Adicionando o Timestamp no History

Publicado por Diego Mendes Rodrigues em 06/04/2020

[ Hits: 588 ]

Blog: https://www.linkedin.com/in/diegomendesrodrigues/

 


Adicionando o Timestamp no History



Trabalho gerenciando diversos servidores, junto com outros analistas da empresa. Diversas APIs estão sob minha responsabilidade, sendo elas desenvolvidas com Spring Boot, portanto, o deploy delas é realizado através do comando:

java -jar

Quando uma API se torna offline em um servidor, costumo entrar nele e ver o histórico de comandos executados, buscando uma possível causa do problema.

O comando history ajuda muito nesta análise, mas podemos deixar o seu resultado melhor. Existem 2 informações que podem ser colocadas no retorno dele, que podem auxiliar na exibição dos resultados:
  1. Número do comando na lista de retorno
  2. Data e hora de execução

Outra alteração que faço, é aumentar o número de comandos armazenados no history. Por padrão, as distribuições armazenam os 1000, ou 2000, últimos comandos, sendo que eu altero para 3000.

As configurações são realizadas no seu arquivo ~/.bashrc. Adicione as seguintes linhas nesse arquivo:

HISTTIMEFORMAT="%F %T "
HISTFILESIZE=3000

Linux: Adicionar o timestamp no history
Agora, ao utilizar seu comando history, o retorno será dessa forma:

   20  2020-04-01 15:29:57 sudo apt update
   21  2020-04-01 15:29:57 sudo apt install jenkins
   22  2020-04-01 15:29:57 sudo systemctl enable --now jenkins
   23  2020-04-01 15:29:57 ip aadr
   24  2020-04-01 15:29:57 ip addr
   25  2020-04-01 15:29:57 cat sudo systemctl enable --now jenkins
   26  2020-04-01 15:29:57 sudo cat /var/lib/jenkins/secrets/initialAdminPassword
   27  2020-04-01 15:29:57 ip addr
Linux: Adicionar o timestamp no history
Outras dicas deste autor

Ping - Como identificar o Sistema Operacional

Instalar o PuTTY no Linux

Instalar o Maven no Ubuntu

Listar os arquivos ordenados pelos seus tamanhos

Ubuntu Budgie 18.04 LTS Released

Leitura recomendada

Novo espelho brasileiro para o Manjaro

Logitech Marble Mouse

Acentuação nas pastas e arquivos no Debian

Compartilhando internet e pastas no Ubuntu 10.4

Instalando e iniciando o Blackbox

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts