Comandos ARP

Publicado por Carlos E Carlasssara em 24/05/2006

[ Hits: 54.844 ]

 


Comandos ARP



Segue uma dica de como funciona a tabela ARP. Espero ajudar.

Como funciona?


Suponha que você esteja no sistema 200.35.119.42 e queira conectar o sistema 200.35.119.40. Seu sistema primeiro irá verificar que 200.35.119.40 está na mesma rede, então ele pode conversar diretamente via Ethernet. Então, ele irá procurar 200.35.119.40 em sua tabela ARP, para ver se o seu endereço Ethernet já é conhecido. Caso seja conhecido, o sistema irá adicionar um cabeçalho Ethernet e enviar o pacote.

Mas suponha que este sistema não esteja na tabela ARP. Não há como enviar o pacote, porque você precisa do endereço Ethernet. Então, o seu sistema usa o protocolo ARP para enviar uma requisição ARP. Essencialmente uma requisição ARP diz 'Eu preciso o endereço Ethernet para 200.35.119.40 [LIANE].

Todo o sistema escuta requisições ARP. Quando um sistema vê uma requisição ARP para ele mesmo, ele é requisitado a responder. Então 200.35.119.40 verá a requisição e responderá com uma resposta ARP dizendo como resultado '200.35.119.40 é 02-60-8c-2d-21-e4' (lembre-se que endereços Ethernet são de 48 bits, o que são 6 octetos. Endereços Ethernet são convencionalmente apresentados em hexadecimal, usando a pontução mostrada acima).

Seu sistema irá salvar esta informação em sua tabela ARP, então, os futuros pacotes para esse mesmo endereço poderão ir diretamente. Muitos sistemas tratam a tabela ARP como uma cache e limpam suas entradas, se estas não forem usadas em um determinado período de tempo.

Sintaxe


# ARP -a [unix [kmem ] ]
# ARP -d hostname
# ARP -f filename
# ARP -s hostname ether address [ temp ] [ pub ] [ trail ]


Opções

  • -a: Mostra todas as entradas ARP corrente lidas da tabela de um arquivo kmem baseada no arquivo núcleo do Unix;
  • -d: Apaga uma entrada para o host chamado. Esta opção só poder ser usado pelo superusuário;
  • -f: Lê o arquivo chamado filename e marca diversas entradas na tabela ARP;
  • -s: Criar uma entrada ARP para o host chamado hostname com o endereço Ethernet. O endereço Ethernet é mostrado com 6 bytes hexadecimais separados por pontos. A entrada será permanente a menos que a palavra temp faça parte do comando. Se a palavra pub fizer parte do comando a entrada será divulgada. Para este caso, este sistema responderá para a requisição ARP o hostname constante sem o hostname is not its own. A palavra trail indica que esse trailer deve ser encapsulado para este host.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Como reparar o arquivo "status" [Resolvido]

Bootchart: Monitorando o boot do sistema Linux

Simuladão para Certificação Linux

O sistema operacional Tropix

Como Habilitar Virtualização Aninhada (Nested) no KVM

  

Comentários
[1] Comentário enviado por gnu em 30/06/2006 - 11:26h

vide: http://penta.ufrgs.br/uel/douglas/dotrab1_2.html.... decepcionante



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts