Abordagem exemplificada à Orientação a Objetos com PHP

Se você gosta de desenvolvimento web e necessita de agilidade na interação com seu MySQL, aqui vai um pouco de PHP orientado a objeto, com um exemplo muito didático, uma classe semi-pronta e funcional.

[ Hits: 63.773 ]

Por: Evaldo Barbosa em 14/06/2005


Introdução



Todos nós sabemos da força que tem o PHP. Sockets, acesso a bancos de dados diversos, sistema de arquivos e muito mais pode ser usado a partir dessa ótima linguagem, tão difundida e documentada e, melhor de tudo, LIVRE.

Pensando nisso, nessa liberdade, venho através deste artigo mostrar um pouquinho do que aprendi nos 3 anos que já trabalho com PHP, trazendo para a comunidade uma forma razoável de trabalhar Orientado a Objeto com o PHP.

Aqui mostro como fazê-lo ainda baseado no PHP4, pois a maior parte dos provedores ainda não implementaram o PHP5.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Estrutura básica de uma classe PHP
   3. Criando a nossa classe e seus atributos
   4. Os métodos de construção, destruição, conexão e desconexão
   5. Criando o arquivo de configuração da classe
   6. Criando o método "Query"
   7. Usando a classe para listar dados
   8. Conclusão
Outros artigos deste autor

Utilizando PHP e Apache para desligar um Ubuntu

Gerando gráficos com PHP e highcharts.com

Macromedia Studio 8 no Wine em detalhes

Abordagem exemplificada de orientação à objeto com PHP 5

Construindo componentes em PHP e jQuery

Leitura recomendada

Stored Procedures usando o MySQL e PHP

Uma introdução à classe ADODB

Criando uma agenda eletrônica com PHP/MySQL

Provendo dados em um servidor PostgreSQL através do Apache e PHP

Criando um contador de downloads com PHP e MySQL

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 14/06/2005 - 20:55h

avatar legal..
se bem ke poderia ter sido mais original vc ;>
estranho ser identico o meu xD

[2] Comentário enviado por afonso_franca em 29/09/2005 - 23:11h

Seu artigo ficou legal. Só encontrei um probleminha na estrutura da classe em PHP.
onde você pôs: "function nomeDoNovoMetodo" ficou faltando dizer que esse método pode ter possíveis arqumentos: function "nomeDoNovoMetodo ([$args])".
Mas deu pra intender perfeitamente e creio que vá ajudar os iniciantes na linguagem.
Até mais

[3] Comentário enviado por evaldobarbosa em 30/09/2005 - 17:11h

Muito obrigado, amigo afonso_franca!

Realmente foi muita imprudência minha ter esquecido isso, mas a ajuda da comunidade VOL é que faz com que essa rede de conhecimento aumente e fique mais apurada.
Valeu!

[4] Comentário enviado por ygorth em 04/10/2005 - 10:38h

Vou ler o artigo agora, continue colaborando :P

A maquina PHP nao elimina espacos de memoria alocados por objetos sem necessitar o uso do unset ?

abracos!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts