Bind 9 - Erro "network unreachable" [Resolvido]

Publicado por Rafael Alves de Lima em 27/03/2012

[ Hits: 23.986 ]

 


Bind 9 - Erro "network unreachable" [Resolvido]



Estava com um erro no Bind, que apresentava várias linhas como esta abaixo.
named[xxxx]: network unreachable resolving

Descobri que o Bind estava tentando resolver IPv6, e com isso, estava aparecendo estes erros.

Para resolver:

Distro: Ubuntu

# vi /etc/default/bind9

Estava assim:

# startup options for the server
OPTIONS="-u bind"


Alterei para:

# startup options for the server
OPTIONS="-4 -u bind"


O atributo '-4' indicará ao Bind para resolver somente IPv4.

Restartar o Bind:

# /etc/init.d/bind9 restart

Problema foi resolvido.

Dúvidas?

Rafael Alves de Lima

Consultor Linux / Programador Web
rafaelcse[at]msn.com

Outras dicas deste autor

[Resolvido] Monitoramento CACTI com SPINE

Resetando dispositivo Ubiquiti (UBNT) via SSH

Delegação de DNS RFC-2317

Leitura recomendada

Nmap online

Esqueceu a senha do root. Troque-a

Bloqueando o Orkut pelo iptables

Que porta é essa? Identificando porta estranha no Linux

Ataque de dicionário com OpenSSL - quebrando senhas

  

Comentários
[1] Comentário enviado por nickmarinho em 27/03/2012 - 19:10h

Amigo é isso que resolve o problema de lentidão na net do Linux.

Quero dizer, ouço muita gente dizer que a net no linux é mais lenta que no ruindows e isso acontece comigo tbm.

A net no windows parece que é distribuida de forma mais uniforme, mais correta, e talvez seria pelo fato de o bind tentar resolver os IPV6 e não consegue ?

Pode ser estupida a minha pergunta, mas já ouvi muito isso.

[2] Comentário enviado por rafa.lima.rr em 29/03/2012 - 09:16h

Opa Cara. Nenhuma Pergunta é estupida!

Em teoria a internet no windows é mais lenta que no linux.

O windows tem um sistema de atualização que consome por volta de 8% da sua banda com atualizações automáticas.

Essa configuração que eu coloquei na dica é uma configuração para servidor DNS Recursivo.

Que é um servidor do seu provedor de internet que quando você escreve um nome no browser ele transforma em um IP. independente do sistema operacional cliente.(LINUX, Ruwindows, bsd).

Com essa dica o processamento desse servidor ira diminuir e os logs do serviço (Bind) mais limpo mas seria transparente para o usuários como você!

A unica coisa que eu saiba que no windows é melhor que no linux é o Active directory.

O Servidor Samba ainda esta sendo atualizado para ser melhor em todos os serviços.


Para a sua navegação ser mas rápida no linux tenta utilizar o Crome para Linux!

Valeu o Comentário e espero ter explicado melhor!

[3] Comentário enviado por nickmarinho em 29/03/2012 - 09:44h

Olha eu já utilizei tanto Debian, como Gentoo e Ubuntu e nas 3 situações, pelo menos no Firefox...bom sabe quando abrimos uma série de abas no Firefox, tipo segurando o CTRL e clicando nos links ?

Como Desenvolvedor PHP eu faço muito isso, principalmente quando estou pesquisando algo no Google, nesse momento reparo sempre que no ruindows a resposta é mais rápida, digo o carregamento individual das abas durante esse stress...

Sei lá, por isso me perguntei se não fosse estupidez minha pergunta.

Entende ?

Desculpa a chatisse e abraços

[4] Comentário enviado por rafa.lima.rr em 30/03/2012 - 09:56h

Você só sente essa diferença no Firefox ou com outros sistemas?

Pelo que entendi, Quando você esta carregando mais de uma pagina o Windows trata melhor o Multi thread e o gerenciamento de contextos que no linux.

- Esse tratamento é do kernel Linux. sendo igual para todas as distros;.

Acredito que seja alguma peculiaridade do Firefox com o kernel. utilizo o cromium quando estou rodando linux(Ubuntu) e não vejo diferença de performance.

Também sou desenvolvedor PHP e passo por essas situações.

[5] Comentário enviado por nickmarinho em 30/03/2012 - 11:28h

Então Rafa, bele ?

Eu não cheguei a testar no chrome para te dizer, mas é Firefox que eu uso. Ainda penso que o chrome não bate o Firefox em questões de addons.

Valeu!

[6] Comentário enviado por igor_rocha em 01/07/2012 - 05:26h

Para os usuários do Centos basta adcionar a linha OPTIONS=-4 no final do arquivo /etc/sysconfig/named

[]S

[7] Comentário enviado por Carlos_Cunha em 23/10/2012 - 11:03h


[6] Comentário enviado por igor_rocha em 01/07/2012 - 05:26h:

Para os usuários do Centos basta adcionar a linha OPTIONS=-4 no final do arquivo /etc/sysconfig/named

[]S


Opa! Obrigado dica ao Amigo que criou o tópico e também ao igor_rocha que deu a dica para o CentOS
Abraço a todos e funcionou a dica acima :-D

[8] Comentário enviado por newtonrocha em 15/02/2013 - 09:07h

Valeu cara!!
Funcionou belezura...

[9] Comentário enviado por camun em 11/07/2017 - 10:40h

Muito bom cara funcionou no meu



Contribuir com comentário