Editor Vim - Introdução e trabalhando com Vim

Publicado por Perfil removido em 11/04/2011

[ Hits: 109.400 ]

 


Editor Vim - Introdução e trabalhando com Vim



O Vi é o editor básico do GNU/Linux, está disponível em grande parte das distribuições do GNU/Linux, mesmo naquelas que vêm em apenas um disquete.

Hoje em dia as distribuições usam uma versão mais completa e com mais recursos do que o Vi, que é o Vim (VI iMproved).

Ao invocar o Vi, este entra direto para o modo "visualização" onde visualizaremos o arquivo. Para modificar o arquivo, usam-se os modos texto para a inserção de dados e modo comando para a localização, movimentação, alteração e para salvar e sair do texto.

Para voltar ao modo de visualização, sempre se usa a tecla ESC.

Após digitar "vim" no terminal será aberto um arquivo em branco para você criar seu arquivo e futuramente editá-lo com o próprio vim, se preferir é claro.

vim

Dentro do arquivo iremos trabalhar com modos e seus comandos, que serão abordados a seguir.

Irei abordar cada destes comandos:
  1. Modo texto - comandos de inserção;
  2. Modo comando - comandos de localização, movimentação, alteração e para salvar e sair do texto.

Modo texto - comandos de inserção

Comando de inserção de texto:
  • i - insere texto antes da posição atual do cursor;
  • a - insere o texto depois da posição atual do cursor;
  • r - Substitui o texto na posição atual de onde se encontra o cursor;
  • A - insere o texto no final da linha onde se encontra o cursor
  • o - Adiciona uma linha abaixo da linha onde se encontra o cursor;
  • O - Adiciona uma linha acima da linha onde se encontra o cursor;
  • ESC muda para o modo de visualização.

Modo comando - comandos de localização, movimentação, alteração e para salvar e sair do texto

Comandos para localização de texto:
  • /palavra - Busca pela palavra ou caractere em todo o texto;
  • ?palavra - Move o cursor para a ocorrência anterior da palavra;
  • n- Repete o último comando / ou ?;
  • N - Repete o último comando / ou ?, na direção reversa;
  • Ctrl+g - Mostra o nome do arquivo, o número da linha atual e o total de linhas.

Comandos para a movimentação pelo texto:
  • Ctrl+f - Move o cursor para a próxima tela;
  • Ctrl+b - Move o cursor para a tela anterior;
  • H - Move o cursor para a primeira linha da tela;
  • M - Move o cursor para o meio da tela;
  • L - Move o cursor para a última linha da tela;
  • h - Move o cursor um caractere à esquerda;
  • j - Move o cursor para a próxima linha;
  • k - Move o cursor para linha anterior;
  • l - Move o cursor um caractere à direita;
  • w - Move o cursor para o início da próxima palavra;
  • W - Move o cursor para o início da próxima palavra, separadas por espaço;
  • b - Move o cursor para o início da palavra anterior;
  • B - Move o cursor para o início da palavra anterior separadas por espaço;
  • 0(zero) - Move o cursor para o início da linha atual;
  • ^ - Move o cursor para o primeiro caractere não branco da linha atual;
  • $ - Move o cursor para o final da linha atual;
  • nG - Move o cursor para a linha n;
  • :n - Move o cursor para a linha n;
  • gg - Move o cursor para a primeira linha do arquivo;
  • G - Move o cursor para a última linha do arquivo.

Comandos para alteração do texto:
  • x - Deleta o caractere que está sob o cursor;
  • dw - Deleta a palavra, da posição atual do cursor até o final;
  • dd - Deleta a linha atual, e copia o conteúdo para área de transferência;
  • D - Deleta a linha a partir da posição atual do cursor até o final;
  • :A,Bd - Deleta da linha A até a linha B, copia para área de transferência;
  • rx - Substitui o caractere sob o cursor pelo especificado em x;
  • u - Desfaz a última modificação;
  • U - Desfaz todas as modificações feitas na linha atual;
  • J - Une a linha corrente a próxima;
  • yy - ECopia 1 linha para a área de transferência;
  • yNy - Copia N linhas para a área de transferência;
  • p - Cola o conteúdo da área de transferência;
  • Np - Cola N vezes o conteúdo da área de transferência;
  • cc - Apaga o conteúdo da linha, e copia para área de transferência;
  • cNc - Apaga o conteúdo de N linhas, e copia para área de transferência (a partir da linha atual);
  • :%s/string1/string2/g - Substitui "string1" por "string2";
  • ndd - Deleta o conteúdo de n linhas a partir da linha atual;
  • nD - Deleta a linha a partir da posição atual do cursor até o fim de n linhas.

Comandos para salvar e sair:
  • :wq, ZZ ou :x - Salvam o arquivo e saem do editor;
  • :w nome_do_arquivo - Salva o arquivo corrente com o nome especificado;
  • :w! nome_do_arquivo - O mesmo que :w, mas forçando sobrescrita;
  • :q - Sai do editor;
  • :q! - Sai do editor sem salvar as alterações realizadas.

NOTA: Estes são comandos básicos mas muito essenciais na hora de trabalhar em modo texto com vim.

Bom pessoal, essa foi minha dica sobe o editor de textos vim, espero que tenha tirado proveito o máximo possível dele.

Obrigado pelo espaço VOL e até a próxima...

Outras dicas deste autor

Como copiar arquivos Flash

Criando animações com Giftedmotion

O que é Linux

Instalação do Java 8 no Linux Mint e Ubuntu

Como resolver problema com D-LINK Wireless Router DI-524 150mbps

Leitura recomendada

Redirecionando a saída de comandos

Aumentando área de SWAP sem boot ou reinstalação em LVM

Instalando servidor Apache + PHP + MySQL + phpMyadmin + no-ip no Ubuntu 6.10 Server

Instalando Debian em servidores DELL

Instalando o Beryl no Kubuntu 7.04 Feisty Fawn

  

Comentários
[1] Comentário enviado por nekhrist em 11/04/2011 - 21:45h

Ótimo post, rapaz!
Informações bem diretas e resumidas.. gostei! :D

[2] Comentário enviado por FernandoBasso em 12/04/2011 - 08:40h

Legal o post! É sempre bom lembrar ao pessoal que o Vim existe,
assim como o excelente Emacs. Vale a pena conhecê-los.

Sou músico, professor de Inglês e programador aprendiz,
e o vim é o meu favorito. Excelente pra Sys Admins também.

[3] Comentário enviado por vcandido em 13/04/2011 - 07:14h

Realmente excelente as dicas, até pra quem usa diariamente o vi/vim como eu. Isto sem falar que compartilhar toda e qq forma de conhecimento é mais que valido!!! Parabens

[4] Comentário enviado por izaias em 23/06/2012 - 14:10h

Ótimo trabalho.

Estou estudando o Vim e pesquisando, caí de pára-quedas nesta sua dica.

[5] Comentário enviado por removido em 27/06/2012 - 12:21h

Obrigado pelos comentários pessoal.

[6] Comentário enviado por edulinuxx em 11/09/2015 - 13:56h


Esse vídeo é muito bom para iniciantes : https://www.youtube.com/watch?v=loM9SLUtCIs

[7] Comentário enviado por herculesnetwork em 15/03/2016 - 22:31h

Acer - E-572-6638 - core i5 4ª generation.(adoro - comprei usado pra quebra galho e me apaixonei)
GPU 4400 intel. Mostrinha surpreende, muitos games pesados no hight.
CPU quad-core Intel 4200U - 2 threads per physical core
4gb RAM ddr3 1600mhz (ainda em single channel : / )
hd 500gb. (4 particoes pra SOs e uma 5ª pra dados compartilhada, dá pra nada)
Saudade galera do VOL :)
Pessoal, como justificar um texto no vim? eu sei no nano, mas gosto de usaro o vim. no nano tem legenda simples :)

Meus cumprimentos :)

[8] Comentário enviado por phk em 09/11/2017 - 16:24h

Da para instalar perfeitamente no Windows. O problema é configurar e baixar os plugins.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts