Otimizando Digitação no Terminal Bash

Publicado por Fábio Berbert de Paula em 03/04/2023

[ Hits: 1.031 ]

Blog: https://www.instagram.com/alexabolada/

 


Otimizando Digitação no Terminal Bash



Nesta dica, você aprenderá como usar o último argumento de um comando anterior no terminal bash para completar o comando atual. Isso pode ser útil para evitar a digitação repetitiva e tornar o trabalho no terminal mais eficiente.

Abra o terminal no seu sistema operacional. No Linux e macOS, geralmente é chamado de "Terminal". No Windows, você pode usar o "Windows Subsystem for Linux" (WSL) ou um emulador de terminal, como o Git Bash.

Para este exemplo, quero renomear o arquivo "schema-2023-04-03.sql" para "mariadb-schema-2023-04-03.sql". Vamos tentar usar o mínimo de digitação possível...

Execute o comando ls com o arquivo como argumento:

ls schema-2023-04-03.sql

DICA: use a tecla TAB para completar o nome do arquivo. Se você digitar "ls s" e pressionar TAB, o nome do arquivo será inserido automaticamente, caso não exista outros arquivos que se iniciem com a letra "s" no diretório.

A partir daqui, o nome schema-2023-04-03.sql está armazenado no histórico do terminal. Podemos acessá-lo usando a combinação de teclas "Esc ." ou "Alt .", economizando assim energia do teclado.

E agora o gran finale, vamos renomear o arquivo usando o último argumento do comando anterior:

mv <Esc> . mariadb-<Esc> .

Ou seja, digitei "mv", em seguida pressionei Esc e "." para inserir o último argumento do comando anterior no comando atual. Em seguida, digitei "mariadb-" e pressionei Esc e "." novamente para inserir o último argumento do comando anterior no comando atual. O resultado é o seguinte:

mv schema-2023-04-03.sql mariadb-schema-2023-04-03.sql

Neste exemplo economizamos um total de 38 teclas de digitação (21 + 21 - 4). Isso pode não parecer muito, mas se você fizer isso várias vezes por dia, pode economizar muito tempo.

Até a próxima!

Outras dicas deste autor

Converter vídeos para formato suportado no WhatsApp

Substituindo o sleep por um belo cronômetro regressivo

Vim - criando padrões personalizados de syntax highlight

MongoDB - adicionar um campo a todos os documentos de uma coleção

Mais um portal para a comunidade Linux

Leitura recomendada

Desligar o PC após concluir download (Chrome e Chromium)

Pacman colorido no Arch Linux

Tornando seus scripts amigáveis (executáveis)

Como excluir um determinado kernel no Ubuntu

Ativando o NUMLOCK na tty1 quando ligar o PC automaticamente

  

Comentários
[1] Comentário enviado por maurixnovatrento em 14/05/2023 - 23:01h


São dicas bem úteis.

___________________________________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/mxnt10



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts