MaraDNS: Simples - Seguro - Robusto (parte 3)

Vamos ver aqui como usar o MaraDNS para deixar nossa rede mais segura. Aprenderemos como utilizar um servidor de DNS para bloquear todo tipo de malware que existe por aí. É fácil, rápido e indolor.

[ Hits: 21.855 ]

Por: Daniel Zilli em 18/09/2007


Introdução



Depois de mais uma ano de espera um novo artigo sobre o MaraDNS está aqui no VOL. É muito bom voltar a escrever aqui e compartilhar o que aprendi por aí.

Nesse meio tempo, o MaraDNS ficou mais seguro, estável e social. Social??? Sim, pois agora você conta com algumas novidades como o maraconf (minha criação :-) ) e o bind2csv2.py. Ambas ferramentas podem vir a ser dissecadas em futuros artigos, mas apenas para não deixar ninguém com vontade, uma pequena introdução se faz aqui.

maraconf: este é um simples configurador que fiz em bash para orientar e facilitar a configuração de um servidor recursivo e autoritativo. Ficou muito fácil configurar um servidor MaraDNS, experimente, tenho certeza que irá gostar. :-)

bind2csv2.py: este é um programa em python que irá realizar o sonho de muitos administradores. Converter arquivos de zonas bind para arquivos de zonas csv2, ou seja, arquivos de zonas para o MaraDNS. Funciona que é uma maravilha !

Ambas ferramentas se encontram no pacote fonte do MaraDNS.

Fora essas duas ferramentas, o MaraDNS continua com sua tradição de releases periódicos e muita estabilidade e segurança. Mais características novas virão, aguardem!

Voltando para o nosso artigo, este documento é um guia passo a passo para configurar o MaraDNS como um mecanismo de defesa contra o malware. Neste artigo veremos:
  1. Quem é o MaraDNS?
  2. Iremos nos proteger do que?
  3. Como o DNS pode ajudar?
  4. O modo MaraDNS de fazer as coisas.
  5. Créditos.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Quem é o MaraDNS?
   3. O modo MaraDNS de fazer as coisas
   4. Créditos
Outros artigos deste autor

MaraDNS: Simples - Seguro - Robusto

MaraDNS: Simples - Seguro - Robusto (parte 2)

Leitura recomendada

Metaspoit: Brute force + invasão com meterpreter encriptado com RC4

Implementando uma política de segurança eficaz

Detectando vulnerabilidades com o Nessus

CheckSecurity - Ferramenta para segurança simples e eficaz, com opção para plugins

Como fazer: chroot SSH (SSH mais seguro)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por marcrock em 18/09/2007 - 15:50h

Parabéns pelos artigos sobre o MaraDNS !!!!!

Ele realmente possui uma configuração simples e lógica, bem mais fácil que o BIND !!!

Até + .

[2] Comentário enviado por saymon em 19/09/2007 - 10:25h

muito claro...
parabéns!

[3] Comentário enviado por loammy em 21/09/2007 - 16:48h

Realmente esta ferramenta é muito facil de instalar e configurar, mas estou encontrando problemas ao utiliza-la, ligo o servidor no inicio do dia e nas primeiras horas o serviço de resolução de nomes funciona perfeitamente após isto certos endereços (aleatório) ela não consegue resolver os nomes na primeira, é necessário as vezes pedir para atualizar o site umas 5 vezes para funcionar.

Gostaria de saber se aguem ouviu algo a respeito, pois quando utilizo o bind funciona perfeitamente e DNS externo também (Terra)?

[4] Comentário enviado por zilli em 21/09/2007 - 21:59h

loammy, qual versão do MaraDNS que você está usando ?

[5] Comentário enviado por Thiago Madella em 15/09/2008 - 11:34h

Muito bom...mesmo. vle a pena experimentar.

[6] Comentário enviado por juno em 09/08/2011 - 18:31h

Boa tarde
Zilli,

Gostaria de saber se a versão nova do MaraDnS aceita um servidor secundário ou se consigo mesclá-la com o BIND?

[7] Comentário enviado por zilli em 10/08/2011 - 00:35h

Olá juno.

Eu não trabalho mais nesse ramo, mas o MaraDNS aceita sim ser um servidor secundário.

De uma olhada no website: http://maradns.org/faq.html#secondary

Cheers!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts