Compilando Samba4 no CentOS 8

Publicado por Daniel Lara Souza em 16/10/2019

[ Hits: 6.590 ]

Blog: http://danniel-lara.blogspot.com/

 


Compilando Samba4 no CentOS 8



Vamos lá compilar e instalar o Samba4 no CentOS 8.

Desative o SELinux e Firewalld, caso não saiba usar, se souber pode deixar ativo e ajustar após.

Após instalação e update do CentOS, desative o SElinux:

# vim /etc/selinux/config

E deixe assim:

SELINUX=disabled

Desativar o Firewalld:

# systemctl disable firewalld

Instalar o Repo Epel:

# yum -y install epel-release

Ativar o repo PowerTools:

# yum config-manager --set-enabled PowerTools

Efetuar o update do servidor:

# yum update -y

Reinicie o mesmo.

Instale os pacotes necessários para compilar o samba:

# yum install docbook-style-xsl gcc gdb gnutls-devel gpgme-devel jansson-devel \
keyutils-libs-devel krb5-workstation libacl-devel libaio-devel \
libarchive-devel libattr-devel libblkid-devel libtasn1 libtasn1-tools \
libxml2-devel libxslt lmdb-devel openldap-devel pam-devel perl \
perl-ExtUtils-MakeMaker perl-Parse-Yapp popt-devel python3-cryptography \
python3-dns python3-gpg python36-devel readline-devel rpcgen systemd-devel \
tar zlib-devel cups-devel -y


Agora, ajuste o seu /etc/hosts:

# vim /etc/hosts

Adicione o nome e IP do seu servidor:

192.168.0.185     srvdc.home.local    srvdc

Vamos efetuar o download da última versão do Samba4, no caso dessa dica, estou usando a versão 4.11.0:

# wget https://ftp.samba.org/pub/samba/samba-latest.tar.gz

Descompacte o mesmo:

# tar -xzvf samba-latest.tar.gz

Acesse o diretório:

# cd samba-4.11.0

Rode o "./configure":

# ./configure

Depois o "make":

# make

Agora, o "make install":

# make install

Criamos agora um PATH para os comandos do samba:

# vim /etc/profile.d/samba4.sh

if [ $(id -u) -eq 0 ]
then
  PATH="/usr/local/samba/sbin:$PATH"
fi
PATH="/usr/local/samba/bin:$PATH"
export PATH

Salve o arquivo.

Agora, suba o domínio:

# samba-tool domain provision --use-rfc2307 --interactive

Copie o "krb5.conf":

# cp /usr/local/samba/private/krb5.conf /etc/

Link simbólico para funcionar o winbind:

# ln -s /usr/local/samba/lib/libnss_winbind.so.2 /lib/libnss_winbind.so
# ln -s /lib/libnss_winbind.so /lib/libnss_winbind.so.2
# ln -s /usr/local/samba/lib/libnss_winbind.so.2 /lib64/libnss_winbind.so
# ln -s /lib/libnss_winbind.so /lib64/libnss_winbind.so.2

# vim /etc/nsswitch.conf

E deixe assim:

passwd:     files sss winbind
group:      files sss winbind

Crie o arquivo de inicialização do samba:

# vim /lib/systemd/system/samba-dc.service

[Unit]
Description= Samba 4 Active Directory
After=syslog.target network.target remote-fs.target nss-lookup.target

[Service]
Type=forking
LimitNOFILE=16384
ExecStart=/usr/local/samba/sbin/samba -D
ExecReload=/usr/bin/kill -HUP $MAINPID
PIDFile=/usr/local/samba/var/run/samba.pid

[Install]
WantedBy=multi-user.target

Agora, para ativar na inicialização do CentOS:

# systemctl enable samba-dc

Iniciar o serviço do samba:

# systemctl start samba-dc

Guia de referência: Package Dependencies Required to Build Samba - SambaWiki

Outras dicas deste autor

Instalando Spacewalk no Fedora 27

Servidor DHCPD no Fedora 21

i-MSCP - Internet Mutli-Server Control Panel no Debian

Instalando MariaDB no CentOS 5.7

Configurando SNMP V3 no Ubuntu 12.04

Leitura recomendada

Como montar disco virtual no openSUSE 13.1 (Processo semelhante ao Windows)

Renomear maiúsculas para minúsculas

Programa de formatação de disquete no X11

O que diabos é um sistema de arquivos

Acessar compartilhamento Windows

  

Comentários
[1] Comentário enviado por willian.firmino em 11/03/2020 - 10:06h

Utilizando esta abordagem, fica difícil manter? Pergunto sobre atualizações de segurança, uma vez que terá que compilar a cada atualização, não sei quanto seguro é seguindo este modelo com samba.

Estou com uma maquina aqui para a instalação de um controlador de domínio, estou estudando o caso porém tenho que ser rápido, preciso decidir se sigo esta abordagem com Cento 8 compilando o samba, se aguardo o Ubuntu 20.04 Server que acredito que já venha com suporte para provisionamento do samba nativo nos pacotes oficiais, ou se tento um All in One como o "nethserver" https://www.nethserver.org/ que tem o CentOS 7 no background.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts