Screenshot com MAIM - Um programa simples, leve e ideal para WMs

Publicado por Giovanni M em 03/12/2019

[ Hits: 600 ]

 


Screenshot com MAIM - Um programa simples, leve e ideal para WMs



Apesar de ter excelentes opções de programas para captura de tela, como o Flameshot, o MAIM se torna uma alternativa para quem gosta do mínimo de programas e suas dependências rodando no sistema, consumindo o mínimo de RAM possível. Vamos ao que interessa!

Você vai precisar do MAIM e do SLOP, este último é um programa complementar. As configurações abaixo foram testadas no Void Linux e para a instalação no sistema, use o seguinte comando:

sudo xbps-install maim slop

O MAIM tem muitas opções, basta olhar o manual com o comando:

man maim

Vou focar a atenção em 2 opções básicas, screenshot de tela cheia e screenshot por seleção de área.

Screen De Tela Cheia

maim -u /home/user/Imagens/$(date +%d-%m-%y-%H:%M:%S)-SCREEN.png

Observe os parâmetros destacados em negrito:
  • -u → Não capturar o ponteiro do mouse
  • (date +%d-%m-%y-%H:%M:%S) → Salva a imagem com data/hora-segundos, seguido de screen.png

Um detalhe, em teoria, pode alterar a data mas não recomendo que faça modificações no parâmetro "hora-segundos", caso contrário, você teria screenshots com o mesmo nome, o que acabaria por sobrescrever o arquivo antigo, a menos que você use uma solução própria, como um script ou algo similar. Não altere esses campos do comando, como meio obvio, /home/user/Imagens/ é o local onde os screens vão ser salvos.

Screen por Seleção de Área

maim -s /home/user/Imagens/$(date +%d-%m-%y-%H:%M:%S)-SCREEN.png

-s → Essa opção faz com que um quadro de seleção apareça na tela, para selecionar a área a ser salva.

Bônus

Emita uma notificação usando as notificações do sistema, você precisa ter uma aplicação própria para isso, como o Mate-Notification, XFCE4-notifyd etc.

maim -u /home/user/Imagens/$(date +%d-%m-%y-%H:%M:%S)-SCREEN.png && notify-send -i /home/user/.fluxbox/salvo.png -t 6500 "Printscreen Salvo" "O arquivo foi salvo em /home/user/Imagens!"

&& notify-send -i → Emite uma mensagem acompanhada de uma imagem usando o parâmetro "-i", não é obrigatório usar uma imagem, tenho uma imagem de seta salva dentro do diretório do Fluxbox.

Onde:
  • /home/user/.fluxbox/salvo.png → Endereço da imagem.
  • -t 6500 → Tempo de duração da mensagem em milissegundos.
  • "Printscreen Salvo" → Primeira linha da mensagem em letra maior.
  • "O arquivo foi salvo em /home/user/Imagens!" → Segunda linha da mensagem em letra menor.

Eis o resultado:
Linux: Screenshot com MAIM, uma programa simples, leve e ideal para wm's
Para facilitar ainda mais, editei o arquivo de configurações do Fluxbox, com:
  • Print → ExecCommand maim -u /home/user/Imagens/$(date +%d-%m-%y-%H:%M:%S)-SCREEN.png && notify-send -i /home/usuario/.fluxbox/salvo.png -t 6500 "Printscreen Salvo" "O arquivo foi salvo em /home/user/Imagens!"
  • F12 → ExecCommand maim -s /home/usuario/Imagens/$(date +%d-%m-%y-%H:%M:%S)-SCREEN.png && notify-send -i /home/usuario/.fluxbox/salvo.png -t 6500 "Printscreen Salvo" "O arquivo foi salvo em /home/user/Imagens!"

Basta um clique nas teclas e pronto, print salvo no respectivo diretório.

Outras dicas deste autor

Instalando o XFCE mínimo

Problema de Tearing no Chip Gráfico do Intel Skylake [Resolvido]

Script para instalação do Fluxbox no Void Linux

Gerenciando abas no Chrome/Chromium com XTABS

Usando o VLC para visualizar imagens de webcam em WM

Leitura recomendada

Desktop 3D no Mandriva com Beryl + placa Nvidia

Como colocar som e alerta no aMSN Linux

Anjuta 1.2.4 e Ubuntu Edgy: Sim, é possível

Configuração do VIM no Slackware 10.1 em dois passos

Meu servidor Conectiva Linux se conecta, mas não encontra sites na Internet

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Tio_do_Toldo em 04/12/2019 - 21:14h

Não desmerecendo a dica do nosso querido Giovanni, mas para mim não compensa ter que decorar comandinho por aplicativos "bobos" tipo player de música, torrent, editor de texto, captura de tela e principalmente configurações do sistema (personalizar WM, ajuste de aplicativos, etc). Eu já fui desses caras que tinha que ser tudo do mais minimalista possível, só na CLI e os carai, mas não vale o esforço.

O pouco de memória que se economiza não vale a perca de tempo. Não estamos mais na era dos disquetes para escovar tantos bits.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts