALOR
:tabprevious <VALOR>

# Pula para a última aba
:tablast

# Retorna para a primeira aba
:tabfirst

Há outros comandos:

# Fecha a aba corrente
:tabclose

# Fecha todas as abas, exceto a atual
:tabonly

# Abre o arquivo que casar com o PADRÃO numa nova aba
:tabfind <PADRÃO>

# Move a aba corrente para posição anterior ao da aba especificada em VALOR
:tabmove <VALOR>

Bem, isso é apenas uma pequena amostra do uso de abas no Vim. Para um entendimento completo vide a documentação relacionada:

:help tabpage

O Vim é tão legal que, ao invés da necessidade de se decorar todos esses comandos, ele permite que você possa simplesmente mapeá-los através de atalhos do teclado!

Exemplo simples:

# 'Ctrl+t' abre uma nova aba
nmap <C-t> :tabnew<CR>

# 'Ctrl+PageUp' pula para próxima aba *
nmap <C-PageUp> :tabnext<CR>

# 'Ctrl+PageDown' volta para aba anterior *
nmap <C-PageDown> :tabprevious<CR>

# 'Ctrl+e' fecha a aba corrente
nmap <C-e> :tabclose<CR>

* A partir da versão 7.x o Vim já vem com algumas teclas de atalho pré-definidas.

Mais informações? Consulte documentação do Vim no próprio Vim!

:help

Falou!!! ;)

Outras dicas deste autor

Copiar e colar no XTerm

CGI + Shell Script: gerando listagem de IPs disponíveis em sua rede

Tocando CDs de áudio via cdda2wav

Substituir espaços em branco por underlines em nome de arquivos

Man pages coloridas

Leitura recomendada

Escutando CDs no XMMS

APT-MIRROR no Debian Jessie 64-Bits - Repositório Local

Repositório Kernel 2.6 para RedHat 9

Usando vários mirrors no slackpkg

Atualizar para Windows 10 com GNU/Linux instalado (dual boot)

  

Comentários
[1] Comentário enviado por /bin/laden em 19/01/2011 - 12:23h

Legal!

[2] Comentário enviado por kabalido em 19/01/2011 - 15:31h

Muito legal cara. Eu que achava que já sabia muita coisa do VIM, afinal tinha muita coisa que eu não sabia(como essa de abas). Hehehhe
Muito útil essa dica.

Valeu mesmo.

[3] Comentário enviado por SMarcell em 21/01/2011 - 09:51h

Realmente o Vim é fantástico! possui características excepcionais...

[4] Comentário enviado por derfops em 22/01/2011 - 04:09h

Não sabia essa do :tabnew

Valeu!

[5] Comentário enviado por mrtuxys em 24/01/2011 - 19:00h

Boa SMarcell.
O vim é o editor em modo texto que eu mais gosto e confesso que não conhecia essa opções.
Parabéns.
+Favoritos.
Até mais.

[6] Comentário enviado por izaias em 08/10/2013 - 00:07h

VLW Marcel.

Ajudou muito!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts