Rodar cygwin pelo wine no Ubuntu

Publicado por Perfil removido em 26/04/2011

[ Hits: 6.465 ]

 


Rodar cygwin pelo wine no Ubuntu



O cygwin é um programa quebra galho que roda nos sistemas operacionais Windows (do Windows NT para frente) e no ReactOS e funciona como uma "camada de software" que emula o Linux dentro do Windows.

Assim, você pode rodar seus programas como o sed, grep, super tux e até programas do Gnome dentro do Windows sem nenhum problema e, raramente, com alguns bugs corrigíveis.

Essa dica irá mostrar como você pode rodar o cygwin dentro do wine sem nenhum problema. Eu só testei isso no Ubuntu, não sei se irá funcionar em outras distros (99% de chance que funcione também).

Não me pergunte por que você vai rodar o cygwin dentro do wine, isso é só uma dica para os curiosos.

Para começar, você vai precisar baixar o arquivo setup.exe no site do cygwin. Esse executável cria uma pasta dentro do drive C: chamada cygwin (C:\cygwin), e dentro dela, cria o ambiente virtual do Linux, com as sub-pastas /bin, /lib, /var, /etc, além de outras, cria o arquivo cygwin.bat, que executa o ambiente virtual. Eis o site do programa:
Porém, há um pequeno erro. O arquivo setup.exe não funciona no wine, pois apresenta alguns erros quanto o download dos programas básicos (sed, grep, bash, man etc). Assim, você deve executar o setup.exe em uma máquina com o Windows ou ReactOS já instalado (ou em uma máquina virtual) e depois devolvê-lo ao seu computador com Ubuntu.

Após criar o ambiente do cygwin pelo setup.exe, copie a pasta criada para um pendrive e plugue-o numa máquina com Ubuntu. Copie essa pasta em qualquer lugar.

Após copiado:

Vá num terminal e siga os seguintes passos:

1. Execute o prompt de comando do wine, o comando a seguir faz isso:

wineconsole cmd

2. Dentro do wineconsole, verifique se o prompt começa com "Z:" (Z:\home\usuário>, por exemplo), se não estiver, faça o seguinte comando:

Z:

3. Depois de estar dentro do drive Z: (a pasta raiz do Linux), você deve mudar a pasta local para a pasta bin, dentro da pasta cygwin. Por exemplo, se você copiou a pasta do seu pendrive para sua o diretório /media/sda2/cygwin, você deve fazer o seguinte comando:

cd Z:\media\sda2\cygwin\bin

4. Depois, execute o bash do cygwin com o seguinte comando:

bash --login -i

Divirta-se!

Erro comum:

O cygwin, acusa que você não tem o arquivo /dev/null, se isso acontecer, vá no terminal do wine, com o seguinte comando:

wineconsole cmd

E crie o arquivo null com o seguinte comando:

dir > null

Depois entre no cygwin e copie o arquivo null criado anteriormente para a pasta /dev.

Outras dicas deste autor

Renomeando arquivos "Codificação Inválida" e um Bônus

Organizando as tralhas

Gerador automático de menus para o FluxBox

Vídeo aula: utilizando o bugmenot

Gravar e ler NTFS no Ubuntu Feisty 7.04

Leitura recomendada

Acelerando o YUM

Gtk-gnutella parou de funcionar no Kurumin 6.1 (solução)

Removendo o painel do KDE 4

Epsxe no Linux

Lista de discussão sobre a certificação LPI (Linux Professional Institute)

  

Comentários
[1] Comentário enviado por rogeriojlle em 26/04/2011 - 20:18h

ainda não entendi o porque ...
a cara vai, vira win, pra de lá se parecer com lin?
em que situação essa solução teve de se adotada?

[2] Comentário enviado por removido em 26/04/2011 - 21:05h

Eu tenho que usar o PC dos meus amigos ou da escola aí eu sempre tenho o cygwin no pendrive, mas quando eu deixo alguma coisa dentro do cygwin, e devo usá-la, não tenho windows em casa para rodar o cygwin só para pegar uma coisinha que eu quero, aí rodo ele pelo wine

[3] Comentário enviado por [email protected] em 27/04/2011 - 00:35h

Bom, entendi a serventia de usar o cygwin no wine: acesso a arquivos...
Já usei o cygwin, um ótimo quebra galho...
Na época, só no windows...
Valeu a dica!

[4] Comentário enviado por jborda em 27/04/2011 - 09:32h

Uso o Cygwin diariamente aqui no meu serviço(já que tenho que usar windows), uso e recomendo... queria eu ter que rodar o cygwin via wine... hehehe

[5] Comentário enviado por killerbean em 28/04/2011 - 10:13h

Cygwin pelo wine; não faz sentido . . . . .

[6] Comentário enviado por tiekookeit em 28/04/2011 - 13:27h

ja ouviu falar em chroot? não seria mais interessante??



Contribuir com comentário