Criar sua própria biblioteca C++

Publicado por Jean Gomes em 07/04/2010

[ Hits: 20.826 ]

 


Criar sua própria biblioteca C++



Para quem não sabe criar sua própria biblioteca, aí vai uma dica de como fazer.

Para começar vamos criar um programa simples que soma dois números, chamado "soma.h".

vim soma.h

//vamos criar uma função

#ifndef SOMA_H /*Se a biblioteca soma.h não for definida, faça-o. Esta verificação é feita para para não ter varia chamada da mesma biblioteca no mesmo programa. Só uma chamada nos satisfaz*/

#define SOMA_H

int soma(int *x, int *y)
{
   return *x+*y  
}
#endif

Até aqui criamos uma função que soma dois números. Vamos criar o nosso programa, criando o arquivo "calculadora.cpp":

vim calculadora.cpp

#include <iostream>
#include "soma.h" /*aqui estamos chamando a biblioteca que criamos. Para funcionar, ela tem que estar no mesmo diretório do programa*/

using namespace std;

int main()
{
   int num1, num2; //declaração das duas variáveis

   cout <<"Informe o valor do primeiro número: ";
   cin >> num1;
   cout <<"Informe o valor do segundo número: ";
   cin >> num2;

   cout <<"A soma dos dois números é: "<<soma(&num1, &num2)<<endl;
    
   return 0;
}

Fim do nosso programa, agora vamos compilar.

g++ -Wall -pedantic calculadora.cpp -o calculadora

Rodar o executável criado:

./calculadora

Vimos como criar nossa biblioteca, usamos uma função fora do nosso programa. As passagens foram feitas por parâmetro. Na declaração fez-se #include "soma.h", usamos as aspas; para isso o arquivo da biblioteca tem que estar dentro do diretório onde está o arquivo.cpp.

Para usarmos a chamada clássica #include <soma.h> teremos que mover o arquivo.h para dentro do diretório de biblioteca do C++ no sistema.

Espero tem ajudado. Quaisquer dúvidas, mandem e-mails.

Outras dicas deste autor

Facilitando a compilação com o g++

Leitura recomendada

Enviando e-mail em modo texto com anexo

Netbeans IDE 6.5 no Linux Ubuntu 8.10

Linux: o que é preciso para as pessoas começarem a usar?

Aumentando LV (Logical Volume) e RS (File System) sem causar indisponibilidade

Integração de autenticação Squid com NIS

  

Comentários
[1] Comentário enviado por andrezc em 08/04/2010 - 10:58h

Opa, isso me serve. Tá nos favoritos já.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts