Localizar mirror apt com menor latência (Debian)

Publicado por Perfil removido em 23/10/2007

[ Hits: 7.323 ]

 


Localizar mirror apt com menor latência (Debian)



Releases da Debian como sarge, etch, lenny e sid contam com um aplicativo que tem como objetivo facilitar e otimizar a configuração do sources.list(5) para apt(8), o conhecido netselect-apt(1).

O que o netselect-apt(1) faz pra gente é popular um arquivo chamado sources.list no diretório corrente onde o aplicativo foi invocado. Tal arquivo pode ser, sem dificuldades e abalos, substituído pelo arquivo sources.list no diretório /etc/apt/ (responsável por indicar mirrors onde serão feitas consultas e downloads de pacotes via apt-get(8), por exemplo).

Para instalar o netselect-apt(1) não existe dificuldade. Via dpkg(8), apt-get(8), synaptic(8) ou aptitude(8), por exemplo, a instalação não apresenta peculiaridades. Veja abaixo:

# aptitude install netselect-apt

Neste ponto todas as dependências serão instaladas, corretamente trabalhadas pelo sistema e será fornecida a possibilidade de execução do netselect-apt(1).

Por padrão a chamada ao netselect-apt(1) só é permitida por super-usuários (ou a quem for dado o direito de execução via sudo, por exemplo). Esta característica pode ser alterada sem dificuldades informando que o mesmo será executado com bit de SUID habilitado utilizando o dpkg-reconfigure(8). Veja abaixo:

# dpkg-reconfigure netselect-apt

Bom, apenas invocando o netselect-apt(1) sem fornecer parâmetros ele fará o download, via wget(1), de uma lista de mirrors disponível no site oficial do projeto Debian (http://www.debian.org/mirrors/mirrors_full) e em seguida checará qual dos mirrors vai atender seu host com menor latência, populando, como comentado aqui, um arquivo no diretório corrente com o nome de sources.list. A release populada para updates será, por padrão, stable. Atualmente conhecida como Etch.

Por ironia a linha que habilita consulta no mirror de security para a release stable vem comentada. ;)

É interessante que você edite o arquivo para habilitar a consulta e possibilitar instalações de pacotes dos mirrors de security (exceto para releases como sid e experimental).

Utilizando um pouquinho do comodismo oferecido pelo netselect-apt(1) veja aqui um exemplo para obter pacotes da release lenny (testing):

# netselect-apt --sources --nonfree --ftp testing

Alterando o tipo de protocolo para FTP, habilitando consulta em mirrors que contém pacotes listados como non-free (tais como drivers de algumas placas wireless da intel, por exemplo) e possibilitando download de sources dos mirrors de consulta para a release lenny. Alterar a arquitetura também é possível se você informar após o parâmetro --arch qual arquitetura pretende utilizar. Isso impedirá checagens tolas a mirrors que não possuem pacotes disponíveis para a arquitetura que você realmente precisa.

É gerado um backup do arquivo sources.list no diretório corrente onde o netselect-apt(1) foi executado caso já exista um arquivo chamado sources.list nele. Parece interessante para quem estiver executando por descuido no diretório /etc/apt/ e achar que pode ter feito algo de errado. Um belo rollback, este, fornecido pelo netselect-apt(1).

Demais opções e funcionalidades você mesmo pode conferir, se tiver interesse, lendo a manpage ou utilizando o parâmetro --help.

Veja, também, se algum dos links abaixo pode lhe ser útil:
E isso é tudo que posso lhe acrescentar até o momento.

Abraços.

Outras dicas deste autor

Atom - O editor deste e do próximo milênio!

Como configurar o Chronyc no CentOS 7 e Red Hat 7

Comodo Antivírus no Ubuntu 16.04 64bits [Vídeo]

Site para quem está iniciando em C

Dica rápida - O que é um programa de computador

Leitura recomendada

Skype 4.1.0.20 no Debian 6.0.6 32 bits

Instalando a webcam Microsoft Lifecam VX1000

VMware - Porta paralela

Copiar e colar no XTerm

Alterando mensagem ao logar no SSH

  

Comentários
[1] Comentário enviado por miguel arcanjo3 em 23/09/2010 - 23:35h

bela dica



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts