Amule, DreaMule, Emule: todos juntos pelo mesmo arquivo!

Publicado por Evaldo Avelar Marques em 09/03/2009

[ Hits: 12.808 ]

Blog: http://evaldoavelar.blogspot.com/

 


Amule, DreaMule, Emule: todos juntos pelo mesmo arquivo!



Sei que como eu, existem pessoas que precisam usar alguma coisa no Windows nativo e às vezes precisa passar um tempo nesse sistema. O problema é quando você esta fazendo um compartilhamento de arquivos P2P e não quer parar de fazer o download. Uma solução é usar Amule, DreaMule e Emule, todos juntos!

No Windows:

Instale o Dreamule ou Emule (eu gosto mais do Dreamule por achar que tem uma performance melhor no download e mais servidores ativos).

Depois de baixar é só abrir e dar next> next >finish no instalador.

Pronto! O Emule/Dreamule está(ão) instalado(s) no Windows!

No Linux:

Instale o amule:

# vim /etc/apt/sources.list

Adicione a linha ao sources.list:

#aMule 2.1.3
deb http://amule-debian.dyndns.org/ debian/

Atualize o apt e instale:

# apt-get update
# apt-get install amule


Configurando a partição/HD do Windows:

Agora precisamos montar a partição ou o HD onde se encontra instalado o Emule/Dreamule no Windows.

Para montar partições NTFS com permissão de escrita você precisa instalar o ntfs-3g. Nesse link você encontra as informações que precisa: Como montar partições NTFS no Linux.

Dica: Sempre tenha um backup dos seus dados antes de instalar qualquer software novo. Isso evita muita dor de cabeça.

Após instalar o ntfs-3g, se quiser quiser que ele monte automaticamente no boot, pode configurar o arquivo fstab para isso:

# vim /etc/fstab

Adicione a linha:

/dev/hda1     /mnt/ntfs     ntfs-3g     rw,user,auto,umask=000   0      0

Configurando o amule:

Abra o amule (no KDE tecle Alt+F2 e no prompt digite "amule"), clique em preferências -> pastas.

Veja que ele possui 2 campos: Incoming e Temp (no Emule/Dreamule do Windows é a mesma coisa, se você quiser pode alterar esses diretórios, no meu caso deixei em D:\emule).

Incoming é onde ele salva os arquivos completos (é aqui que ficam os arquivos após o término do download) e Temp é o local onde ele salva os arquivos temporários.

Em Incoming coloque o path para o emule que está instalado no Windows. No meu caso:

/media/Dados/eMule/Incoming

e a agora o Temp:

/media/Dados/eMule/Temp

Compartilhando os arquivos que estão na partição/HD do Windows:

No mesmo local acima tem um tem uma árvore de diretórios para compartilhamento. Navegue pelos diretórios e selecione as pastas que deseja compartilhar. Basta clicar com o botão direito para selecionar subdiretórios.

Fecha e abra o amule.

O mesmo arquivo que você baixar no Windows pode continuar a baixá-lo no Linux e vice versa. Simples assim!

E viva a liberdade!

Dica:

Nesta página você encontra um tutorial detalhado sobre o emule: Super tutorial do Emule
Linux: Amule, DreaMule, Emule: Todos juntos pelo mesmo arquivo!
Outras dicas deste autor

Lazarus: Resolvendo o problema da jpegforlazarus no Linux

Adicionando diretórios ao Elisa (Media Center para Linux)

Dropbox com dual boot

O poder do root, esse mega super usuário

Lazarus: Can't find unit Libc used by...

Leitura recomendada

Instalando o xvidcap no Debian 5

Cinnamon 2.6 no Ubuntu e derivados

Equalizador para o Rhythmbox

Grub Customizer no Mageia Linux

Temporizador Happy Timer

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts