Como jogar a versão para PC de "The Legend of Zelda: Ocarina of Time" no sistema operacional GNU/Linux com melhorias gráficas

Considerado por muitos como o melhor jogo já criado de todos os tempos, "The Legend of Zelda: Ocarina of Time" recebeu, há alguns anos, uma versão não oficial para computadores desktops. A grande vantagem dessa versão em relação à emulação convencional é a presença de diversas melhorias, tanto em termos visuais quanto na jogabilidade.

[ Hits: 13.909 ]

Por: Xerxes em 12/08/2023


Introdução



The Legend of Zelda: Ocarina of Time é amplamente considerado um dos melhores jogos de todos os tempos. Com sua jogabilidade envolvente, história épica e encanto atemporal, ele continua a conquistar gerações de jogadores desde o seu lançamento em 1998. Nesta jornada inesquecível, você assume o papel do herói Link, embarcando em uma aventura para enfrentar o malvado Ganondorf e salvar a princesa Zelda.

Com quebra-cabeças desafiadores, batalhas emocionantes e um vasto mundo aberto para explorar, "Ocarina of Time" proporciona uma experiência única que cativa jogadores de todas as idades. Prepare-se para se perder em um mundo mágico, repleto de segredos, personagens cativantes e uma trilha sonora icônica, enquanto embarca em uma das maiores aventuras já criadas no universo dos videogames.
Para jogar a versão portada para computador de The Legend of Zelda: Ocarina of Time no GNU/Linux, siga estes passos didáticos. Primeiro, é necessário criar um diretório em sua pasta "home". Neste artigo, vamos chamá-lo de "OOT" (Ocarina of Time).

Abra o terminal e digite o seguinte comando:

mkdir OOT

Agora, é preciso obter a ROM correta do jogo. Caso você já tenha uma ROM, é possível verificar se ela é compatível através do site:
Verifique se o resultado da hash é: cee6bc3c2a634b41728f2af8da54d9bf8cc14099

Caso a hash seja diferente, a ROM não servirá! Se você não tiver a ROM, poderá procurar no Google por "Zelda OOT Debug ROM [NOT MQ] archive.org" e baixar o arquivo ZIP correspondente. Em seguida, extraia o conteúdo do ZIP para o diretório "OOT" que você criou.

Suponhamos que o arquivo seja chamado "ZELOOTD.zip" e esteja localizado no diretório "Downloads". Para extrair o arquivo, execute os seguintes comandos no terminal:

cd ~/Downloads
7z x ZELOOTD.zip -o/home/SEUSUARIO/OOT

Agora que você possui a ROM correta em seu diretório "OOT", vamos prosseguir com a obtenção do aplicativo AppImage necessário para executar o jogo.

Acesse o site: https://www.shipofharkinian.com/

No site, você encontrará um link para entrar no Discord: https://discord.com/invite/shipofharkinian

Após entrar no Discord, procure pela mensagem mais recente no canal "#downloads". Para usuários Linux, haverá duas opções de arquivos: uma chamada "SoH-algumacoisa-Linux-Compatibility" e outra chamada "SoH-algumacoisa-Linux-Performance".

Você pode estar se perguntando qual é a diferença entre elas. Honestamente, não sei! No entanto, testei as duas em um computador modesto e a versão "Performance" apresentou melhor desempenho, sem travamentos. Provavelmente, isso ocorre às custas de algumas melhorias visuais. A versão "Compatibility" deve ser a versão "normal", enquanto a versão "Performance" é mais adequada para computadores mais fracos.

Após baixar a versão de sua preferência, extraia o arquivo. Por exemplo:

cd ~/Downloads
7z x SoH-algumacoisa-Compatibility.zip -o/home/SEUSUARIO/OOT

Dessa forma, você terá três arquivos no diretório "OOT": readme.txt, soh.appimage e ZELOOTD.z64.
Agora, é necessário dar permissão de execução ao arquivo "soh.appimage". Para fazer isso, execute o seguinte comando no terminal:

chmod +x /home/SEUSUARIO/OOT/soh.appimage

Depois, se desejar, você pode simplesmente clicar duas vezes no arquivo "soh.appimage" para iniciá-lo. Caso contrário, execute os comandos a seguir no terminal:

cd ~/OOT
./soh.appimage

Dessa forma, o jogo será iniciado sem nenhuma melhoria visual aplicada e outros arquivos surgirão no diretório OOT.

Caso queira ajustar algumas configurações, pressione a tecla F1 para acessar o menu de opções. Lá, você poderá escolher diversas configurações, como taxa de quadros por segundo (FPS) e outras opções de aprimoramento.

Recomendo utilizar as seguintes configurações:

1. Acesse "Settings" (Configurações) -> "Graphics" (Gráficos) -> "FPS" (Taxa de Quadros por Segundo) e marque a opção "Match Refresh Rate" (Corresponder à Taxa de Atualização) para obter animações mais suaves.


2. Em seguida, vá para "Enhancements" (Aprimoramentos) -> "Presets" (Configurações Predefinidas) e escolha na lista a opção "Enchanced" (Aprimorado) e clique em "Apply Preset!" (Aplicar Configuração) para aplicar melhorias diversas pré-configuradas.
Por fim, por uma questão de preferência pessoal:

3. Ainda na seção de "Enhancements" (Aprimoramentos), acesse "Cosmetic Editor" (Editor de Aparência) -> "Color Scheme" (Esquema de Cores) e altere de "N64" para "Game Cube" para mudar as cores dos botões (HUD), deixando-os com a mesma cor dos botões do controle de Xbox 360 (que é o que utilizo para jogar).
Agora você já pode aproveitar o jogo, mas se quiser aprimorá-lo ainda mais, pode adicionar texturas.

Para isso, crie um novo diretório chamado "mods" dentro do diretório "OOT" que você criou anteriormente. Utilize o seguinte comando no terminal:

mkdir ~/OOT/mods
Acesse o seguinte site:
Na seção de downloads, você encontrará duas opções: "GLideN64" e "SoH". Clique em "SoH".

Escolha uma das duas opções disponíveis em "OTR" (Ocarina of Time Reloaded): "2160p" (4K) ou "1080p" (Full HD), de acordo com a resolução da sua tela.
Após baixar o arquivo correspondente à sua resolução, extraia-o para o diretório "mods" que você criou:

cd ~/Downloads
7z x oot-reloaded-v10.3.0-soh-otr-1080p.7z -o/home/SEUSUARIO/OOT/mods
Agora, abra o jogo novamente e pressione F1 para acessar o menu de opções. Em seguida, vá para "Enhancements" (Aprimoramentos) -> "Graphics" (Gráficos) -> "Use Alternate Assets" (Utilizar Recursos Alternativos). Ao clicar nessa opção, as texturas serão aplicadas imediatamente. No entanto, é importante ressaltar que isso pode deixar o jogo mais lento. Caso isso aconteça, você pode desabilitar essa opção e jogar sem as texturas, ou ainda mudar para o appimge de "Performance", mencionado antes.
Caso você possua um controle de Xbox 360 genérico, ele deve ser reconhecido e mapeado automaticamente. Não é necessário realizar nenhuma configuração adicional. No entanto, se o seu controle de Xbox 360 não funcionar, você pode tentar seguir esta dica: [Resolvido] Controle Xbox 360 não funciona [Dica]

As configurações do controle podem ser encontradas no menu em:

"Settings" (Configurações) -> "Controller" (Controle) -> "Controller configuration" (Configuração do Controle).
Agora você está pronto para desfrutar de uma experiência aprimorada de "The Legend of Zelda: Ocarina of Time" no GNU/Linux. Seguindo esses passos, você poderá jogar o clássico lendário com melhorias gráficas, ajustes de jogabilidade e, opcionalmente, texturas em alta definição. Divirta-se explorando o vasto mundo de Hyrule e embarcando em uma jornada épica como nunca antes!

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Arch BSD - Instalação em VirtualBox

GNU e Linux: amigos para sempre

Instalação do CRUX 3.0 em Virtualbox

Exherbo Linux: sacrificando a cabra

Suítes de escritório com corretor ortográfico e gramatical no GNU/Linux

Leitura recomendada

Instalar Minecraft, League of Legends e Fortnite no Linux

Instalação do Cedega

Diversão e Entretenimento no Linux

Jogue DOOM clássico completo no Linux com Prboom

Instalando e configurando o Zsnes no Debian Squeeze

  
Comentários
[1] Comentário enviado por elton.linux em 26/08/2023 - 14:43h


Muito bom! Ainda tenho meu nintendo 64 mas perdi a cartucho com o jogo. Bons tempos, vou instalar!

[2] Comentário enviado por elton.linux em 05/10/2023 - 14:27h


Tenho o jogo, mas o videogame já era, e revivi, que coisa linda!

[3] Comentário enviado por maurixnovatrento em 29/10/2023 - 13:41h


Me interessei, vou testar isso.

___________________________________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/mxnt10


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts