PacketFence em Debian 6

Este artigo tem o objetivo de comentar o software PacketFence, em sua primeira versão para Debian Squeeze.

[ Hits: 24.638 ]

Por: Eliezer Rosa em 05/06/2012


Instalação do Packetfence no Debian 6



Devemos adicionar os fontes ao arquivo /etc/apt/sources.list:

# vim /etc/apt/sources.list

deb http://inverse.ca/downloads/PacketFence/debian squeeze squeeze

Criar as chaves de segurança:

# apt-key adv --keyserver keys.gnupg.net --recv-key 0x810273C4

E logo:

# apt-get update

Agora, o software:

# apt-get install packetfence

(informe os dados de acesso ao mysql criados anteriormente)

Após a instalação dos pacotes, seguir os passos abaixo.

Ir para o caminho padrão da ferramenta:

# cd /usr/local/pf/conf

Obs.: Quando solicitar o servidor DHCP, informe o IP do Linux ou do localhost (do eth1 - interno é claro).

Executar:

# ./installer.pl

No decorrer da instalação, deixe todos os itens como padrão, exceto a senha do banco de dados "PF", também criados nesta seção.

Executar

# ./configurator.pl

Obs.: Escolha "inline" para configuração simples e "vlan" se deseja criar vlans. Também pode escolher configuração mista.

Prontas estas configurações, devemos configurar os arquivos pf.conf e networks.conf.

Seguem os exemplos, que devem ser adaptados para sua configuração.

Arquivo pf.conf:

[general]
domain=yourdomain.org
#Inserir os servidores DNS
dnsservers=192.168.2.1,200.176.2.10,200.16.2.12,8.8.8.8,8.8.4.4
dhcpservers=192.168.2.1,192.168.3.1,192.168.5.1
[trapping]
registration=enabled
detection=enabled
range=192.168.2.0/24 #REDES A SEREM LIBERADAS, SEPARADAS POR VÍRGULA
[registration]
auth=local #método de autenticação - pode ser integrado com o LDAP
[interface eth0]
mask=255.255.255.0
type=management
gateway=192.168.1.1
ip=192.168.1.5 #ip da interface eth0


[interface eth1]
mask=255.255.255.0
type=internal
enforcement=inline
gateway=192.168.2.1 #ip da interface interna eth1
ip=192.168.2.1

Arquivo networks.conf:

[192.168.2.0] "Endereço da Rede Interna"
netmask=255.255.255.0
gateway=192.168.2.1
next_hop=
domain-name=meupacket.local
dns=192.168.2.1,200.176.2.10,200.16.2.12,8.8.8.8,8.8.4.4
#CONFIGURAÇÃO DE DHCP
dhcp_start=192.168.2.10
dhcp_end=192.168.2.100
dhcp_default_lease_time=300
dhcp_max_lease_time=600
type=inline
named=enabled
dhcpd=enabled

PacketFence fornece uma interface de administração baseada na web para fácil configuração e gerenciamento operacional. Afim de acessar a interface, o usuário precisa criar uma conta administrador e uma de serviços web.

O usuário precisa criptografar a nova senha no arquivo admin.conf com o htpasswd:

# htpasswd -d /usr/local/pf/conf/admin.conf admin

Digite a nova senha duas vezes.

Em seguida, novamente para webservice:

# htpasswd -d /usr/local/pf/conf/admin.conf webservice

Digite a nova senha duas vezes. Use uma senha forte. O usuário nunca terá que entrar mais de uma vez.

Uma vez que o PacketFence é iniciado, a interface de administração está disponível em:

https://<hostname>:1443/

Dicas:

SELinux

Mesmo que essa característica possa ser pretendida por algumas organizações, o PacketFence não será executado corretamente se o SELinux estiver definido para enforced. Você precisará desativá-lo explicitamente no arquivo /etc/selinux/config.

Para uma configuração mais robusta, a documentação é bem completa, explicativa e já possui um guia do administrador em português:

Notas finais

Segundo a documentação:

É dada permissão para copiar, distribuir e/ou modificar sob os termos da GNU Free Documentation License, versão 1.2 ou qualquer versão posterior publicada pela Free Software Foundation; sem Seções Invariantes, sem Textos de Capa Frontal, e sem Textos de Capa do Verso. Uma cópia da licença está incluída na seção intitulado "GNU Free Documentation License".

Versão 3.1.0 - Dezembro 2011

Fonte: http://www.packetfence.org/

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Preparação do ambiente
   3. Instalação do Packetfence no Debian 6
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Ferramentas de administração remota

Código Aberto já não é uma questão de gosto

Tutorial de Instalação do ClamAV - Anti-vírus open Source

Detectando vulnerabilidades com o Nessus

Usuário especial para desligar servidores Linux

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts