Compartilhar uma conexão via rádio na rede interna

Pretendo mostrar de forma muito simples e objetiva como é fácil compartilhar a internet utilizando o Linux como servidor e Windows XP ou Linux nos desktops clientes.

[ Hits: 15.409 ]

Por: José Antônio Nunes de Morais em 06/02/2010


Configurando o cliente Windows XP e depois Linux



Como está tudo ok com o servidor, agora vamos configurar o cliente XP.

Compartilhando no Windows XP (cliente)

Vá ao Painel de Controle e escolha "Conexão de rede", clique no botão direito e escolha propriedades ou vá ao menu arquivo e escolha propriedades.

Na caixa Propriedade da Conexão escolha "Protocolo TCP/IP" marcado com V e escolha novamente propriedades - na caixa "Propriedade do Protocolo TCP/IP" clique em "Usar o seguinte endereço de IP", em "Endereço IP" coloque o IP da maquina cliente, no meu caso 192.168.0.2, este é o IP do cliente, no seu caso coloque o que você quiser ou tiver da sequência.

192.168.0.x máscara de subrede 255.255.255.0

Gateway padrão é o IP do seu roteador de internet, no meu caso o IP é o 10.3.3.14.

No DNS preferencial, 192.168.0.1, que é o IP do servidor.

No DNS secundário, 10.3.3.1, que é o gateway do meu provedor de internet.

Compartilhar no Linux (cliente)

Vá ao menu Configurações -> Internet & rede -> Configurações de rede e escolha a guia "rota".

Gateway padrão - 192.168.0.1

Dispositivo: eth0

Ou se preferir configurar via linha de comando:

# ifconfig eth0 192.168.0.2 up

Editar o arquivo /etc/resolv.conf. Vamos utilizar o mcedit, mas você pode utilizar o vi, vim ou outro editor de texto do tipo binário.

# mcedit /etc/resolv.conf

nameserver 170.180.190.1
nameserver 200.162.120.15
nameserver 10.3.3.1

F10 para salvar e sair.

No caso do resolv.conf, os valores da segunda coluna são os respectivos servidores DNS primário, secundário e terciário, nesta ordem. Só o primário já é o suficiente. Você pode usar o DNS de sua rede, provedor ou até mesmo algum público da internet.

Nota: No meu caso o meu provedor via rádio utiliza IP dinâmico (semi dinâmico digamos assim), se o seu for fixo, melhor. Outra coisa, substitua os valores do seu provedor nos locais onde eu coloquei os dados do meu.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Configurando o servidor Linux
   2. Configurando o cliente Windows XP e depois Linux
Outros artigos deste autor

Como configurar a sua placa de TV PixelView PlayTV Pro no Linux

Instalação do Lazarus no Slackware Linux

Leitura recomendada

SSH: Autenticando através de chaves

Como instalar e configurar Apache-Tomcat 6 no Debian Lenny com o Apache2

Teste a vulnerabilidade de seu PC

Warsaw no Fedora 28 funcionando - Internet Banking

Youtube + Buddy Poke x Iceweasel + Flash no Debian Etch

  
Comentários
[1] Comentário enviado por leandrojpg em 19/02/2010 - 07:15h

Janunes gostei mesmo do seu post, mas gostaria de fazer uma crítica construtiva, na verdade não chega ser bem uma crítica e sim um toque

em determinado momento no post você especificou que o IP do servidor é o 192.168.0.1. e quando você configurou o cliente linux você colocou
um outro gateway comecando com 10.xxxx, no caso não seria o 192.168.0.1 o gateway para o cliente? assim esse mesmo ip também não seria o DNS para esse mesmo cliente?

no mais parabéns pela sua postagem ela foi útil pra mim .


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts