Manipulação de arquivos em C++

Neste breve artigo faço uma apresentação do conceito de arquivos, como o sistema operacional os encara, em especial em sistemas Linux e como é sua manipulação em C++, com códigos de exemplo de leitura e/ou gravação dos mesmos.

[ Hits: 132.288 ]

Por: Matheus Santana Lima em 13/11/2008


Manipulação de arquivos - Como funciona?



Para a manipulação (leitura e/ou escrita) e criação de arquivo é necessário que façamos uma referência do mesmo à um espaço da memória. Para tanto, o C++ utiliza as classes iostream e fstream.h.

Para realizar gravação em arquivos, fazemos:

ofstream fgrava("livro.txt"); //O objeto fgrava faz referência ao arquivo livro.txt

Para realizar leitura em arquivos, fazemos:

ifstream fleitura("livro.txt"); //O objeto fleitura faz referência ao arquivo livro.txt

Para realizar leitura e gravação em arquivos, fazemos:

fstream fio;
fio.open("livro.txt"); //O objeto 'fio' recebe a referência ao arquivo livro.txt

Manipulação de arquivos, é, de certa forma, parecida com a manipulação de vetores, ambos trabalham com o conceito de posição, a diferença se dá no fato de que arquivos não tem um limite de posições, ao contrário do que ocorre com vetores, assim, teoricamente, podemos adicionar novos registros até o limite físico do disco rígido.
Linux: Manipulação de arquivos em C++
Podemos escolher a posição em que queremos trabalhar no arquivo, para tanto, usamos a função:

<nome_da_objeto_de_entrada_e_saida_de_dados>.seekg(X);

X deve receber a posição do registro no arquivo. Em C++, ao contrário do que ocorre em algoritmo, X não recebe 0, 1, 2, 3 ..., mas sim a posição do registro em forma binária. Para tanto, usamos o seguinte artifício:

sizeof(nome_do_objeto_molde_do_registro)

Posteriormente ilustraremos como utilizar a função sizeof para o posicionamento do arquivo.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. O que são arquivos?
   2. Manipulação de arquivos - Como funciona?
   3. O que são as classes iostream e fstream.h
   4. Exemplo de gravação - (ofstream) - Gravando um registro
   5. Exemplo de gravação - (ifstream) - Lendo um registro
   6. Exemplo de gravação - (ofstream) - Gravando vários registros
   7. Exemplo de gravação - (ifstream) - Lendo vários registros
   8. Exemplo de gravação e leitura - (fstream)
Outros artigos deste autor

Visopsys - Sistema Operacional aberto e portátil para manipulação de discos rígidos

Apresentando e pondo a prova o Mono

Criando Fluxogramas? Use o Dia!

Fazendo montagens com o Gimp

VNC + Hamachi

Leitura recomendada

Manipulação de imagens no formato PPM

Manipulando arquivos em C (parte 1)

Manipulando arquivos em C (parte 2)

Análise dos Métodos de Ordenação usados em Algoritmos Computacionais

Funcionamento da memória

  
Comentários
[1] Comentário enviado por marcrock em 13/11/2008 - 15:21h

Muito bom cara !!!!
Você foi bem objetivo, mesmo eu sem grandes conhecimentos de C++ entendi tudo !

Até mais .

[2] Comentário enviado por vsenna em 17/11/2008 - 02:25h

Muito bom seu texto, está escrito de forma bem clara!

[]'s

[3] Comentário enviado por andrezc em 11/04/2010 - 19:35h

Há alguns erros. Por exemplo, no primeiro código faltou uma biblioteca, a cstring, para usar a função strcpy(). E você usou bibliotecas da linguagem C, como stdio.h. O correto seria:

#include <cstdio>

mesma coisa com

#include <fstream.h>

o correto seria:

#include <fstream>


André
[]'s

[4] Comentário enviado por [email protected] em 16/06/2011 - 12:36h

como faço um programa em c++ que verifique quais as letras do alfabeto estao faltando em um texto por favome ajude envie para:[email protected]

[5] Comentário enviado por DarthVictor em 26/06/2011 - 13:56h

Muito bom. Apesar de sempre ter usado #include <cstdlib.h>, fprinf, fscanf, etc; em C++. Gosto mais das funções em C e muitos programas tem de ser escritos orientado a objetos.

[6] Comentário enviado por LucianoAlexandre em 15/03/2012 - 07:41h

Legal, muito bom o artigo!!!

[7] Comentário enviado por CiroboyBR em 15/05/2015 - 05:42h

Bem fácil de entender. vlw pelo tuto.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts