Kernel Debian no Funtoo

Publicado por Xerxes Lins em 25/08/2014

[ Hits: 3.159 ]

Blog: https://static.vivaolinux.com.br/imagens/dicas/comunidade/300.jpg

 


Kernel Debian no Funtoo



De acordo com o manual oficial do Funtoo, o kernel recomendado é o kernel Debian com flags binárias, para quem não quer ter o trabalho de baixar e compilar o kernel a partir do fonte, ou para quem tem dificuldade em fazer isso.

O kernel deve ser configurado adequadamente para o hardware da sua máquina de maneira a dar suporte aos drivers, sistemas de arquivos, placas de rede, etc.

Usuários experientes podem preferir instalar o kernel puro e adequá-lo às suas necessidades. Porém, para usuários que tem dificuldade em fazer isso, é provido um script (ebuild) que irá construir um kernel "universal", com suporte a todo hardware e com tudo o que é necessário para iniciar o sistema.

Então, o objetivo do kernel Debian com flags binárias, é fazê-lo reconhecer tudo do seu sistema e deixá-lo pronto para que, após a primeira reinicialização, tudo aconteça tranquilamente e o usuário apenas se depare com a tela de login, sem mensagens de erros ou kernel panic.

Trata-se, portanto, de um método fácil e cômodo. Posteriormente, o usuário pode refinar o kernel ou instalar e configurar outro se precisar, ou quiser.

Obs.: kernel Debian, dessa forma, exige pelo menos 14GB de espaço livre em /var/tmp e leva em torno de uma hora para ser construído com um processador Intel Core i7.

Comandos:

# mkdir /etc/portage/sets
# echo sys-kernel/debian-sources > /etc/portage/sets/kernel
# echo "sys-kernel/debian-sources binary" >> /etc/portage/package.use

Quando o usuário quiser atualizar o sistema, ele usa emerge -auDN @world, mas isso não irá incluir o kernel, que fará parte de outro set (kernel).

Quando quiser atualizar apenas o kernel, o usuário executará emerge -au @kernel e, então, atualizará apenas o kernel, deixando todos os outros pacotes intactos.

Para construir o kernel:

# emerge @kernel


Links:
Outras dicas deste autor

Tema limpo para LXDE

Gravando ISO em DVD com wodim

Slackware + i3-gaps + alienbob

Atalhos do Gnome 3 (gnome-shell)

Instalando o Fluxbox no Zenwalk

Leitura recomendada

Dica para melhorar a performance (aprovado por Linus Torvalds)

Fazendo o kernel reconhecer memória acima de 4GB no Debian

Gambiarra com o Kernel Headers

Alterar o Kernel do Fedora para a última versão estável (2.6.39)

Atualizando o kernel nos Ubuntu Like sem trauma... mesmo!

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 26/08/2014 - 12:02h

Curioso, quando eu usei Funtoo, na época, o Kernel padrão, recomendado, era Kernel de Gentoo GIT, o "git-sources".
Era Kernel de Gentoo instável,novo.
No momento, não tenho Funtoo, tenho Sabayon, Gentoo, OpenSUSE e Mageia.
Acho que vou reinstalar o Funtoo, ele tá mudando muito, a documentação dele tá bem extensa agora.
Os Gentoístas puros não vão gostar,mas na minha opinião, atualmente, Funtoo é o Gentoo melhorado.

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 26/08/2014 - 16:02h


[1] Comentário enviado por albfneto em 26/08/2014 - 12:02h:

Curioso, quando eu usei Funtoo, na época, o Kernel padrão, recomendado, era Kernel de Gentoo GIT, o "git-sources".
Era Kernel de Gentoo instável,novo.
No momento, não tenho Funtoo, tenho Sabayon, Gentoo, OpenSUSE e Mageia.
Acho que vou reinstalar o Funtoo, ele tá mudando muito, a documentação dele tá bem extensa agora.
Os Gentoístas puros não vão gostar,mas na minha opinião, atualmente, Funtoo é o Gentoo melhorado.


Apesar de não ser suário Gentoo (e nem me considero usuário Funtoo de verdade, pois ainda estou engatinhando) eu sempre preferi a ideia de usar Funtoo ao invés de Gentoo.

O primeiro motivo é que Funtoo é sistema mais moderno que Gentoo, do mesmo criador do Gentoo. Quando fiquei sabendo que Daniel saiu do Gentoo, para mim foi como se o Gentoo tivesse perdido o cérebro do time. Posso estar errado.

Se patrick volkerding, criador do Slackware, por algum motivo (hipoteticamente) saísse da sua empresa e criasse uma nova distribuição eu abandonaria Slackware e iria usar essa outra distribuição que ele criaria. Pois se ele foi responsável pela distro que eu gosto, é ele quem deve ser reconhecido.

Sempre fiquei intrigado porque usuários de Gentoo em desktop (que não precisam de suporte da empresa Gentoo) não migraram em massa para o Funtoo. Alguém me disse que parte do motivo é a questão de "tradição", respeito ao nome Gentoo. Até entendo, mas esse argumento não vale muito para mim. O nome é uma casca.

Prefiro seguir o cara responsável pela criação da distro ao invés de seguir o nome da distro. E o cara que criou Gentoo hoje mantém Funtoo. Por isso sempre achei melhor a ideia de usar Funtoo.

Já li também alguém dizendo que Funtoo é o playgraound do Daniel, como se fosse uma distro menos séria, mais sujeita a erros e experiências. Mas essa é uma imagem falsa. Daniel trabalha muito, de acordo com o site, para corrigir os bugs do Gentoo e fazer o Funtoo melhor. Não para competir, mas por prezar a qualidade.

Sobre documentação. Como Gentoo tem tradição e mais tempo, a documentação é muito grande. Funtoo tem pouca. Mas 99% da documentação Gentoo serve para Funtoo.

Além de tudo isso, você mesmo albfneto me disse com ótimos argumentos porque o Funtoo é melhor que Gentoo (até copiei sua resposta de fórum num dos meus artigos) então eu tenho todos os motivos para preferir Funtoo rsrsrs.

[3] Comentário enviado por albfneto em 26/08/2014 - 20:19h

Não está errado, Daniel Robbins era o Cerébro do Gentoo, incluisve ele fez o Gentoo, inventou o Gentoo...
Portage é uma Obra Prima de programação, o Daniel é brilhante.
a Fundação Gentoo não acha Funtoo melhor, mas...
Ciumeira e Dor de Cotovelo é igual em tudo Mundo... Alguns gostariam de ser Robbins, no fundo sabem que não são...
Quando o Daniel saiu, o Gentoo entrou em crise, por dois anos, a Galera do gentoo mal mal conseguia atualizar o código do Portage.
Inclusive, Portage de Funtoo é mais novo, e por um tempão, a Galera do Gentoo manteve o Portage de Funtoo hardmasked, para que que usuários Gentoo não a usassem

[4] Comentário enviado por xerxeslins em 25/05/2015 - 18:51h

Atualizando a informação:

stage3 do funtoo já vem com kernel. Não precisa mais compilar, se não quiser.

http://forums.funtoo.org/topic/527-pre-built-kernels/

--
http://pastebin.com/aji5Qp05



Contribuir com comentário