CentOS + Qmail-Toaster = SpamHaus/SpamCop com Score

Publicado por Marcio Jose em 21/01/2009

[ Hits: 9.496 ]

Blog: http://br.linkedin.com/in/marciojose

 


CentOS + Qmail-Toaster = SpamHaus/SpamCop com Score



Ambiente: Linux CentOS 5.0 com pacote Qmail-Toaster

Problema: usando o cliente de email, estava sendo barrado o envio de IPs que estavam em blacklist nos servidores do SpamHaus e SpamCop, pois é feita a verificação antes mesmo da autenticação.

Solução: implementar a verificação de blacklist do SpamCop e SpamHaus no Spamassassin para computar como um score alto o bastante para ocorrer o reject do email. Com o Spamassassin no ambiente que tenho libera relay para os domínio que tenho localmente, não haverá problema no envio.

1) editar arquivo /etc/mail/spamassassin/local.cf, habilitando no spamassassin para verificar blacklists:

skip_rbl_checks 0

2) adicionar as linhas abaixo ao final do arquivo com relação à consulta e score das regras:

# SPAMHAUS blacklist

header RCVD_IN_XBL_SPAMHAUS_ORG eval:check_rbl_txt('zen', 'zen.spamhaus.org.')
describe RCVD_IN_XBL_SPAMHAUS_ORG Received via a relay in zen.spamhaus.org
tflags RCVD_IN_XBL_SPAMHAUS_ORG net
# Colocar score maior do que está em required_score. Caso queira dropar o email, colocar
# acima do que está em spam_hits no arquivo /var/qmail/control/simcontrol
score RCVD_IN_XBL_SPAMHAUS_ORG 25.0

# SPAMCOP

header RCVD_IN_SPAMCOP__NET eval:check_rbl_txt('spamcop', 'bl.spamcop.net.', '(?i:spamcop)')
describe RCVD_IN_SPAMCOP__NET Received via a relay in zen.spamcop.net
tflags RCVD_IN_SPAMCOP__NET net
# Colocar score maior do que está em required_score. Caso queira dropar o email, colocar
# acima do que está em spam_hits no arquivo /var/qmail/control/simcontrol
score RCVD_IN_SPAMCOP__NET 25.0

3) caso deseje, pode alterar as regras no diretório /usr/share/spamassassin/, comentando as que fazem referência à SpamCop e SpamHaus. Fiz para não ficar redundante. A razão por ter feito as duas listas de forma manual foi por que assim pude customizar o score.

4) refaça os arquivos cdb.

sudo qmailctl cdb

Resultado:

Reloaded /etc/tcprules.d/tcp.smtp
Reloaded /var/qmail/control/badmimetypes.cdb
Reloaded /var/qmail/control/badloadertypes.cdb
Reloaded /var/qmail/control/simversions.cdb
Reloaded /var/qmail/control/simcontrol.cdb

5) pode ser feito o reload, mas não é em todas as distribuições que adianta, portanto, faça:

sudo qmailctl stop
$ sudo qmailctl start


6) no meu caso, a consulta e o bloqueio do IP é feita através do tcp.rules, sendo assim, editei o arquivo:

sudo vi /etc/tcprules.d/tcp.smtp

7) a linha que trata a conexão vinda por tcp.smtp ficou assim:

:allow,REQUIREDAUTH="",BADMIMETYPE="",BADLOADERTYPE="M",\\
CHKUSER_RCPTLIMIT="50",CHKUSER_WRONGRCPTLIMIT="10",\\
QMAILQUEUE="/var/qmail/bin/simscan",NOP0FCHECK="1"

O bloqueio dos emails através da verificação no SPAMCOP e SPAMHAUS antes da autenticação reduz a utilização do processamento do servidor, uma vez que nem ao menos passa pelas regras. Nessa solução, tive que sacrificar um pouco o processamento. Os emails antes que nem entravam no servidor, por estar em blacklist, agora entram para serem processados. No meu caso, os fins justificaram os meios.

Outras dicas deste autor

Roteamento com marcação de pacotes

Leitura recomendada

Configurando o Gmail como aplicativo preferencial de e-mail

Mudando a porta do webmail Zimbra

Acessar links e anexos automaticamente no Thunderbird

Postfix - Ativando porta 587 SMTP

Problema com Evolution (evolution:1725)

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts