Samba - modo simples

Publicado por igor em 23/05/2008

[ Hits: 8.358 ]

 


Samba - modo simples



Uso Fedora.

Olá pessoal estou aqui para facilitar a vida de muita gente com o meu estilo de Samba.

1º Passo

Verificar se o Samba está instalado:

$ rpm -q samba

2º Passo

Adicionar o grupo:

# addgroup samba

3º Passo

Adicionar os usuários e já adicionar no grupo.

Obs.: "teste" é o nome do usuário, "samba" o nome do grupo.

# adduser -g samba -c teste -s /bin/false teste

Lembrando se for fazer samba no domínio devemos adicionar o nome das máquinas. Toda adição de máquina tem que ter no final do nome da máquina o símbolo $.

# adduser maquina$

4º Passo

Adicionar os usuários no samba:

# smbpasswd -a teste

Lembrando que se for domínio, temos que adicionar as máquinas, então:

# smbpasswd -am maquina$

5º Passo

Vamos criar agora as pastas para serem compartilhadas.

# mkdir /home/dados
# mkdir /home/netlogon


Caso você queira inserir uma impressora no samba, também deverá criar os devidos diretórios para que ele funcione.

# mkdir /tmp/spool
# mkdir /tmp/spool/<nome_do_compartilhamento_da_impressora>


Agora temos que dar as permissões para as pastas:

# chmod 770 /home/dados
# chgrp samba /home/dados
# chmod 750 /home/netlogon
# chgrp samba /home/netlogon
# chmod 750 /tmp/spool
# chgrp samba /tmp/spool


6º Passo

Agora vamos criar o arquivo logon.bat que irá fazer o mapeamento das letras da unidade. Dentro da pasta netlogon iremos dar o comando:

# vi logon.bat

Logo dentro do logon.bat as seguintes linhas:

net use f : /delete
net use f: \\nome_da_sua_maquina.seu_dominio.com.br\dados

7º Passo

Agora a configuração do smb.conf. Que fica dentro da pasta /etc/samba e é só copiar este artigo para dentro do smb.conf:

smb.conf

#
#
# CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA
#
#
#######################################
#
# CONFIGURAÇÕES DO DOMÍNIO
#
#######################################


[global]

# Nome do domínio ou grupo de trabalho
workgroup = Grupo_ou_Domínio

# Descrição do servidor
server string = Nome_do_seu_Servidor

# Redes liberadas para acessar o servidor
hosts allow = 192.168.4. 192.168.2. 127.

# configuração do serviço de impressão
printcap name = /etc/printcap

# Habilita o carregamento de impressoras no servidor
load printers = yes

# Driver de impressão, podemos usar outros como o CUPS
printing = lprng

# Arquivo de log       --> %m - nome da máquina
log file = /var/log/samba/%m.log

# Tamanho do arquivo de Log
max log size = 50

# Nível de depuração do log ( De 0 a 5 )
debug level = 3

# Tipo de segurança usada. Existem outros tipos de segurança
# como por compartilhamento (share) e por domínio (domain)
# as permissões são dadas de acordo com o login do usuário, ou através dos grupos

security = user

# As senhas serão criptografadas (Não usado para Windows 95)
encrypt passwords = yes

# Arquivo de senhas do samba
smb passwd file = /etc/samba/smbpasswd

# Parâmetros para o funcionamento da alteração de senha através
# do Windows

unix password sync = yes
passwd program = /usr/bin/passwd %u
passwd chat = *New*password* %nn *Retype*new*password* %nn *passwd:*all*authentication*tokens*updated*successfully*

# opções para melhorar o desempenho do servidor na rede (default)
socket options = IPTOS_LOWDELAY TCP_NODELAY SO_RCVBUF=8192 SO_SNDBUF=8192

# Parâmetros que determinam se o servidor sera um PDC
# ou usara a organização simples de Grupo
#
# Os parâmetros setados com 'YES' juntamente com o 'os level=99' fazem
# com que o servidor trabalhe como PDC, caso queira que ele trabalhe
# com o compartilhamento simples de arquivo (Grupo) altere os parâmetros
# para 'NO' e coloque o parâmetro 'os level=22'

os level = 99
local master = yes
domain master = true
preferred master = true
domain logons = yes

# Seqüência de resolução de nome
name resolve order = wins lmhosts

# Script de Logon
logon script = logon.bat

# Letra de unidade a ser mapeada para cada usuário
logon drive = g:

# Habilita o SAMBA a suportar o serviço de WINS
wins support = yes

# Faz os diretórios herdarem as permissões da pasta mãe
inherit permissions = yes

#Adicionando estacoes automaticamente
add machine script = adduser %m$; smbpasswd -am %m


#############################################
#
#CONFIGURAÇÕES DOS COMPARTILHAMENTOS
#
#############################################

# Compartilhamento pessoal dos usuários
[homes]
    comment = Diretório pessoal dos users
    browseable = no
    writable = yes

# Compartilhamento responsável pelos scripts de logon
[netlogon]
    comment = Network Logon Service
    path = /home/netlogon
    guest ok = yes
    writable = no
    share modes = no

# Compartilhamento geral
[dados]
    comment = Pasta de trabalho do grupo
    path = /home/dados
    write list = @samba,@admin
    read list = @root,
    public = no
    writable = yes
    browseable = yes

#############################################
#
# CONFIGURAÇÕES DAS IMPRESSORAS
#
#############################################


[printers]
    comment = Impressoras Linux
    path = /var/spool/samba
    public = yes
    browseable = yes
    printable = yes
    read only = yes

[hp692c]
    comment = HP Deskjet 692C
    print command = /usr/bin/lpr -r %s
    public = yes
    path = /tmp/spool/hp692c
    printer = hp692c
    printable = yes

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Escolhendo o melhor servidor de atualização do Ubuntu

E-book sobre Ubuntu 12.04

DhcpWeb 2.0

Recuperando o GRUB

what(): locale::facet::_S_create_c_locale name not valid

  

Comentários
[1] Comentário enviado por edirlf em 24/05/2008 - 18:30h

gostei do artigo. assim que puder vou tentar.
Parabéns.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts