Debian: stable, testing ou unstable?

Publicado por Pirrola em 29/04/2008

[ Hits: 13.421 ]

 


Debian: stable, testing ou unstable?



Trata-se de um artigo sobre optar pela versão stable, testing ou unstable do Debian, mostrando as vantagens e desvantagens de cada.

Debian: stable, testing ou unstable?

Como todos sabem, o Debian sempre tem pelo menos três versões em manutenção ativa: estável (stable), testing e instável (unstable). Estou vendo muitos debian-users tratando a versão stable do Debian desdenhosamente, por isso resolvi escrever este artigo.

Eu comecei com o stable e por curiosidade fui para o testing e depois voltei para o stable. O testing é bom por ter versões mais atuais dos programas, mas há um preço: a estabilidade é um pouco comprometida. Com o testing apareceram uns bugs que eu não tinha com a versão estável. Por isso, eu recomendo fortemente o stable, pois aí está a verdadeira vantagem do Debian em relação às outras distros, a estabilidade. Ter programas mais atuais é bom, porém eu acho muito mais interessante usufruir da aguda estabilidade da versão stable.

Vou além, se é para adotar a versão testing, acho que talvez valha mais instalar o Ubuntu! Instável por instável, pelo menos o Ubuntu possui uma comunidade maior que a do Debian, e a probabilidade de se obter respostas para seu problema é maior.

Quanto ao Sid, não vejo coerência um usuário comum adotá-la, já que é instável por definição sendo interessante apenas para desenvolvedores.

Concluindo, eu não quis dizer que essa é melhor que aquela, mas só estou mostrando a realidade das coisas e querendo desfazer aquela falsa idéia que Debian stable é algo obsoleto. Espero ter ajudado!

Outras dicas deste autor

Compilando e executando programas em C no Linux

Repositórios oficiais Debian

Leitura recomendada

Análise do Korora GNU/Linux

Gerencie seu suporte e colabore com o Projeto SolBT

Manual de instalação do giFT (traduzido)

Configurando internet via radio no Slackware 10.1

Servidor DHCP no Fedora

  

Comentários
[1] Comentário enviado por joaofpr em 29/04/2008 - 17:58h

Eu uso a versão unstable, não sou desenvolvedor e ele é extremamente robusto.
Não tenho do que reclamar.

[2] Comentário enviado por fenix_chikinho em 03/11/2008 - 15:14h

uso debian, como provedor de internet, rodando em uma unica maquina, servidor web/apache, servidor dhcp, email, servidor proxy squid, controle de banda baseado nas regras tc com cache full 100% funcional, isso a mais de 2 anos sem sequer precisar reiniciar o servidor a nao ser por falta de energia eletrica, nunca deu pau, ao contrario de outras distro que aguentaram no maximo 15 dias e começaram a dar problemas.
minha rede tem 110 maquinas, e 2000 conexoes simultaneas em media. link 1mb/256 ADSL

[3] Comentário enviado por riesdra em 18/11/2008 - 17:27h

olha eu já usei a sid por uns tempos e realmente, não digo que foi uma boa escolha, eu direto tinha que estar acertando diversas coisas que paravam após uma atualização, principalmente quanto ao X. Agora a testing não vejo como um problema pois eu a uso +- 2 anos e não tive dores de cabeças tão grande quanto na sid, agora a estável é a melhor opção para servidores sem duvida, mas para desktop, onde você procura por sistemas mais atuais, e que reconheçam algum hardware mais recente é uma ótima opção. Agora quanto a comparar a testing com o ubuntu eu não concordo, já testei ubuntu e não achei ele nada parecido com o debian testing, e como você mesmo diz acima
"Vou além, se é para adotar a versão testing, acho que talvez valha mais instalar o Ubuntu! Instável por instável, ...."
Unstable = Instável e não testing.

[4] Comentário enviado por rfcsilva em 30/12/2010 - 03:33h

Obrigado pela dica, de forma rápida e abrangente deu um parecer legal sobre cada versão do Debian, até breve e favoritos nele.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts