Nada de sync ou BleachBit, limpe o cache do sistema de forma alternativa

Publicado por Lucas Alves Santos em 20/08/2015

[ Hits: 3.936 ]

 


Nada de sync ou BleachBit, limpe o cache do sistema de forma alternativa



Olá Linuxers.

Geralmente limpamos o cache do sistema com o BleachBit ou usando a função "sync" no terminal, porém na dica de hoje vou mostrar a vocês como limpar o cache de uma forma um pouco diferente, usando o "sysctl".

O que é cache do sistema?

Na área da computação, cache (também usado a grafia: cachet ou cachê, mas cuja pronúncia correta em inglês é KASH) é um dispositivo de acesso rápido, interno a um sistema, que serve de intermediário entre um operador de um processo e o dispositivo de armazenamento ao qual esse operador acede. (https://pt.wikipedia.org/wiki/Cache)

Limpando o cache com o "sysctl"

1. Antes de tudo, confira quanto de cache está sendo utilizado. Para isso rode o comando a seguir:

free -m

No resultado, veja que na aba "em cache" mostra a utilização do cache.

2. Como limpar?

Abra um emulador de terminal e rode os comandos a seguir para limpar o seu cache:

sudo su (vai solicitar sua senha)
# sync
# sysctl -w vm.drop_caches=3
# sysctl -w vm.drop_caches=0


Pronto! Seu cache já estará limpinho.

Outras dicas deste autor

Antivírus para Linux? Conheça 4 boas alternativas para seu pinguim

Fazendo o terminal mostrar asteriscos ao digitar senha

Como transformar a entrada de microfone em entrada para fone de ouvido

Para você que sente falta do famoso Daemon Tools, conheça e instale o Gmount-iso

Veja como instalar a mais nova versão do Metamorphose Linux, a 8.0.1 (Panther)

Leitura recomendada

Usando Portage em Sabayon Linux - Método Geral, Passo a Passo

Horário de verão em servidores Linux

Removendo opção inválida "KDE" da lista de sessões da tela de login do GDM

Criar mirror do CentOS (CentOS-BR.org)

Imprimindo em uma HP Laserjet 3030 conectada a um Jetdirect através linha de comando

  

Comentários
[1] Comentário enviado por J0taLinux_981 em 21/08/2015 - 02:02h

Valeu pela dica Lucas! No entanto, quanto digito o segundo valor aparece a mensagem:

escritorio-dsktp # sysctl -w vm.drop_caches=0
sysctl: chave de configuração "vm.drop_caches": Argumento inválido

O que pode ser ? Uso Mint 17.2 64 bits.

[2] Comentário enviado por bigbruno em 26/08/2015 - 18:03h

Uma coisa é uma coisa, outra coisa são outras coisas mais.

Os programas como bleachbit apagam arquivos de cache salvos em disco, o comando citado apaga a cache feita na memória RAM.

Por sinal, em geral apagar cache da memória RAM vai mostrar mais memória livre, porém o desempenho do sistema diminui, pois está em cache justamente pra acelerar o uso do sistema.

[3] Comentário enviado por erisrjr em 29/08/2015 - 16:19h


[2] Comentário enviado por bigbruno em 26/08/2015 - 18:03h

Uma coisa é uma coisa, outra coisa são outras coisas mais.

Os programas como bleachbit apagam arquivos de cache salvos em disco, o comando citado apaga a cache feita na memória RAM.

Por sinal, em geral apagar cache da memória RAM vai mostrar mais memória livre, porém o desempenho do sistema diminui, pois está em cache justamente pra acelerar o uso do sistema.


Isso mesmo, pessoal de desespera acreditando que esta com pouca memoria livre, quando na verdade esta fazendo um bom uso dela:

http://blog.hostdime.com.br/materias/tecnologia/ah-nao-o-linux-esta-comendo-minha-ram/



Contribuir com comentário