Rodando aquele DVD que você salvou como ISO

Publicado por andre em 18/01/2010

[ Hits: 10.783 ]

 


Rodando aquele DVD que você salvou como ISO



Galera, aqui vai uma dica simples para quem veio do Windows.

Quando eu usava Windows, costumava arquivar meus filmes em imagem ISO pois ficava mais fácil para assistir e fazer cópia. Quando queria assistí-los, emulava-os com programas "ultraiso" etc.

Quando comecei a usar Linux não sabia como fazê-lo e de repente descobri como é simples, mais até que no Windows. Com o dragonplayer instalado, abra-o clicando na aba onde está escrito "reproduzir arquivos". Navegue atá a pasta onde esta arquivado sua imagem ISO e pronto! Já está rodando, sem precisar mais nada, basta assistir seus filmes.

Boa sorte e viva o Linux!
Outras dicas deste autor

Instalando VirtualBox 4.1 no Ubuntu 11.10

TeamViewer nativo para Linux

Instalando driver wireless Broadcom BCM4312 no Fedora 16

Controle de músicas na barra do Gnome

Configurando o Orca no Ubuntu 10.04

Leitura recomendada

NTLM no Apache passo-a-passo

Instalando o Spark IM no Ubuntu

Instalando aMSN 0.98 (svn) no Ubuntu 7.10

Avidemux QT5 no Ubuntu 20.04

LightSquid no CentOS 6.4

  

Comentários
[1] Comentário enviado por isaque_alves em 18/01/2010 - 19:59h

Na verdade, o próprio VLC suporta execução de arquivos de mídia em formato .iso.
Basta acessar o menu Arquivo ou File e a opção 'Abrir' ou open...
Selecionando o arquivo iso, o vlc vai executar sem maiores incômodos.

[2] Comentário enviado por superlinux-br em 18/01/2010 - 20:23h

Mesmo dividindo as ISOS como faço sempre,o VLC reconhe até mesmo os menus desses arquivos e para ver as isso antes de dividir uso kaffeine as vezes uso o vlc que excelente tambem.

[3] Comentário enviado por albfneto em 18/01/2010 - 20:42h

sim, é legal.
na realidade vários players reproduzem, não só o VLC e o dragon.
em algumas distros, é só colocar a ISO do filme e começa a reproduzir automático...

[4] Comentário enviado por leovailati em 18/01/2010 - 20:54h

Eu faço assim:

# mount -o loop /diretório/do/arquivo.iso /diretório/para/montar

Lembrando que o diretório deve ser criado primeiro (# mkdir /diretório/para/montar) - o mais comum é usar algo como /mnt/disk ou /media/disk ou /media/iso, mas qualquer diretório já criado pode ser usado.

Importante frisar que o mount deve ser executado como root e que para desmontar basta: # umount /diretório/para/montar

Apropósito, para fazer imagens iso: cat /dev/cdrom > /diretório/do/arquivo.iso


Abraço

[5] Comentário enviado por tatuiano em 20/01/2010 - 22:51h

e assim vamos aprendendo...por isso que gosto do linux sempre aprendemos coisas novas.
valeu galera

[6] Comentário enviado por doradu em 24/02/2010 - 13:47h

taí q num sabia, vou testar

[7] Comentário enviado por julio.ferraz em 20/08/2012 - 07:45h

Camarada!
Bom dia!
Salvou minha vida!
Até porque eu não conhecia,. e porque preciso assistir aulas de inglês por meio..então foi excelente!!!!! Obrigado!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts