Emesene, o mensageiro simples e rápido com a cara do MSN

Publicado por Jakson de Oliveira Lima em 04/02/2010

[ Hits: 14.086 ]

 


Emesene, o mensageiro simples e rápido com a cara do MSN



Nada mais necessário hoje em dia do que um mensageiro instantâneo. A rede do MSN é a maior sem dúvida. Então que tal um cliente da rede MSN super rápido, simples, com webcam e que nem precisa instalar?!

O Emesene é um comunicador instantâneo baseado no MSN Messenger. Porém ele é portátil, ou seja, não precisa de instalação. Basta executar o arquivo e usar o programa. Além disso, o visual deste clone é mais estilizado e ele é mais simples de usar. Ele também possui suporte para webcam e videoconferência facilmente configurados. É escrito em Python e possui uma leveza e velocidade que supera muitos concorrentes.

O intuito deste comunicador é fazer um programa semelhante ao MSN, porém com uma interface mais simples e um visual mais leve.

O Emesene possui as funções básicas de seu inspirador. Você visualiza sua lista de contatos, inclusive os avatares, e conversa com as pessoas. Seu status pode ser alterado, você pode determinar critérios para visualização de contatos, além de adicioná-los e gerenciar seus grupos. O programa também permite que você mude seu apelido e sua imagem de exibição.

O principal destaque do Emesene é o recurso "autoreply", que responde automaticamente as mensagens que você receber. Outro ponto forte é o suporte a plugins, facilmente selecionados por um menu, que conta inclusive com uma versão do Plus!. Além disso tem suporte ao idioma português.

Outro destaque é que ele mantém as conversas em abas. Assim, ele usa apenas uma janela para você visualizá-las. Este recurso é ótimo para quem conversa com muitos usuários simultaneamente. Veja as imagens:
Linux: Emesene, O mensageiro simples e Rápido com a cara do MSN.   Linux: Emesene, O mensageiro simples e Rápido com a cara do MSN.

Instalação e configuração

Instalação por modo de dizer, mas não precisa instalar, basta ir no site abaixo e baixar o pacote "Source Tarball". Mas se sua distribuição for Debian, Ubuntu ou Fedora, basta executar os comandos descritos abaixo.

Para Ubuntu, Debian ou Fedora:

# apt-get install emesene
# apt-get install libmimic
# apt-get install python-support


E pronto, tudo ok.

Para outras distros:
Depois de baixar o "Source Tarball", extraia com o comando:

tar -vzxf emesene-1.6.tar.gz

Depois entre no diretório emesene-1.6 e execute-o:

cd emesene-1.6
$ ./emesene


Configurando a webcam

Para configurar a webcam precisa instalar os pacotes libmimic e python-support, se você usa distribuições com suporte apt-get pode fazer com os comandos que servem para o Ubuntu. Se não vai ter que compilar por conta própria, o que não dá trabalho.

Muitas vezes para a webcam funcionar temos que ir ao diretório do emesene e digitar o comando:

# python setup.py build_ext -i

Configuração:

Para configurar algumas opções é preciso logar no messenger primeiro, depois irão aparecer várias funções no meu opções, como "plugins" e "Autoreply". Tudo é em português (embora eu tenha reaproveitado screenshots em inglês, ele é em português), por isso não vou falar mais nada, é simples demais para explicar. Vejam a gif animada no link abaixo:
Pronto, já pode desfrutar desse incrível e simples messenger.

Outras dicas deste autor

Conectando a uma rede com MAC mudado, placas Atheros

Redimencionando imagens com o SIR (Simple Image Resizer)

Login e startx em modo automático, sem KDM, GDM, SLIM ou qualquer outro display manager

Poderes de Super Vaca no Aptitude

Java no Firefox 3.6

Leitura recomendada

Turbinando os programas do XP no Ubuntu

Iniciando na linguagem Perl

Guia para o novato em Linux

Criando seu próprio repositório do Pypi

Instalando o Blender, o melhor modelador e renderizador 3D grátis que existe

  

Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 04/02/2010 - 12:38h

vou testar o Emesene novo, porque os antigos, não tinham suporte a web cam, não!

[2] Comentário enviado por corvolino em 05/02/2010 - 05:10h

Não existe setup.py no /usr/share/emesene (:

[3] Comentário enviado por jaksonbt em 05/02/2010 - 08:31h

não é em /usr/share/emesene que fica o setup.py. ele fica na pasta onde vocẽ extraiu o emesene com comando "tar -vzxf emesene-1.6.tar.gz ". Provavelmente fica em "~/emesene-1.6/".

[4] Comentário enviado por dunga_jods em 13/12/2010 - 01:11h

Só lembrando que todas as dependências dele são : python-gobject python-gtk2 python-support python-cairo python python-dbus python-gst0.10 python-libmimic python-notify (provavelmente a sua distro vai ter a maioria delas. E o Emesene não funciona sem as 5 primeiras dependências que eu listei), tem um plugin dentro dele que pede a biblioteca "cabextract" (eu acho que pro envio/recebimento de wikins).

O ubuntu 9.04 (ou mais antigos) oferecem no máximo suporte a versão 1.5
O debian Lenny oferece suporte a versão 1.0 (a menos que você esteja usando algum repositório do Debian squeeze no qual ele esteja relacionado)
As versões anteriores a 1.6.0 do emesene não conecta (A microsoft renovou os seus servidores a pouco tempo, para impedir programas genéricos do msn de se conectar ao seu servidores. As versões mais recentes do emesene quebraram este bloqueio :-p)

Se você tem uma dessa distribuições acima, compile o emesene via "Source Tarball" para ele funcionar. Por via das duvidas instale somente as dependências via apt-get que eu listei acima, caso ele não funcione.
:-p



Contribuir com comentário