Debian SID, OpenBox, LightDM e XFS

Nesse artigo veremos como configurar um Debian SID/Unstable mínimo com o sistema de arquivos XFS, o gerenciador de login LightDM e o gerenciador de janelas OpenBox.

[ Hits: 20.770 ]

Por: edps em 18/01/2012 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Pacotes Recomendados - Parte II



Plugins:

# apt-get install gecko-mediaplayer gstreamer0.10-plugins-bad gstreamer0.10-plugins-good gstreamer0.10-plugins-ugly gstreamer0.10- plugins-really-bad gstreamer0.10-alsa gstreamer0.10-ffmpeg vlc vlc-plugin-notify imagemagick libdvdcss2 w32codecs -y

Obs.: Substitua 'w32codecs' por 'w64codecs', se for o caso!

Navegador Opera:

# apt-get install opera -y

Transmission e Chromium:

# apt-get install transmission chromium-browser chromium-browser-l10n -y

Java Open-Source e Flash:

# apt-get install flashplugin-nonfree icedtea-plugin icedtea6-plugin -y

Java Open-Source v7:

# apt-get install openjdk-7-jre

Obs.: Sobre o Java (JRE) da Oracle, é necessário dizer que para o SID está disponível apenas o pacote 'sun-java6-jre' (faltam o sun-java6-bin e o sun-java6-plugin), com isso a melhor opção é usar o 'openjdk-*-jre'.

Caso optem por usar o Java da Oracle, a solução é adicionar o espelho do Debian Squeeze e instalá-lo de lá:

# apt-get install sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jre sun-java6-plugin

Abiword e Gnumeric:

# apt-get install abiword gnumeric -y

Nautilus:

# apt-get install nautilus policykit-1-gnome gvfs-backends gnome-keyring gvfs-bin gvfs gvfs-fuse brasero genisoimage cdrdao eog nautilus- open-terminal libpam-gnome-keyring gconf-editor gnome-session-common cdrskin yelp -y

Desativação de funções que integram o Nautilus ao Desktop:

# su - nome-do-usuario
$ gconftool-2 -s -t bool /apps/nautilus/preferences/show_desktop false
$ gconftool-2 -s -t bool /desktop/gnome/background/draw_background false


- De volta ao 'root':

exit

Wine e VirtualBox:

# apt-get install cabextract wine ttf-mscorefonts-installer virtualbox-4.1

K3B:

# apt-get install k3b libk3b6-extracodecs dvd+rw-tools vcdimager normalize-audio sox movixmaker-2 flac vorbis-tools

Phoronix Test Suite:

# wget http://www.phoronix-test-suite.com/releases/repo/pts.debian/files/phoronix-test-suite_3.6.1_all.deb
# dpkg -i phoronix-test-suite_3.6.1_all.deb
# apt-get -f install


Bmpanel2:

# apt-get install bmpanel2* -y

- Extras para o OpenBox

A personalização do OpenBox poderá ser seguida com este meu artigo:
-Kernels Extras

Embora o SID seja m-u-i-t-o mais atualizado que o Squeeze, a série que fiz sobre kernels atualizados neste último, serviram da mesma forma para o SID/Unstable com um facilitador: é bem menos complicado!

Atualização do Sistema

Já que falei no Aptosid, uma boa ideia é ler a sua excelente documentação:
E referente à atualização do sistema, seguir estes passos (não é o que eu faço, mas é mais seguro!):
Para facilitar a vida, podemos baixar e instalar este manual para leitura 'Offline' acessando o link abaixo, e baixando 3 dos pacotes disponíveis ('aptosid-manual-common', 'aptosid-manual-en' e 'aptosid-manual-pt-br'):
Após baixá-los, instalar assim:

# dpkg -i aptosid*

Resolução de Problemas

X não sobe!

Caso no reinício do sistema o ambiente gráfico não suba, tecle 'Ctrl+Alt+F1', logue-se como 'root' e execute os comandos abaixo (escolha um dos 'login-managers'):

# /etc/init.d/lightdm|gdm|gdm3|slim|xdm|kdm stop

Reinstale os drivers Nvidia ou o equivalente à sua placa:

# apt-get install --reinstall libgl1-mesa-dri libgl1-mesa-glx libgl1-nvidia-glx mesa-utils nvidia-kernel-dkms nvidia-glx nvidia-vdpau-driver nvidia-xconfig xinit xserver-xorg xserver-xorg-video-nvidia -y

E inicie o 'Login Manager':

# /etc/init.d/lightdm|gdm|gdm3|slim|xdm|kdm start

Obs.: Peço desculpas aos usuários de outras placas de vídeos, mas não posso descrever algo que não pude testar, então usuários de placas ATI, Intel, entre outras, visitem a Debian Wiki.

- Sistema sem Som

Se ao executar os passos relativos ao ALSA, e mesmo após o reinício do sistema o som não funcione, repita os mesmos passos já citados e execute o comando abaixo, como 'root':

# /usr/sbin/alsa force-reload

Conclusão

Com um pouco de esforço, dá para ficar com um Debian SID/Unstable extremamente rápido, atualizado e leve, graças a este excelente WM chamado OpenBox, somadas a algumas modificações propostas. Vejam a screenshot abaixo publicada aqui no VOL:
Obs.: Este artigo está um pouco diferente do que publiquei lá em meu Blog, mas tal diferença também se deve a um 'polimento extra' no mesmo antes que seja enviado para moderação, meu SID foi configurado exatamente como lá expus.

Abaixo segue o link para a referência que me levou a confecção deste 'How-to':
Um abraço. Fiquem com DEUS e até o próximo!
Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Pacotes Recomendados - Parte I
   3. Pacotes Recomendados - Parte II
Outros artigos deste autor

O .bashrc de meu Debian

Kernel atualizado no Debian - Parte II

Virtualbox - clonando e reduzindo o tamanho de HDs

JIGDO, atualização de uma imagem .iso

Apt-fast - turbinando o apt-get em distros Debian-like

Leitura recomendada

Distribuição híbrida

ArchLinux: Configuração pós-instalação

Instalação do Funtoo a partir do Debian já instalado

Web proxy Mikrotik V3.XX com controle de acesso

LAMP no Funtoo Linux em 15 minutos

  
Comentários
[1] Comentário enviado por hiltongil em 18/01/2012 - 12:28h

Legal a dica. Eu uso o aptosid aqui é acho ele uma excelente distro. Mas fiquei curioso sobre o sistema de arquivo XFS. Você poderia esmiuçar o que cada opção do comando abaixo faz?

mkfs.xfs -f -l internal,size=128m -d agcount=16

Aqui no meu sistema eu uso as dicas do Galactus para tunar o ext4 (http://ubuntuforum-pt.org/index.php?PHPSESSID=116aa3bc63e22b3de8d3db6b97b56102&topic=71611.0) e fica muito bom. Para acelerar um pouco mais o boot instalo também o pacote do readahead-fedora. Mas minha curiosidade foi maior sobre o sistema de arquivo XFS há alguma vantagem nele frente ao ext4?

Att
HGil

[2] Comentário enviado por bilufe em 18/01/2012 - 13:32h

Legal a dica, mas quem sabe você poderia incluir o Ubuntu em um próximo artigo, pois o mesmo tutorial pode ser aplicado ao Ubuntu caso o usuário faça uso do Minimal CD do Ubuntu.

[3] Comentário enviado por removido em 18/01/2012 - 13:57h

@hiltongil,

não sou expert no assunto e como dito este artigo baseou-se em outro, além de que a utilização do XFS fora tratada como passo opcional, sobre as dúvidas sobre o XFS isso pode ser visto na própria manpage do mesmo:

http://linux.die.net/man/8/mkfs.xfs

Mas se estou correto;

-f = forçar (já que naquele caso estava formatando uma partição ext4 para xfs)
-l internal,size=128 = opções do log (para mais veja mkfs.xfs -h)
-d agcount=16 = opção do blocksize

Outra excelente opção para leitura e para variar... é na excelente Arch Wiki:

https://wiki.archlinux.org/index.php/Maximizing_Performance#XFS

Outro sistema de arquivos muito utilizado em distros como o Gentoo, CRUX é o reiserfs que só não foi utilizado aqui porque tradicionalmente o Debian Installer não dá suporte ao mesmo, apenas permite o carregamento do módulo referente antes do início do particionamento.

Hoje mesmo postei uma shot aqui no VOL com esse SID instalado, o desempenho geral e o consumo de RAM é espantoso, com Chromium, Thunar, Audacious, Conky e terminais = 257MB

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Openbox-Debian-SID/

Outros links:

Do criador do Gentoo Danniel Robbins:

http://www.ibm.com/developerworks/library/l-fs10/index.html#fsc
http://www.ibm.com/developerworks/library/l-fs10/index.html#goodi

Mais:
http://www.ilsistemista.net/index.php/linux-a-unix/6-linux-filesystems-benchmarked-ext3-vs-ext4-vs-x...
http://seife.kernalert.de/blog/2009/05/28/improving-xfs-unlink-performance/
http://linux-xfs.sgi.com/projects/xfs/papers/xfs_white/xfs_white_paper.html
http://everything2.com/title/Filesystem+performance+tweaking+with+XFS+on+Linux


Um abraço e obrigado pelo comentário.

[4] Comentário enviado por removido em 18/01/2012 - 13:59h

@bilufe,

recentemente fiz um artigo em 2 partes a esse respeito em meu blog, o problema é que não tive tempo para enviá-lo ao VOL, isso vale para outras coisas de lá:

http://gnu2all.blogspot.com/2011/11/ubuntu-com-alternativas-ao-unity-1.html
http://gnu2all.blogspot.com/2011/12/ubuntu-com-alternativas-ao-unity-2.html

Screenshots:

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Gnome-Oneiric-OpenBox/
http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Openbox-Oneiric-no-braco/
http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Gnome-Oneiric-MATE/

* no mesmo a uma referência a um outro artigo que fiz utilizando o MinimalCD.

um abraço.

[5] Comentário enviado por crf-rafa em 19/01/2012 - 00:12h

Tem ganho de desempenho ou de espaço desabilitando tty não usado?

[6] Comentário enviado por levi linux em 19/01/2012 - 10:54h

Caro edps como sempre seu artigo dispensa qualquer comentário, contendo tudo que é necessário para se montar uma instalação elegante e funcional, parabéns, favoritado.

[7] Comentário enviado por pinduvoz em 19/01/2012 - 16:19h

E eu achando que entendia de Debian (kkkkkkkk).

Como sempre, Edinaldo, "excelente" contribuição.

[8] Comentário enviado por removido em 19/01/2012 - 20:44h

Valeu pessoal, obrigado pelos comentarios.

@crf-rafa, isso economiza um pouquinho de RAM.

* perdoem-me o esquecimento mas eu deveria ter adicionado quais serviços desativei, pois é aí que se ganha tanto no desempenho do sistema quanto no carregamento do mesmo. Mais a frente vejo o que posso fazer já que postei algumas coisas nesse sentido aqui no fórum.

[]'s


[9] Comentário enviado por rootgerr em 20/01/2012 - 21:04h

great work man 11+

[10] Comentário enviado por removido em 20/01/2012 - 21:54h

Valeu rootgerr, um abraço!

[11] Comentário enviado por chimico em 23/01/2012 - 19:47h

@edps
Show de bola seu artigo, só sugiro uma correção para que os adeptos do Control-C , Control-V não entrem numa fria:
Ao invés de logsbufs=8 é logbufs=8, e ao invés de realtime, é relatime, desta forma a partição raiz inicia, mas as outras, como o home por exemplo, não.
Apliquei a dica no aptosid-kde e ficou show de bola, melhor que ext4 ou reiserfs.

Abraços

[12] Comentário enviado por removido em 27/01/2012 - 19:55h

@chímico,

obrigado pelo comentário e pela observação vou solicitar a correção no texto e farei o mesmo no artigo original.

eu achei muito interessante este teste abaixo:

http://everything2.com/index.pl?node_id=1479435

um abraço.

[13] Comentário enviado por chimico em 28/01/2012 - 12:18h

@edps,

estes benchmarks você deve rodar na sua máquina, já testei muitas otimizações de sistema de arquivos, de uso de swap, memória, cachê, preload, readahead... postados nos sites e constatei que testando com pequenas modificações para minha velha máquina é que surtiram resultado. Experimente comprimir a pasta /usr em squashfs, tal como está no ArchWiki, e você verá uma melhora sensível na velocidade de carregamento dos programas. O hdparm que uso inclusive fiz um script para este ficar testando uma conf de melhor desempenho. Otimizar seu desktop leva tempo, deixo a máquina ligada e vou sair com minha mina ou vou dormir. Sei que você gosta do Opera, mas pesquise sobre fazer um cache do Firefox na Ramdisk e adapte para o Opera, aí você vai ver o que é um navegador rápido, eu uso no meu Firefox, dá para adaptar para qualquer navegador.

Abraços brother

[14] Comentário enviado por removido em 28/01/2012 - 12:40h

@chimico,

andei pensando em usar 'zram' no Debian, ainda mais agora que voltei ao velho Athlon 64 single-core, ainda é uma máquina boa mas não dá para compilar um kernel em 12 minutos rsrsrs.

[]'s


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts