Instalando Openshift Origin 3.11 com Ansible

Tentarei abordar a instalação do Openshift Origin de forma simplificada, irei apontar minhas maiores dificuldades e o que foi feito para sanar os possíveis problemas com a instalação através do Ansible.

[ Hits: 10.114 ]

Por: Dihogo Cassimiro Teixeira em 04/04/2019


Mãos na massa!



Para começar precisamos preparar o ambiente que o Ansible irá realizar o deploy de tudo que precisamos para subir nosso Cluster OKD Origin, provisionaremos três máquinas virtuais sendo elas:
  • MASTER - 4 vCPU 16 GB Ram 80 GB HDD | 192.168.10.2
  • NODE1 - 2 vCPU 4 GB Ram 80 GB HDD | 192.168.10.3
  • NODE2 - 2 vCPU 4 GB Ram 80 GB HDD | 192.168.10.4

Utilizei a rede 192 pois o OKD utiliza em sua rede interna os IP's 10 e 172, aconselho não utilizar esses IP's para os hosts, porque irá ter grandes problemas como eu tive =D

Caso queira ver os REQUISITOS mínimos recomentados pela OKD, verifique o link: Prerequisites - Installing a Cluster | Installation and Configuration | OpenShift Container Platform 3.6

O Sistema Operacional utilizado para instalação deve ser o CentOS, tendo em vista que é um projeto da Redhat eu irei utilizar o CentOS7.

Já defina o domínio que irá utilizar e os nomes dos hosts já na instalação da máquina, nesse exemplo iremos utilizar o domínio "okd.os", previamente provisionado no meu servidor DNS.

Preparando as máquinas

Insira o domínio e um DNS nas máquinas a fim de que elas tenha acesso à internet, irei utilizar o da Google.

Aplicar em todas as máquinas:

sudo vim /etc/resolv.conf

search okd.os
nameserver 8.8.8.8

Aplicar o nome e IP de todos os hosts em todos os hosts:

sudo vim /etc/hosts

192.168.10.2 master.okd.os
192.168.10.3 node1.okd.os
192.168.10.4 node2.okd.os

Vamos declarar algumas variáveis de ambiente para garantir que no momento da instalação essas informações não se percam.

Aplicar em todas as máquinas:

HOSTS="$(head -n3 /etc/hosts)"
echo -e "$HOSTS" > /etc/hosts
echo -e '192.168.10.2 master.okd.os\n192.168.10.3 node1.okd.os\n192.168.10.4 node2.okd.os' > /etc/hosts

Vamos realizar algumas instalações de dependências que serão utilizadas no momento da instalação pelo Ansible.

Aplicar em todas as máquinas:

sudo yum install -y wget git zile nano net-tools docker-1.13.1 bind-utils iptables-services bridge-utils bash-completion
sudo yum install -y kexec-tools sos psacct openssl-devel httpd-tools NetworkManager python-cryptography python2-pip python-devel python-passlib
sudo yum install -y java-1.8.0-openjdk-headless "@Development Tools"
sudo yum install -y curl vim device-mapper-persistent-data lvm2 epel-release wget git net-tools bind-utils yum-utils iptables-services bridge-utils bash-completion kexec-tools sos psacct docker-1.13.1-75.git8633870.el7.centos

Vamos atualizar nossa biblioteca com um update.

Aplicar em todas as máquinas:

yum update -y

Necessário instalar o repositório.

Aplicar em todas as máquinas:

cd /etc/yum.repos.d && curl -O https://storage.googleapis.com/origin-ci-test/releases/openshift/origin/master/origin.repo

Vamos garantir o status do NetworkManager.

Aplicar em todas as máquinas:

sudo systemctl enable NetworkManager
sudo systemctl start NetworkManager
sudo systemctl status NetworkManager

Para que a comunicação do Ansible funcione sem a necessidade de setar a senha de root no inventário dele (não é uma prática aconselhada por questões de segurança) iremos realizar a troca de uma chave pública com os demais hosts.

Criando as chaves Pública e Primária no Master:

ssh-keygen -t rsa

Pressione "Enter" para todas as perguntas, nesse exemplo não utilizaremos senha.

Agora iremos enviar a chave pública para todos os hosts:

ssh-copy-id [email protected]
ssh-copy-id [email protected]
ssh-copy-id [email protected]

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução ao OKD
   2. Mãos na massa!
   3. Configurando inventário do Ansible
   4. Rodando as playbooks
Outros artigos deste autor

Kubespray - Kubernetes Multi Master

Leitura recomendada

Docker - Combatento o COVID-19

Pods com Podman

Principais Comandos Básicos do Docker-CE

Introdução e Utilização do Docker

Kubespray - Kubernetes Multi Master

  
Comentários
[1] Comentário enviado por danniel-lara em 05/04/2019 - 09:03h


Parabéns , muito bom o artigo

[2] Comentário enviado por dihogo em 05/04/2019 - 09:51h


[1] Comentário enviado por danniel-lara em 05/04/2019 - 09:03h


Parabéns , muito bom o artigo



Obrigado meu querido!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts