Prova de fogo do Linux

Publicado por Marcello Dantas em 02/01/2009

[ Hits: 6.334 ]

 


Prova de fogo do Linux



Estava eu, dia 24/12/08, matando o tempo na internet até dar 17h00 (faltavam menos de 10 minutos). Nesse mesmo dia, tinha salvado um arquivo importantíssimo no meu notebook, o qual estava ligado na tomada e sem bateria. Então ocorreu o inesperado...

Faltou energia, logo no final da tarde. Ato contínuo, peguei a bateria, encaixei-a e liguei o computador novamente, mas então... a checagem do HD na inicialização não estava sendo concluída, parava ao chegar em 90% da varredura, quando então o Linux carregou um shell de recuperação. Meu diretório /home fica numa outra partição (/dev/sda3), como recomendação de um amigo em caso - remotíssimo - de alguma falha corromper o sistema. O problema era que a falha era detectada justamente no sda3 - tanto o sda1 (swap) quanto o sda2 (sistema) completavam a varredura sem problemas.

Amaldiçoando a mim mesmo por não ter feito logo um backup no pendrive de um arquivo tão importante (coisa que não ia me tomar mais de 3 minutos) e também por ter apagado o e-mail no qual veio anexado, resolvi passar um fsck na partição problemática. Enquanto o fsck fazia o seu trabalho, me lembrei dos tempos no Windows, onde tinha o hábito de criar uma partição rotulada de DADOS, onde costumava guardar os meus arquivos, em decorrência de traumas por perder arquivos no Windows por mais de 1 vez. Não vou mentir: após quase 2 anos como usuário Linux, abandonei esse hábito em função da extrema estabilidade e segurança do sistema, mas se ainda o praticasse (no caso do Linux teria criado uma partição sda4), certamente teria salvo o arquivo na partição DADOS.

Então, veio-me a revolta: "porcaria de Linux, se eu desconfiasse de você como do Windows, teria me precavido melhor. Juro que se não conseguir recuperar esse arquivo, volto para o Windows - pelo menos nele, sei o que pode acontecer."

Nesse ínterim, o fsck me fez um monte de perguntas, cujas respostas seriam Y (yes) ou qualquer outra coisa. Y para todas. Erros corrigidos. Sistema reinicia normalmente. Consigo acessar TODOS os arquivos em sda3. Copio rapidamente o arquivo no meu pendrive. Quando chegar em casa com o notebook, também farei rapidamente um backup em CD.

Estou digitando este artigo no dia 26/12, pela manhã, e nem parece que o susto aconteceu. Já gravei o CD, e a lição que ficou foi esta: o Linux realmente é pau pra toda obra, seu sistema de arquivos é robusto e altamente eficiente. Linux, S.O. dos sonhos.

P.S.: alguns podem se perguntar - não era mais fácil ele pedir pra mandarem o e-mail com o arquivo de novo? Eis a resposta: entre tratar com certas pessoas e nadar num rio infestado de piranhas, é preferível nadar com as piranhas. ;-)

Abraços a todos, e um Feliz 2009!!!

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Squid: Personalizando o arquivo ERR_ACCESS_DENIED / ACESSO NEGADO

Instalando e configurando o KDE 4.2 no Slackware 12.2

Problemas com PATH ao executar comandos com su

Solução para problemas com Déjà Dup (cópia de segurança)

O comando info

  

Comentários
[1] Comentário enviado por nickolback em 02/01/2009 - 10:32h

Que sorte!
Tenha mais fé no Linux meu filho:
"porcaria de Linux, se eu desconfiasse de você como do Windows, teria me precavido melhor. Juro que se não conseguir recuperar esse arquivo, volto para o Windows - pelo menos nele, sei o que pode acontecer."

O que eu quero dizer é que passei pelo mesmo problema!
Foi apagado umas fotos no hd e não sabia como recupera-las
Obrigado!

[2] Comentário enviado por cvs em 02/01/2009 - 12:01h

bom, não vi nenhuma prova de fogo.
Dar problema em FS com queda de energia é normal... Voltar depois de passar o fsck também é normal.
Então acabo por não entender onde fica essa prova de fogo. Prova de fogo onde?

As vezes o que falta é fé... hehehehehe :D

[3] Comentário enviado por eldermarco em 02/01/2009 - 12:34h

Minha opinião: Você não deve confiar em nada. Isso não é religião. Como certa vez em vi num artigo do Guia do Hardware.. "Só Deus salva, o homem faz backup". Confie demais e em algum momento você vai ter uma enorme perda e não vai ser o Linux que vai te salvar.

Eu uma vez dei um rm -rf num link que apontava para uma partição de dados que eu compartilho com o Windows e em vez de apagar o link, o comando apagou a partição inteira junto com o meu trabalho que tinha escrito durante semanas e tinha que entregar dois dias depois. Só consegui recuperar aquilo via Windows. Isso depois de ter ficado sem durmir no dia e ter se lembrado que alguém tinha dito que o rm apagava fisicamente os arquivos do HD... sorte que isso não procedia. Mesmo assim, não consegui recuperar tudo. Alguns arquivos ficaram corrompidos e foi perda mesmo. O que eu queria era um arquivo texto do LaTeX e poderia recompilar e gerar novamente o pdf ( porque o original tinah sido corrompido). Então a lição que fica é: FAÇA SEMPRE BACKUP. LIÇÂO 2: CUIDADO COM O "rm -rf" !! =]

Abraços.

[4] Comentário enviado por bjaraujo em 02/01/2009 - 13:30h

A dica é ficar atento. Tenho hábito de entrar na partição para depois entar do diretório. Dei um 'cd /media/sda3' e esquecendo-me de mais um 'cd secreto' dei um 'shred -fuzn7 *' isso numa particão maior que 190GB entupida. Graças a Deus meu alerta do desconhecido foi acionado e apos uns 20seg cancelei o comando. Só danificou um arquivo de audio insignificante.

Um ótimo 2009 para todos vo6.

[5] Comentário enviado por mcnd2 em 02/01/2009 - 14:48h

Temos que ter CUIDADO.

Comigo já aconteceu de ter perdido toda a partição. E então o que me consolou, foi o porque de não ter criado o backup antes? Depois dessa perda e de outras anteriores fica um conselho para todos, crie uma partição para dados que não poderão ser perdidos (backup) e de a ela as permissões necessárias e boa sorte com o sistema e a falta de luz também, hehehe...

Feliz 2009 para todos...

[6] Comentário enviado por valdineisantos em 02/01/2009 - 20:26h

Bom 2009 a todos,

Sobre a tal prova de fogo que estava anúnciada .... bem não vi nada demais no linux fazer aquilo que promete lembre-se é linux não windows!

Para nosso amigo que nos comentarios pediu para tomar cuidado com o rm -rf, uma dica [esporro] isso não aconteceria caso estive usando uma conta de não administrador. Utilizar o sistema como root é uma falha :) isso já era para estar na mente de todos. http://www.bestlinux.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2856&Itemid=127

BACKUP para todo e qualquer conjunto de bytes que for importante para você faça backup em três locais diferentes... ou quatro ou .... (não precisa ser paranoico também).

Do mais cara muito bom ter experiencias boas com linux isso mostra que o sistema é parrudo e segura a onda dos usuários mesmo eles não andando certinho.

Abraços e bom 2009 a todos

[7] Comentário enviado por eldermarco em 02/01/2009 - 21:30h

Não, não valdineisantos. Eu não estava locado como root. A partição ao qual eu me referi era uma partição de arquivos que era compartilhada com o Windows e Linux e por isso tinha permissões de Leitura e escrita. Foi por isso que foi tudo pelas ares... =\

[]'s



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts