Bootando CDROM com o grub / lilo

A opção de boot da BIOS é uma forma insegura de iniciar um CD, caso o computador seja público uma pessoa poderá usar um CD bootável sem autorização e fazer estragos no sistema instalado, ou você pode esquecer um CD de instalação, do Debian por exemplo, e alguém formatar o computador sem querer. Se sua BIOS não suporta o boot pelo CD, esta pode ser sua solução.

[ Hits: 33.687 ]

Por: José Roberto em 13/07/2007 | Blog: http://www.thesims2br.com/


Configurando o grub



Agora que já temos o que precisamos, vamos a configuração. Se você não usa o grub então pule para a página 3.

Copie os dois arquivos (memdisk.bin e sbootmgr.dsk) para a instalação do grub em /boot/grub:

# cp memdisk.bin /boot/grub
# cp sbootmgr.dsk /boot/grub


Descubra qual é o apelido que o grub dá a sua partição:

# grub grub> find /boot/grub/sbootmgr.dsk

Ele vai mostrar o apelido que ele dá a unidade, guarde-o. Saia do grub:

grub> quit

Para uma maior segurança eu recomendo usar uma senha para acessar o CD-ROM, e para evitar de deixar sua senha visível você pode fazer uma criptografia segura, sem chances de desfazê-la.

Para isso digite:

# grub-md5-crypt
[digite uma senha]
[repita a senha]

Isso vai gerar uma código com 32 caracteres, guarde-o.

Abra o arquivo de configuração do grub. Na versão que eu estou usando ele se encontra em /boot/grub/menu.lst, mas eu li em alguns lugares que as versões mais novas vão ter o nome de grub.config, então tente um, se não for tente o outro.

# vi /boot/grub/menu.lst

Vá até o final com Page Down, aperte A para inserir texto.

Adicione a configuração abaixo, substituindo o XXX por aquele apelido que o grub dá (incluindo os parênteses) e YYY pelo código gerado da senha:

# CDROM
title = CDROM
root = XXX
kernel = XXX/boot/grub/memdisk.bin
initrd = XXX/boot/grub/sbootmgr.dsk
password = --md5 YYY
lock

Se você não quiser usar senha remova as linhas password e lock.

Agora aperte ESC e digite: :wq (dois pontos, dáblio, que)

Isso vai salvar o arquivo e sair.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Porque não usar a BIOS
   2. Configurando o grub
   3. Configurando o LILO
   4. Finalizando
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Descobrindo chave WPA2 com Aircrack-ng

Filtro de conteúdo e vírus: Slackware 10.2 + Squid + Dansguardian + Clamav

Quebrando chave WEP (Wired Equivalent Privacy) - parte 1

PaX: Solução eficiente para segurança em Linux

Slackware vs PAM

  
Comentários
[1] Comentário enviado por marcrock em 13/07/2007 - 14:57h

Muito bom o seu artigo!!!

Parabéns!!!!

Até mais.

[2] Comentário enviado por removido em 13/07/2007 - 23:32h

simples e objetivo!!!
Parabéns!!!

[3] Comentário enviado por nicollazinho em 15/07/2007 - 10:11h

tenho o linux que já veio de fabrica, instalei o xp só que não tem som, gostaria de alguma dica para resolver esse problema alguem conhece uma????

[4] Comentário enviado por devil_jaguar em 15/07/2007 - 22:01h

hahaha......
assim como aconteceu na USP há algum tempo..... os caras invadiram a diretoria e instalaram Linux em todas as máquinas.... perderam muito!!!

ótimo artigo. parabéns!

[5] Comentário enviado por GilsonDeElt em 22/07/2007 - 12:57h

Cara, muito bom!
D+ mesmo!
Há muito tempo procurava algo assim, pra num ter que ficar botando CD no PC antes do boot.
Só que no momento tô sem CD (leitora foi pro espaço, hehe).
Só uma dúvida: dá pra usar isso pra dar boot em disquetes?

No mais, parabéns pelo artigo!

[6] Comentário enviado por jose.rob.jr em 26/07/2007 - 17:29h

Valeu pessoal =D

GilsonElt, o memdisk é uma imagem de disquete, fica meio sem lógica usar disquete pra bootar disquete, mas, nada é impossível ;-)

[7] Comentário enviado por phervieira em 01/08/2008 - 18:05h

Cara, Tô colocando o comando pra descobrir qual é o apelido que o grub dá a minha partição: # grub grub> find /boot/grub/sbootmgr.dsk mas fica horas e nada. Tá certo isso?? Tem alguma outra maneira? Parabéns pelo artigo.

[8] Comentário enviado por c4ldas em 06/10/2009 - 12:32h

phervieira, o comando não é assim, provavelmente o autor esqueceu de pular uma linha. O comando é dessa forma:
#grub
Então você entra no console do grub. Depois disso você digita:
find /boot/grub/sbootmgr.dsk

A partir daí vai aparecer algo como (hd0,0) ou (hd0,1), ou qualquer coisa do tipo.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts