Análise de Desempenho: Web API

Apresento nesse artigo um conjunto de procedimentos que podem ser utilizados para mensurar o desempenho que um Servidor Web que fornece uma API sobre o protocolo HTTP. Abordo um caso de uso semelhante ao de uma aplicação em uma instância EC2 da Amazon Web Services, utilizando a pilha de softwares LAMP.

[ Hits: 6.101 ]

Por: Saulo Gomes em 05/02/2016 | Blog: https://about.me/saulo.gomes


Fundamentação teórica



Para uma melhor compreensão do trabalho de medição realizado se faz necessário alguns conhecimentos, tais como:

VPS é a sigla para Virtual Private Server (Servidor Virtual Privado), um termo utilizado para informar que o computador, máquina, é de uso exclusivo de quem contratou, uso privado, e que é uma máquina virtual.

Segundo [Araujo & Cavalcante. 2012], a virtualização de servidores se refere à captação de recursos computacionais, tais como o processo de funcionamento de dois ou mais computadores em um conjunto de sistemas de hardware. A virtualização de servidores é uma das bases que sustentam o modelo da computação em nuvens que proporciona a economia de recursos e práticas de TI verde.

Elasticidade e escalonamento na nuvem, segundo [Buyya et al, 2011] a computação na nuvem propicia a ilusão de recursos computacionais infinitos disponíveis para o uso. Portanto, os usuários têm a expectativa de que a nuvem seja capaz de fornecer rapidamente recursos em qualquer quantidade e a qualquer momento. É esperado que os recursos adicionais possam ser providos, possivelmente de forma automática, quando ocorre o aumento da demanda e retidos, no caso da diminuição desta demanda.

Linux, é um termo utilizado para se referir a sistemas operacionais que utilizem o núcleo Linux, Kernel Linux. O Linux foi inicialmente desenvolvido pelo cientista da computação finlandês Linus Torvalds, inspirado no sistema Minix. É um sistema operacional muito utilizado para computadores que fornecem recursos pela rede de computadores.

SaaS é a sigla para Software as a Service (Software como serviço). Segundo [Souza et al. 2009] o modelo de SaaS proporciona softwares com propósitos específicos que são disponíveis para os usuários através da Internet. Os softwares são acessíveis a partir de vários dispositivos do usuário por meio de uma interface thin client como um navegador Web.

O SaaS foi desenvolvido para o uso de ferramentas da web. No SaaS, o usuário não administra ou controla a infraestrutura subjacente, incluindo rede, servidores, sistemas operacionais, armazenamento, ou mesmo as características individuais da aplicação, exceto configurações específicas [Velte, 2011].

Planejamento de Capacidade é um termo pertencente a avaliação de desempenho, segundo [Jain, 1991] planejamento de capacidade é assegurar que os recursos computacionais adequados estarão disponíveis para futuras cargas de trabalho de forma eficaz em termos de custos, enquanto sejam cumpridos os objetivos de desempenho. De forma geral envolve prever o quanto será necessário para fornecer algum serviço ou recursos para uso futuro, envolvendo o crescimento de uso usando métodos de monitoramento dos recursos computacionais e padrão de uso.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Resumo
   2. Fundamentação teórica
   3. Metodologia proposta e medição do ambiente virtual
   4. Conclusão e trabalhos futuros
Outros artigos deste autor

Análise de Desempenho: Web API - Recursos técnicos

Leitura recomendada

DHCP e VLANs no CentOS 6.5 - Instalação e configuração

DHCP com controle de IP e compartilhamento no Debian Squeeze

Zabbix no Debian 7.8.0

Instalando DNS Server (BIND) no CentOS 7

Nagios no Ubuntu 14.04 - Instalação e configuração

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts