Comandos de manipulação de arquivos e diretórios

Publicado por Cesar Filie em 06/06/2013

[ Hits: 27.289 ]

 


Comandos de manipulação de arquivos e diretórios



touch

Atualiza a última data de acesso ao arquivo. Se o arquivo não existir, será criado vazio por padrão.

Sintaxe: touch [opções] arquivo

Opções:
  • -c :: não cria o arquivo, caso este não exista.
  • -m :: atualiza somente a hora da modificação.
  • -a :: atualiza somente a data de acesso.
Exemplos:

Atualiza a data de acesso do arquivo, caso não exista, é criado vazio:

touch spcbrasil.txt

Cria o arquivo em branco:

touch arquivo
$ touch arquivo2 arquivo3


rm

Remove arquivos.

Sintaxe: rm [opções] arquivos

Opções:
  • -f :: não exibe mensagens de confirmação para eliminar arquivos.
  • -i :: pede confirmação antes de eliminar.
  • -r :: apaga recursivamente o conteúdo de um diretório.
  • -v :: exibe o nome de cada arquivo antes de eliminá-lo.

Exemplos:

rm spcbrasil.doc
$ rm -r /diretório/conteúdo


mkdir

Cria diretórios.

Sintaxe: mkdir [opções] nome_diretório

Opções:
  • -p :: cria os diretórios-pai, se ainda não existirem.
  • -m perm :: cria um diretório com a permissão de acesso perm.
  • --verbose :: mostra o nome de cada diretório criado.

Exemplos:

Cria o diretório "protegido" com a permissão 600:

mkdir -m 600 protegido

Cria os diretórios "dir1", "dir2" e "dir3":

mkdir dir1 dir2 dir3

Cria o diretório "documentos" e o diretório-pai "temp2":

mkdir -p /operftp/temp1/temp2/documentos

rmdir

Remove diretórios vazios.

Sintaxe: rmdir [opções] diretorio

Opções:
  • -p :: remove os diretórios intermediários se estes estiverem vazios.
  • --verbose :: mostra o nome de cada diretório removido.

Exemplos:

rmdir dir1 dir2

Remove o diretório vazio "temp2":

rmdir /operftp/temp2

Remove os diretórios vazios "documentos", "temp2" e "temp1":

rmdir -p /operftp/temp1/temp2/documentos

Apaga todos os arquivos do diretório corrente:

rmdir -ri *

mv

Move ou renomeia arquivos e diretórios.

Sintaxe: mv [opções] fonte destino

Opções:
  • -b :: faz backup dos arquivos que estão sendo movidos ou renomeados.
  • -f :: remove arquivos existentes sem confirmação.
  • -i :: pede confirmação antes de mover um arquivo que irá sobrescrever outro.
  • -v :: exibe o nome do arquivo antes de movê-lo.

Exemplos:

Move o SPC.doc do diretório "/operftp/origem" para "/operftp/destino":

mv /operftp/origem/SPC.doc /operftp/destino

Muda o nome do arquivo "spc1.doc" para "spc2.doc":

mv spc1.doc spc2.doc

Muda o nome do arquivo "spc1.doc" para "spc2.doc" pedindo confirmação ao sobrescrever o "spc2.doc" e criando arquivo de backup:

mv -bi spc1.doc spc2.doc

cp

Copia um ou mais arquivos.

Sintaxe: cp [opções] /caminho/arquivos_fonte /caminho/arquivos_destino

Opções:
  • -a :: preserva todos os atributos de arquivo.
  • -b :: faz backup antes de copiar.
  • -p :: preserva propriedade, permissões e o timestamp do arquivo.
  • -r ou -R :: copia recursivamente.
  • -u :: copia somente os arquivos fonte mais novos que os arquivos destino.

Exemplos:

Copia o arquivo "spc1.doc" com o nome de "spc2.doc" pedindo confirmação ao sobrescrever o "spc2.doc":

cp -i spc1.doc spc2.doc

Copia o arquivo "spc1.doc" do diretório "/operftp/origem" para "/operftp/destino":

cp /operftp/origem/spc1.doc /operftp/destino

ln

Cria links para arquivos ou diretórios. Cria tanto links simbólicos (soft links), como diretos (hard links). O padrão é links diretos.

Sintaxe: ln [opções] caminho nome_link

Opções:
  • -s :: cria link simbólico.
  • -d :: cria link direto para diretório (só root)
  • -f :: força a criação do link.
  • -b :: faz backup de cada arquivo de destino existente.
  • -i :: pede confirmação antes de remover arquivo.

Exemplos:

Cria o link direto "link1.doc". Se você apagar o "spc1.doc", o arquivo "link1.doc" permanecerá e vice-versa. Se você fizer alterações no "spc1.doc", essas alterações também aparecerão no "link1.doc" e vice-versa. O arquivo só desaparecerá se você apagar "spc1.doc" e "link1.doc".

Obs.: lembre-se de que, em um link direto, associam-se dois ou mais nomes de arquivo a um mesmo inode.

ln /operftp/tmp/spc1.doc link1.doc

Cria o link simbólico "link1.doc". Se você apagar o "link1.doc", não perderá o arquivo original. Você só perderá o arquivo, se apagar o "spc1.doc":

ln -s /operftp/tmp/spc1.doc link1.doc

Outras dicas deste autor

Comandos para localização de arquivos

O comando telnet

Comandos de compactação / descompactação

Gerenciador de pacotes RPM

Comandos de manipulação de terminal

Leitura recomendada

Verificando espaço em filesystems e pastas

Ubuntu 12.04 - Configuração de Dual View

type - Determinar o tipo de um comando

Habilitando busca incremental de comandos no terminal GNU/Linux

Alterando pasta padrão /var/www para pasta no Apache 2 (Debian 8)

  

Comentários
[1] Comentário enviado por elvisdsb em 03/06/2014 - 18:48h

O que significa a palavra "recursivamente" no mundo Linux? Significa selecionar mais de um arquivo ou diretório para executar algum comando? Agradeço muito por uma resposta.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts