Lighttpd + SQLite + PHP

Organizei esse tutorial de forma básica e tentando não me prender em qualquer distribuição, de forma que ele possa ser seguido por qualquer um e adaptado para as suas necessidades, inclusive no quesito segurança. Sou usuário do Linux desde 1996/1997 e mesmo assim esse é o primeiro tutorial que escrevo para publicar, qualquer comentário é bem vindo.

[ Hits: 24.535 ]

Por: Rodrigo Caliman em 15/03/2007 | Blog: http://caliman.zapto.org


Introdução



Todo mundo conhece a famosa sigla LAMP (Linux, Apache, MySQL e PHP), um pacote com ferramentas poderosas e leves para desenvolver e manter sites. É claro que algumas "letras" dessa sigla podem ser alteradas de acordo com a necessidade.

Por exemplo, quando resolvi ressuscitar meu P-75 com 32 MB de RAM para hospedar meu blog, percebi que mesmo esses aplicativos, a princípio bastante leves, se tornaram pesados.

Então procurei soluções e acabei substituindo o Apache pelo Lighttpd, leve e poderoso e o MySQL pelo SQLite, que gera um arquivo a ser acessado diretamente pelo PHP, de forma que não ocupa memória e que, mesmo assim, possui recursos suficientes para suprir as necessidades de uma aplicação pequena.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Configurando e instalando
   3. Testando a instalação
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

PHP-GD retorna status do MSN Messenger , Skype e GTalk

Servidor LAMP + PHPMyAdmin + Webalizer

Conheça o PHP-Fusion

Instalando o phpBB num servidor Web

Instalando e configurando Magento E-commerce com Apache2 no openSUSE 11.3 64 bits do zero

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Vithor em 15/03/2007 - 09:51h

Bom dia...
Minha dúvida é sobre o sqlite. Como você mesmo disse, você utilizou essa configuração na sua máquina para hospedar seu blog. No wordpress, por exemplo, tenho que criar um usuário no DB com senha e tambem criar um nome para o DB que ele vai acessá-lo[no caso seria o nome da tabela].
Gostaria de saber qual comando eu iria ter que executar para adicionar esse usuário, com todos os privilégios, com sua respectiva senha e uma tabela.

Obrigado.

[2] Comentário enviado por rcaliman em 15/03/2007 - 18:42h

Vithor, no caso do WordPress, infelizmente ele suporta apenas MySQL, apesar de existirem muitos pedidos para que suporte também outros DBs, especialmente PostgreSQL. Quanto ao SQLite voce deve usar o chmod mesmo, alterando as permissões do arquivo.

Sds.

Rodrigo Caliman.

[3] Comentário enviado por rcaliman em 15/03/2007 - 19:08h

Vithor, completando a resposta anterior, existe uma patch para wordpress poder usar o sqlite, mas sinceramente nunca usei. Na verdade eu só usei o wordpress para conhecê-lo, pois sempre preferi programar meu próprio blog. Mais informações você você pode encontrar nesse endereço:
http://trac.wordpress.org/ticket/2317

sds

Rodrigo Caliman.

[4] Comentário enviado por Vithor em 17/03/2007 - 08:13h

Obrigado. ;)


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts