Resolvendo problemas com o gtk-config em scripts antigos

Publicado por Eduardo em 21/07/2007

[ Hits: 8.928 ]

 


Resolvendo problemas com o gtk-config em scripts antigos



Alguns scripts de "configure" antigos fazem referência a um programa chamado gtk-config para testar a configuração GTK. Esse arquivo é um script que retorna os parâmetros necessários para compilar um programa GTK.

O problema é que a partir do GTK-2.0 não se usa mais o arquivo gtk-config e passou-se a usar o pkg-config. Por isso os configures mais antigos retornam o seguinte erro:

checking for gtk-config... no
checking for GTK - version >= 1.2.6... no
*** The gtk-config script installed by GTK could not be found
*** If GTK was installed in PREFIX, make sure PREFIX/bin is in
*** your path, or set the GTK_CONFIG environment variable to the
*** full path to gtk-config.
configure: error: Test for GTK failed.

Mesmo se tendo o GTK. Se você não tem disponível uma versão mais nova do programa e não quer instalar uma versão antiga do GTK no seu computador, uma solução é criar um script que traduza as chamadas de gtk-config para pkg-config. Um script bem simples que faz isso é o seguinte:

#!/bin/sh
if test -z $*; then
    args="--cflags --libs"
else
    args=$*
fi
if test "$1" == "--version"; then
    echo "2.10.13" #use a sua versão aqui
else
    pkg-config $args gtk+-2.0
fi

Digite em um terminal o comando:

# emacs /usr/bin/gtk-config

Cole o script acima no arquivo, salve, saia e digite:

# chmod +x /usr/bin/gtk-config

Pronto. Agora é só chamar o configure de novo e vai rodar belezinha.

Abraços.

Outras dicas deste autor

Ralink RT2570 no SuSE 9.x

Leitura recomendada

Criando Pontos de Restauração no Fedora

Protec - Desabilitando Screensaver ao assistir vídeos

Definindo o navegador padrão do Thunderbird 1.5

Ouvindo sua rádio Last.FM no Amarok

Instalando Formatador de Pendrives no Debian 8

  

Comentários
[1] Comentário enviado por utikawa em 17/01/2008 - 08:42h

Era isso que eu precisava, obrigado!
Eu só fiz algumas mudanças para funcionar no meu Ubuntu:

#!/bin/sh

if test -z $*; then
args="--cflags --libs"
else
args=$*
fi

if test "$1" = "--version"; then
args="--modversion"
fi

pkg-config $args gtk-dotnet-2.0

Um detalhe: agora está identificando a versão automaticamente! :-)



Contribuir com comentário