Instalando pacotes RPM no Slackware 13.0

Publicado por Anderson de Castro Almeida em 19/11/2009

[ Hits: 18.982 ]

Blog: http://bloglinux-tecnologia.blogspot.com.br

 


Instalando pacotes RPM no Slackware 13.0



O Slackware 13.0 ao meu ver parece que mudou muito a maneira de ser na sua atualização atual e que com um novo conceito na distro, que é a de ser mais fácil. Confesso que nunca usei mas, ao utilizar e instalar esta distro sozinho e sem ajuda de nenhum tutorial, senti a facilidade do sistema.

A princípio reconheceu todos drivers já vem com alguns plugins. Tenho muitos softwares instalados graças aos pacotes RPM, baixados no site http://rpm.pbone.net. Mas vamos ao que interessa!

Para instalar RPM no Slackware 13.0 basta chamar o terminal, localizar onde está o pacote RPM e entrar com o seguinte comando:

# rpm -i --nodeps pacote_rpm

Pronto! Seu pacote estará instalado em segundos.

Outras dicas deste autor

Linux Mint à brasileira

Instalando a impressora BJC-1000 no Debian Lenny 5.0

Rodando um Debian Lenny bem facilitado

MS Office 2010 no Linux Mint - Instalação via PlayOnLinux/Wine

Leitura recomendada

Baixando conteúdo de sites inteiros com o wget

Montar compartilhamentos via Samba (antigo smbmount)

Compilação rápida!

Compartilhar Linux X Linux (Virtualbox)

Ubuntu 12.04 - Configuração de Dual View

  

Comentários
[1] Comentário enviado por demoncyber em 19/11/2009 - 07:47h

O procedimento ideal para a instalação de um pacote rpm no slackware é converter ele para um pacote do slackware(tgz ou txz) e depois instalar.

rpm2tgz pacote.rpm && install pacote.tgz

Motivo, você pode utilizar as ferramentas de gerência de pacotes do slackware para tratar do pacote.


[2] Comentário enviado por darkstarfire em 19/11/2009 - 08:15h

@demoncyber, particularmente eu costumo usar o método da dica acima, pois em alguns casos (pacotes do BrOffice, por exemplo) a conversão do pacote RPM para tgz acaba quebrando os pacotes.

[3] Comentário enviado por removido em 19/11/2009 - 10:03h

Na verdade, este é um procedimento pra instalar RPM sem dependências, em qualquer distro que TENHA o utilitário /usr/bin/rpm, e não apenas no Slackware.

[4] Comentário enviado por demoncyber em 19/11/2009 - 10:53h

Como comentei é apenas uma recomendação ;) darkstarfire ( desculpe se ficou um pouco sério o comentário ).

Sim eu entendo que as vezes a conversão dos pacotes quebra a estrutura. So que no entanto usar desta maneira perde toda a estrutura que ferramentas podem fornecer. As vezes o uso de um Slackbuild do programa pode ser uma solução mais interessante, ou mesmo a criação de um para o programa determinado.

Mas como disse no ínicio são apenas sugestões ....



Contribuir com comentário