Extraindo a Versão de um Pacote do Debian

Publicado por Mauricio Ferrari em 05/01/2021

[ Hits: 546 ]

Blog: https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento

 


Extraindo a Versão de um Pacote do Debian



Às vezes, você vai baixar um pacote DEB na internet e o mesmo não informa a versão do pacote.

Um exemplo disso é o Google Chrome, cujo o pacote vem com essa nomenclatura: google-chrome-stable_current_amd64.deb. Aí não tem como saber a versão.

Porém, estudando alguns scripts do slackbuilds, encontrei um método bem funcional para isso. Então, basta abrir o terminal e digitar algo assim:

ar p google-chrome-stable_current_amd64.deb control.tar.xz 2> /dev/null | tar xJO ./control 2> /dev/null | grep Version | awk '{print $2}' | cut -d- -f1

É claro que esse método foi adaptado, pois é para o control.tar.xz que usa os parâmetros "xJO" no tar. Para o control.tar.gz, aí tem que ser os parâmetros "zxO" no tar, conforme a instrução original no qual tirei como base.

Nesse esquema, os comandos ar e tar usam parâmetros para ler o arquivo control dentro de control.tar.xz presente no pacote do Chrome, enquanto os comandos grep awk e cut são responsáveis por separar apenas o número da versão a ser exibido no terminal.

Espero que isso venha a ser útil para alguém. Até mais.

Outras dicas deste autor

Como Criar e Aplicar um Patch de Correção de Código

Inserindo Scripts Durante a Inicialização e o Desligamento do Sistema no KDE

Comando "less" Colorido no Shell

Instalando a última versão do VirtualBox no Linux Mint 20 e Ubuntu 20.04

Exibindo o nome completo dos pacotes instalados no Debian e derivados

Leitura recomendada

Instalando Spotify no Ubuntu com 4 comandos

Listar um arquivo de baixo para cima

Acessando o início e fim de um histórico extenso no terminal

Comando touch - uma forma para modificar a data de acesso e modificação de arquivos

Descubra quem é o dono do IP através de um comando shell

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 07/01/2021 - 22:06h

Legal, saber que da para fazer dessa forma, mas acredito que usar o dpkg(para trabalhar com .deb) seja mais simples/rápido/padrão.
Mesmo assim, ótima dica.


dpkg -I XXXXXX.deb |grep -i version


#-------------------------------------------------------------------------------------#
"Falar é fácil, me mostre o código." - Linus Torvalds
#-------------------------------------------------------------------------------------#

[2] Comentário enviado por mauricio123 em 08/01/2021 - 13:08h


[1] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 07/01/2021 - 22:06h

Legal, saber que da para fazer dessa forma, mas acredito que usar o dpkg(para trabalhar com .deb) seja mais simples/rápido/padrão.
Mesmo assim, ótima dica.


dpkg -I XXXXXX.deb |grep -i version


#-------------------------------------------------------------------------------------#
"Falar é fácil, me mostre o código." - Linus Torvalds
#-------------------------------------------------------------------------------------#



Bacana sua contribuição. O problema é que esse funciona para pacotes já instalados ou que tenham no repositório oficial. Aquele comando gigante, foi usado em um script para gerar um pacote para o Slackware.

Mesmo assim, é um ótimo comando.


[3] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 12/01/2021 - 10:42h


[2] Comentário enviado por mauricio123 em 08/01/2021 - 13:08h


[1] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 07/01/2021 - 22:06h

Legal, saber que da para fazer dessa forma, mas acredito que usar o dpkg(para trabalhar com .deb) seja mais simples/rápido/padrão.
Mesmo assim, ótima dica.


dpkg -I XXXXXX.deb |grep -i version


#-------------------------------------------------------------------------------------#
"Falar é fácil, me mostre o código." - Linus Torvalds
#-------------------------------------------------------------------------------------#



Bacana sua contribuição. O problema é que esse funciona para pacotes já instalados ou que tenham no repositório oficial. Aquele comando gigante, foi usado em um script para gerar um pacote para o Slackware.

Mesmo assim, é um ótimo comando.




Opa! Não não, é para fazer o mesmo que vc fez no caso, para saber a versão de um pacote .deb que vc possua. Para um já instalado ficaria assim:

dpkg -s google-chrome-stable|grep -i version
ou
dpkg -l |grep google-chrome



[4] Comentário enviado por mauricio123 em 13/01/2021 - 20:57h


[3] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 12/01/2021 - 10:42h


[2] Comentário enviado por mauricio123 em 08/01/2021 - 13:08h


[1] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 07/01/2021 - 22:06h

Legal, saber que da para fazer dessa forma, mas acredito que usar o dpkg(para trabalhar com .deb) seja mais simples/rápido/padrão.
Mesmo assim, ótima dica.


dpkg -I XXXXXX.deb |grep -i version


#-------------------------------------------------------------------------------------#
"Falar é fácil, me mostre o código." - Linus Torvalds
#-------------------------------------------------------------------------------------#



Bacana sua contribuição. O problema é que esse funciona para pacotes já instalados ou que tenham no repositório oficial. Aquele comando gigante, foi usado em um script para gerar um pacote para o Slackware.

Mesmo assim, é um ótimo comando.




Opa! Não não, é para fazer o mesmo que vc fez no caso, para saber a versão de um pacote .deb que vc possua. Para um já instalado ficaria assim:

dpkg -s google-chrome-stable|grep -i version
ou
dpkg -l |grep google-chrome





Verdade. Verifiquei que aquele funciona como o código que eu apresentei. Usando dpkg, precisaria filtrar a saída para ficar como o código que eu apresentei.

Agradeço mais uma vez.




Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts