Instalando o Kernel Liquorix no Debian 10

Publicado por Ruan em 16/05/2020

[ Hits: 1.277 ]

 


Instalando o Kernel Liquorix no Debian 10



Como muitos devem saber, o GNU/Linux é majoritariamente utilizado em servidores, e como tal, o kernel é otimizado para este propósito. Como uma de suas atribuições é suportar serviços que demandam um longo tempo de execução, isso acaba afetando também muitos outros aspectos do sistema, como o gerenciamento de energia, uso de disco, rede etc.

Considerando essa característica, entretanto, não significa que o kernel não oferece um bom desempenho para tarefas de desktop, tais como jogos e multimídia... mas que "poderia" ser melhor aplicado para este fim!

Nesse sentido é que entra o kernel Liquorix. Segundo o próprio site do projeto:

"O Liquorix é um substituto do kernel oferecido pelas distribuições, construído utilizando as melhores configurações para tarefas de desktop, multimídia e jogos."
--- Virtual Memory Subsystem ---------------------------

Mem dirty before bg writeback..:  10 %  ->  20 %
Mem dirty before sync writeback:  20 %  ->  50 %

--- Block Layer ----------------------------------------

Default MQ scheduler......: mq-deadline -> bfq

--- CPU Scheduler (CFS) --------------------------------

Scheduling latency.............:   6    ->   3    ms
Minimal granularity............:   0.75 ->   0.3  ms
Wakeup granularity.............:   1    ->   0.5  ms
CPU migration cost.............:   0.5  ->   0.25 ms
Bandwidth slice size...........:   5    ->   3    ms

--- CPU Scheduler (MuQSS) ------------------------------

Scheduling interval............:   6    ->   2    ms
ISO task max realtime use......:  70 %  ->  25 %

Para mais informações sobre as principais funcionalidades do Liquorix, visite o site do projeto:

INSTALAÇÃO

Rodar os seguintes comandos para configurar o repositório:

wget -qcO- https://liquorix.net/linux-liquorix.pub | sudo apt-key add -
$ echo -e "deb http://liquorix.net/debian $(lsb_release -cs) main\ndeb-src http://liquorix.net/debian $(lsb_release -cs) main" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/liquorix.list
$ sudo apt update


Se você usa o driver nvidia proprietário dos repositórios do Debian 10 (versão 418), a última versão do Liquorix não irá instalar corretamente, pois o dkms falha ao compilar os módulos nvidia para esta versão.

Conheço duas soluções para o problema:

1) Utilizar o repositório back-ports e atualizar o driver nvidia para a versão mais recente (440);

2) Usar uma versão mais antiga do Liquorix (5.1.0).

Particularmente utilizo o driver nvidia do backports, e se você quiser escolher a primeira opção, terá que atualizar o driver. Como não é o foco da dica a instalação do driver nvidia, recomendo seguir a própria documentação do Debian:
Caso não queira atualizar o driver, a versão mais recente possível para rodar com o driver nvidia 418 do stable é o 5.1.0.

Em ambos os métodos, senti que houve uma melhora em relação ao desempenho de vídeo, principalmente com o GNOME.

Se você optou pela primeira opção, pode instalar o Liquorix instalando o pacote principal que pega a versão mais recente:

sudo apt install linux-image-liquorix-amd64 linux-headers-liquorix-amd64

No caso da segunda opção:

sudo apt install linux-image-5.1.0-\*-liquorix-amd64 linux-headers-5.1.0-\*-liquorix-amd64

* O asterisco representa qualquer update em relação a versão especificada.

Após a instalação, basta reiniciar e escolher o novo kernel na tela do grub.

Para finalizar, embora eu utilize o Liquorix por mais de 3 meses sem nenhum problema, aconselho a não desinstalar o kernel original do Debian do sistema, pois qualquer anomalia com o Liquorix você pode voltar para o kernel antigo.

Outras dicas deste autor

Removendo por completo o snappy do Ubuntu 20.04

Instalando o Java 8 no Debian 10

NVIDIA e Debian 10: resolvendo o problema com lentidão e travamento com GNOME

Slackware "Debiano"

Apple Swift no Slackware 14.2

Leitura recomendada

Economizando energia de laptop com processador multicore

Xterm e rxvt não iniciam com kernel 2.6.9?

Kernel patch de Con Kolivas (otimização para desktops)

Problemas com kernel 3.1.0-1-amd64 + Xen + Debian Wheezy

Instalação da placa de rede Attansic no Slackware Linux 12.1

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mauricio123 em 16/05/2020 - 13:26h


Muito bom.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[2] Comentário enviado por gneiding em 12/06/2020 - 17:41h

Achei interessante e fiquei tentado a fazer um teste.
Chegou a fazer um tipo de teste "antes e depois", ou mesmo de sua percepção de uso teve grande melhoria no desempenho da maquina?

[3] Comentário enviado por ruankl em 13/06/2020 - 16:09h


[2] Comentário enviado por gneiding em 12/06/2020 - 17:41h

Achei interessante e fiquei tentado a fazer um teste.
Chegou a fazer um tipo de teste "antes e depois", ou mesmo de sua percepção de uso teve grande melhoria no desempenho da maquina?


Não cheguei a fazer um teste "aprofundado", mas senti melhoras no uso com o GNOME. Possuo uma GeForce 1050 TI, e com a versão 4.19 (default) do kernel tive alguns problemas com os efeitos da área de trabalho do GNOME, como um pequeno travamento na hora de mover janelas.

[4] Comentário enviado por gneiding em 13/06/2020 - 20:00h


[3] Comentário enviado por ru4n em 13/06/2020 - 16:09h


[2] Comentário enviado por gneiding em 12/06/2020 - 17:41h

Achei interessante e fiquei tentado a fazer um teste.
Chegou a fazer um tipo de teste "antes e depois", ou mesmo de sua percepção de uso teve grande melhoria no desempenho da maquina?


Não cheguei a fazer um teste "aprofundado", mas senti melhoras no uso com o GNOME. Possuo uma GeForce 1050 TI, e com a versão 4.19 (default) do kernel tive alguns problemas com os efeitos da área de trabalho do GNOME, como um pequeno travamento na hora de mover janelas.


Vou te falar que fiquei curioso e resolvi testar. Não sabia exatamente como testar e fiz de duas formas: usei o stress-ng e converti um vídeo de 1,1Gb usando o Handbrake. Vamos aos resultados
Stress-ng: não sabia exatamente qual teste realizar e utilizei o seguinte comando:

$stress-ng --cpu 6 --cpu-method fft -t 600 --metrics --log-brief

No Kernel 4.19: cpu iniciou com temperatura de 46º e atingiu o pico de 73º. Resultou em 1880320 bogo ops com média de 526.01 bogo ops/s
No Liquorix 5.6: cpu iniciou com temperatura de 46°, atingiu o pico de 71º. Resultou em 1865665 bogo ops com média de 483.02 bogo ops/s

No Handbrake converti um vídeo de 1,1Gb do formato VOB para m4v.
No Kernel 4.19 o uso médio da cpu variava entre 93% a 96% (teve um pequeno momento que caiu para 85%) e levou 6min e 58s.
No Liquorix 5.6 o uso da cpu foi constante em 100% (sem nenhuma oscilação), e levou 6min e 17s.

Em ambos os casos a máquina tinha acabo de ser iniciada e estava sendo utilizada unicamente para os testes sem nenhum outro programa aberto/rodando.
Porém enquanto eu estava digitando esses resultados tive um pequeno problema e fui obrigado a deslogar e logar novamente (usando o kernel Liquorix); além disso tenho um dong wifi que requer a instalação de driver e deu erro durante o "make", mas ainda não procurei solução.

Pretendo mais adiante testar com games para ver se da diferença de FPS ou problemas de instabilidade.

[5] Comentário enviado por ruankl em 14/06/2020 - 21:43h

Pelo que eu pesquisei na época que escrevi essa dica, o desempenho é melhor visto em máquinas mais modestas. Embora como dito, com exceção da renderização dos efeitos do GNOME - e como eu tenho uma máquina mais parruda - não senti grande diferença em outras tarefas.

Talvez, para fins de testes mais precisos, seria interessante usar o Liquorix em uma máquina mais antiga para avaliação. O Debian já é preparado para isso por ser mais capado e livre de meta-pacotes, e considerando o Liquiorix, pode ser que uma máquina mais antiga fique com um desempenho bem melhor.

[6] Comentário enviado por gneiding em 15/06/2020 - 09:00h

Fiquei meio confuso com os resultados do meu teste. Não sei se estou interpretando errado, mas penso que quanto maior o número de bogo ops melhor, assim, o kernel 4.19 se saiu melhor. Contudo, a conversão do vídeo teve um desempenho aproximadamente 10% superior com o Liquorix.
De qualquer forma não achei "justo" comparar o 5.6-liquorix com o 4.19-"padrão". Nesse momento estou com o Debian testing 5.6. Hoje à tarde irei realizar alguns testes mais justos, sendo 5.6-"padrão" contra o 5.6-liquorix.
Farei alguns stress (pretendo fazer de cpu e memória), e também em games. Em breve vou instalar o Steam e rodar 3 jogos: um "leve", um médio e um pesadão para ver como se comportam cada um dos kernels.
Com relação ao dong wifi, descobri que o problema era a versão do kernel superior a 4.19 e não um problema do Liquorix, mas encontrei uma solução válida do kernel 4.15 até 5.7. Funcionou para o 5.6 padrão e espero que funcione normalmente com o liquorix.
Agora pela manhã preciso trabalhar e realizarei os testes logo mais após o almoço. Assim que tiver resultados volto a postar aqui.

[7] Comentário enviado por gneiding em 29/06/2020 - 09:07h

Após longo tempo eis que finalmente terminei os testes e comparativos com o kernel padrão e o liquorix.
Devo dizer que fiquei confuso com os resultados, pois em algumas situações o liquorix se saiu melhor, contudo em outras o kernel padrão saiu vencedor.
Realizei o teste utilizando uma ferramenta excepcional (que até então eu não conhecia) o Phoronix. Para dizer a verdade eu estava sem nenhuma vontade de jogar, mas queria fazer o teste em jogos, e o Phoronix foi um grande aliado nesse aspecto.
Porém ele não funcionou com nenhum jogo que eu tenho disponível no steam, apesar de fazer todos os procedimentos os scripts não funcionaram. Dessa forma utilizei outros jogos disponíveis nessa ferramenta: OpenArena, UrbanTerror, Xonotic, Nexuiz, Unreal2004 e Enemy Territory Quake Wars. Além desses, utilizei também Unigine Heaven e Unigine Valley.
Fiz testes de CPU, GPU e memória. Não percebi diferenças significativas, contudo o liquorix teve desempenho melhor em alguns jogos e o kernel standard teve desempenho consideravelmente melhor em outros. Em alguns jogos ainda, o kernel padrão teve desempenho melhor em resoluções baixas, enquanto o liquorix em resoluções altas.
Entretanto, no teste de memória o kernel padrão deu um baile no liquorix.
Segue os arquivos para consulta dos testes:

https://drive.google.com/drive/folders/1RqyC0SplTy4BG0bIMJ6V_KpYFKHhTavw?usp=sharing

Abraços.

[8] Comentário enviado por ruankl em 29/06/2020 - 12:06h

Muito bom gneiding!

Seria legal montar um artigo explicando essas diferenças de performance incluindo testes reais como esse seu... além do Liquorix, existem outros kernels optimizados para jogos e softwares mais pesados, como o XanMod. Acho que daria um bom artigo/dica!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts