Servidor Jabber rapidinho do Debian 4.0 Linux

Publicado por Nelson Oliveira em 27/11/2008

[ Hits: 13.651 ]

 


Servidor Jabber rapidinho do Debian 4.0 Linux



O Jabber é um servidor de Instant Messenger que utiliza protocolo XMPP. Funciona como um roteador para conteúdo formatado em XML e pode atuar como um servidor interno para uma empresa e fazer conexão com serviços públicos de Instant Messenger.

O objetivo desse tutorial é subir um serviço desse tipo de forma rápida e funcional.

Servidor Jabber

Instalação do Jabber no servidor Debian 4.0 Linux:

Via aptitude ou apt-get, instalar pacote jabber e suas dependências:

# apt-get install jabber

(este comando na linha de comando como root deve funcionar)

Editar arquivo /etc/jabber/jabber.xml;

Alterar a entrada HOSTNAME para o nome da máquina e salvar arquivo;

Reiniciar o Jabber com:

# /etc/init.d/jabber restart

Clientes Jabber

Para Linux e Windows: Pidgin

Instalar PIDGIN:

# apt-get install pidgin

Adicionar uma conta do tipo XMPP (protocolo do Jabber);

Escolha:
  • Nome de usuário (nome de usuário da escolha do usuário);
  • Domínio (nome do servidor Jabber - o nome tem que responder ao ping pelo nome para funcionar);
  • Recurso (pode deixar como "Home" mesmo, conforme a sugestão do PIDGIN);
  • Senha (escolha a senha do usuário);
  • Apelido local (escolha o apelido local - pode ser igual ao nome de usuário).

Por fim, selecione o campo "criar esta conta no servidor" (para a criação da conta).

Siga os passos que surgirem na tela e pronto. Seu usuário está pronto pra usar!

PS Linux: Se o nome do HOST (que está no /etc/jabber/jabber.xml do servidor) não responder ao PING, ele deve ser inserido no arquivo /etc/hosts.

PS Windows: Se o nome do HOST (que está no /etc/jabber/jabber.xml do servidor) não responder ao PING, ele deve ser inserido no arquivo c:\windows\system32\etc\hosts.

Criei este tutorial pois já havia feito isso anteriormente e havia esquecido como. Precisei de outra tarde inteira pra relembrar como deveria fazer.

Conclusão: Melhor documentar e dividir com a galera, né? Afinal, sempre acho ajuda aqui no Viva o Linux. Porque não retribuir?

Espero que este texto seja útil para alguém.

Até a próxima.

Outras dicas deste autor

Ativando os links do aMule no Firefox

Ajustando a resolução do X para ser exibido na TV

Leitura recomendada

openSUSE Leap 42.1 - 6 dicas de pós-instalação

Configuração do VMware no Fedora Core 5

Symfony - Introdução ao framework

How To: Configurar proxy web em servidor Debian

Instalando o XFCE no Debian 5.0 (Lenny) em modo texto

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts