Criando máquina virtual Linux no Android + servidor de arquivos

Nesse tutorial ensinarei como instalar uma máquina virtual em seu Android e dentro dele, estaremos usando um servidor de arquivos para acessar pelo Windows/Linux quando a máquina estiver ativa.

[ Hits: 36.199 ]

Por: Renan Besserra Lago de Noronha em 10/05/2016


Configurando o servidor de arquivos



Começamos instalando os pacotes para configurar nosso servidor de arquivos:

# apt-get install samba

Configuração do arquivo /etc/samba/smb.conf. Renomeie o arquivo:

# cd /etc/samba
# mv smb.conf smb.conf.bkp

Vamos criar um novo arquivo com o mesmo nome:

# touch smb.conf

Feito isso, adicionaremos o seguinte conteúdo ao arquivo "smb.conf". No meu caso, utilizarei o nano para configurar e editar o arquivo.

Obs.: esse arquivo eu peguei aqui no próprio Viva ao Linux, apenas editei algumas funções.

# nano smb.conf

[global]
  # Substituir xxxxxx pelo nome do domínio desejado caso necessário
  workgroup = linux
  # Substituir xxxxxx pelo nome do servidor caso necessário
  netbios name = debmirror
  server string = Samba
  domain master = yes
  preferred master = yes
  local master = yes
  domain logons = no
  logon path = %systemroot%\%u

  #logon script = todos.bat
  security = user @root
  encrypt passwords = yes
  os level = 200

  time server = yes
  unix charset = iso8859-1
  display charset = cp850

  ##Arquivo de log
  log file = /var/log/samba/%m.log
  max log size = 5000
  debug level = 2

  ##Encripta as senhas digitadas na rede, porém não funciona em estações## Windows 95 e Windows 3.11
  smb passwd file = /etc/samba/smbpasswd
  username map = /etc/samba/smbusers

  ##Garantir melhor desempenho do servidor
  socket options = TCP_NODELAY SO_RCVBUF=8192 SO_SNDBUF=8192

  ##Permite a utilização de impressoras compartilhas em estações Linux
  load printers=yes
  printing=lprng
  printcap name = /etc/printcap

[Software]
  path = /home/software
  guest ok = no
  browseable = yes
  public = no
  writable = yes
  read only = no

[Documentos]
  path = /home/documentos
  guest ok = no
  browseable = yes
  public = no
  writable = yes
  read only = no

Depois dessa configuração, vamos acessar o diretório HOME e criar as duas pastas que estão indicadas no nosso arquivo "smb.conf". Na configuração do "smb.conf", coloquei o nome das pastas como documentos e software, mas você pode colocar da forma que preferir.

# cd /home
# mkdir documentos
# mkdir software

Agora, vamos dar permissão total para a pasta:

# chmod 777 /home/documentos
# chmod 777 /home/software

Vamos criar um usuário fantasma, que é criado e pode acessar arquivos do sistema, mas não faz login e acessa via SSH:

# adduser --disabled-login --no-create-home tutorial

Agora, vamos cadastrar o usuário no Samba:

# smbpasswd -a tutorial

Nosso sistema já pode receber conexões autenticadas. Precisamos reiniciar nosso Samba:

# /etc/init.d.samba restart

Servidor já está ativo. Agora basta entrar no seu sistema operacional que utiliza. No caso do Windows, basta efetuar o comando \ip-do-servidor-linux que já vai aparecer as duas pastas que foram criadas e configuradas.
Linux: Criando Maquina virtual Linux no Android + Servidor de Arquivo
É isso pessoal, espero que tenham gostado.

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Instalando aplicativos
   2. Configurando o servidor de arquivos
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Instalação do Android CyanogenMod na linha Moto G

Substituindo a partição Recovery do Android via ADB

Instalando o Android 5.0 Lollipop e suas novidades

Imprima onde estiver com Google Cloud Print

Root no Samsung Galaxy S3 usando GNU/Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por DragonTEE em 10/05/2016 - 19:04h

Amigo, o linux deploy ele não cria uma maquina virtual, ele usa o chroot. Tanto é que se você listar as tasks, você ira ver que tem processos do android rodando junto.

[2] Comentário enviado por renanbesserra em 11/05/2016 - 00:14h


[1] Comentário enviado por DragonTEE em 10/05/2016 - 19:04h

Amigo, o linux deploy ele não cria uma maquina virtual, ele usa o chroot. Tanto é que se você listar as tasks, você ira ver que tem processos do android rodando junto.


Desculpe, me expressei mal no titulo do topico. Mas funciona como se fosse uma máquina virtual, e fica ai a dica pra quem pretende usufruir dessa ferramenta

[3] Comentário enviado por #Marcossales em 28/05/2016 - 06:56h

Muito bom, vou fazer o processo hoje mesmo.

[4] Comentário enviado por renanbesserra em 30/05/2016 - 20:28h


[3] Comentário enviado por #Marcossales em 28/05/2016 - 06:56h

Muito bom, vou fazer o processo hoje mesmo.


Beleza Marcos, qualquer duvida estamos ai pra auxiliar !


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts